Você tem ideia do que a vida pode lhe proporcionar?

Desde pequenos ouvimos que nós é que temos controle sobre nossa vida, mas à medida que ela passa, tantas obrigações nos fazem esquecer disso. Veja como viver sua vida da melhor forma possível.


Beth Valentim

Lembra? Desde pequenos já escutávamos que quem fazia a vida éramos nós…

Pois é, nascemos para ser felizes, no entanto, algumas pessoas afastam-se do estado de ser feliz. Motivos? Muitos! São tantos os obstáculos a serem enfrentados… desafios, fragilidades humanas muitas vezes difíceis de serem deixadas de lado. Então, e nesse tempo da delicadeza de um mundo tão machucado pelos ventos da agressividade, mentiras, falta de perdão, desassossegos inúmeros e inexplicáveis, muitas vezes é preciso ter coragem para prosseguir e ser feliz. Quem sabe resgatar essa tal felicidade que nasce com a gente, que se abriga em cada célula do corpo e precisa desabrochar para viver o bem.

Os mistérios do Criador são para serem sentidos e não entendidos

Quando o sol desponta é o momento da criação das expectativas. São tantas que podemos nos confundir. Seria um dia repleto de esperanças ou difícil de enfrentar. Mas é preciso ter garra para sofrer, cair e levantar, e, se nesse dia for necessário dizer não, dar limites, fazer a curva e chorar para depois sorrir, que seja vivido com a nobreza da alma boa, da que gosta de levar a sério a ideia de que a vida pode proporcionar inúmeras chances de felicidade a quem estiver disposto a enxergá-la com a presteza da sabedoria.

Pessoas, oportunidades, natureza que de tão espetacular é indescritível. Como falar sobre essa qualidade do Senhor que a desenhou tão especialmente e fez uso das mais lindas cores e matizes existentes? Não conseguiria responder, eu sei, mistérios são mistérios e de onde vêm tantos brilhos como as estrelas no céu, quem responderia sobre a tal criatividade? E por que Ele pensou em colocar estrelas no céu? E a lua? Que singeleza, que alma indescritível…

É preciso enxergar as oportunidades

Eu acredito que a vida tem muito a nos oferecer. A lua majestosa em uma noite romântica. As nuvens a passear pelo céu como tapetes mágicos. A chuva que cobre a vegetação de alegria. O vento que leva e traz a poeira. O mar. O céu. Tudo o que podemos desfrutar e ainda perdemos tempo com desgastes inúteis e idiotices como raiva, implicâncias, arrogância, medos e desajustes de toda espécie.

Bom seria se fôssemos o ínfimo detalhe dessa criatividade divina. Talvez fosse possível sentir a alegria das cores, dos cheiros, do frio ou mesmo do calor intenso. Quem sabe entenderíamos o choro com ternura e vibrássemos com a felicidade simples. Quanto ao que é duro de perceber, pudéssemos ser fraternos e cordiais.

E tomara que um dia sejamos tão melhores que possamos sentar em frente a um rio e ver a água correr e sentir prazer. Abraçar alguém e especialmente trocar amores da alma. E se por acaso tivermos vontade de pedir ajuda, que seja feita a vontade do íntimo, porque a vida tem muito a nos proporcionar, solidariedade, amizade, até adeus se for necessário, mas tudo é resposta de quem realmente aprendeu a viver; e, viver, sabe como é, não é coisa para corações pequenos e sim para aqueles preparados para enfrentar tudo e aprender com feridas ou mimos, tanto faz…

Advertisement

Você tem ideia do que a vida pode lhe proporcionar? Talvez eu imagine e você também, mas antes de realizar é preciso concretizar cada passo, em falso ou não, mas que seja para adiante e que encontrem os melhores objetivos.

Perder a esperança é deixar esvair o maior combustível da humanidade. Você não vai permitir que ele termine, certo? Eu também não.

Toma un momento para compartir …

Beth Valentim

Beth Valentim é Consultora em comportamento, escritora e blogueira. Atende em consultório particular e trabalha com Assessoria Individualizada para executivos. Mora no Brasil mais especificamente na Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.