Sugestões práticas para criar filhos independentes

Neste artigo você encontrará ideias simples que o ajudarão a formar filhos seguros e independentes, através de tarefas em casa. Convido você a ler.

Emma E. Sánchez

A cada ano letivo, repetem-se as mesmas cenas na porta da pré-escola. Primeira, a que eu mais gosto: pais felizes, emocionados e até um pouco nervosos, despedindo-se de seus pequenos que vão pela primeira vez à educação infantil. Essa cena me apraz porque a família se despede, as crianças correm animadas para viver uma nova experiência e os pais permanecem na porta desfrutando a alegria de seu filho.

Na segunda cena se vê crianças que choram, e choram porque não querem entrar na escola, e se agarram onde podem para evitar. Junto a elas, pais tristes, angustiados (principalmente as mães), que sofrem com seus filhos a separação. Às vezes se ouvem gritos, brigas com as crianças e professoras, até já me chegaram casos em que a criança ganha a batalha e não entra na escola.

Por que isso acontece? Embora existam tantas razões quanto o número de pais e filhos, existe uma que é a mais comum: os pais não prepararam seu filho para essa nova etapa de vida. E o que é ainda mais grave: não o estão preparando para ser independente.

Talvez seja um pouco cruel ou duro o que vou dizer, talvez o ofenda ou até mesmo desagrade, mas não poderá dizer que estou mentindo: não estaremos com nossos filhos por toda a vida, não podemos nem devemos estar. Por isso, é muito importante educá-los e capacitá-los para que tomem decisões corretas quando estiverem sozinhos, para que sejam capazes de se sustentarem e, sobretudo, que consigam ser independentes.

Por isso, aqui lhe apresento pequenas e fáceis ideias práticas para que você possa preparar seus filhos para serem independentes:

Advertisement

Entre os 2 e 4 anos, ensine-os:

  • A colocar seus brinquedos em uma caixa
  • Colocar a roupa suja em um recipiente próprio
  • Pôr a mesa

Entre os 6 e 8 anos

  • Alimentar um animal de estimação
  • Estender a cama e limpar seu quarto
  • Lavar seu prato e talher
  • Regar as plantas
  • Preparar comidas simples ou lanches
  • Praticar um esporte

A partir dos 10 anos

  • Lavar sua própria roupa ou sofrer as consequências de não o fazer
  • Fazer compras acompanhado e ir sozinho a um comércio perto de casa
  • Administrar uma pequena quantidade de dinheiro
  • Lavar o banheiro
  • Preparar uma comida mais elaborada
  • Usar o telefone (de todo tipo)
  • Fazer costuras simples

Acima de 12 anos

  • Viajar sem os pais (sim, eu sei, isso lhe aterroriza. Nas primeiras vezes que minhas filhas viajaram em uma van coletiva para ir à escola, o pai delas ia seguindo a van para vigiá-las).
  • Aprender a fazer a limpeza da casa
  • Cozinhar em panela elétricas, em forno ou mesmo com fogo.
  • Aprender primeiros socorros
  • Fazer compras levando uma lista
  • Lavar e passar a própria roupa
  • Cuidar dos irmãos menores (sem que se torne uma babá para eles, por favor!)
  • Responder por si mesmo na escola

E, bem, chegará a idade em que devem aprender a dirigir, trocar um pneu, terminar uma relação, obter crédito em um banco, ficar sozinho em casa… Tantas coisas!

Tudo é valioso e importante, e sabe qual é a lição que você deve deixar clara e nunca esquecer? Que papai e mamãe os amam tanto, que lhes deram o dom da liberdade para viver suas próprias vidas. Pode acreditar, não há nada que dê mais orgulho a um pai ou mãe que saber que seu filho está progredindo por seus próprios meios, que não tem medo do futuro e que é uma mulher ou um homem de bem.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa do original Sugerencias prácticas para criar hijos independientes

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.