Socorro! Meu filho tem muita lição de casa

Ninguém quer trabalhar 12 horas, mas exigimos isso das crianças. Ir para a escola, fazer atividades extracurriculares e depois a lição de casa. Quando é que elas vão brincar?

Emma E. Sánchez

Se este artigo chamou sua atenção, é porque você certamente passou muitas tardes com seu filho vendo-o fazer trabalhos até tarde e, talvez, tenha caído na tentação de ajudá-lo ou de, até mesmo, fazer sua lição de casa para que ele pudesse dormir sem a preocupação de não ter cumprido com seus deveres.

Está vivendo esse drama em sua casa atualmente?

Digo “drama” porque o empasse dos deveres de casa não termina com eles feitos ou não, mas enquanto estão sendo feitos, seu filho ou filhos choram, você se atrasa, acaba deixando de lado outros compromissos que tem, discute com seu marido porque ele já queria ter saído e isso não foi possível. Além das tarefas, as crianças têm outras aulas ou atividades extra-escolares; e no final do dia, todo mundo vai para a cama triste ou com um sabor amargo na boca.

Não foi um verdadeiro drama familiar?

Se essa situação lhe toma muito tempo, você certamente está preocupada e desesperada, e quer saber? Tem toda razão de se sentir assim.

Há vários estudos atualmente que confirmam o que muitos de nós já presumíamos: nossos filhos são superestimulados e estão saturados de atividades, principalmente lições de casa que os privam de aproveitar o tempo em família, tempo para descansar, brincar, ser crianças e aproveitar a infância.

Mas, acalme-se! Antes de tomar uma decisão, convido você a verificar alguns pontos importantes.

Advertisement

Antes de matricular seu filho em alguma escola, verifique a política sobre as lições de casa

Nada é mais desagradável e frustrante do que entrar em uma escola, começar a se adaptar e descobrir que ela não é o que você queria. É muito importante esclarecer qualquer dúvida que tiver antes decidir ou matriculá-lo em uma escola, especialmente o que tenha a ver com a lição de casa.

Pergunte abertamente:

Há lições de casa? Quantas são enviadas por semana? São de todas as disciplinas? Quanto tempo, em média, a criança precisa se dedicar para fazê-las? Elas são corrigidas? Valem nota? Há um espaço na escola para se fazer as tarefas? Faça qualquer outra pergunta adicional que tiver em mente para a sua tranquilidade e o desenvolvimento saudável do seu filho.

Verifique com o professor do seu filho como as tarefas estão organizadas

Assim que ingressar na escola, ouça o professor e obtenha novamente todas as informações que precisar em relação às tarefas.

Há algo que precisa ser mencionado: as crianças e muitos adolescentes precisam de supervisão ao fazerem as lições de casa em casa. Atenção, isso não significa fazer os trabalhos ou resolver os desafios que as lições podem implicar; trata-se de supervisionar aquilo que deve ser feito para que ele não se distraia, e acima de tudo, estar atento ao uso da tecnologia.

Advertisement

Nós, professores, não esperamos que os pais façam as lições ou expliquem-nas para os filhos, essa é a nossa responsabilidade. O que geralmente esperamos, é que eles supervisionem seus filhos para que as façam, que tragam-nas escritas por eles mesmos, à medida que crescem e conseguem fazê-las, que lhes deem uma breve explicação caso não entendam alguma coisa. Caso contrário, envie a tarefa de volta ao professor e notifique onde a criança teve problemas.

Lembre-se: as tarefas servem para consolidar e exercitar o que foi visto em sala aula ou para obter informações prévias sobre um novo tema a ser estudado. Uma tarefa feita pela metade não aborda a informação, nem sequer forma hábitos, ela deve ser muito específica e eficaz.

Verifique o ritmo de trabalho do seu filho

Analisar o ritmo de trabalho de uma criança significa reservar um tempo para observar e conhecer seu filho, saber como são seus hábitos de estudo, o que o distrai, o que é fácil para ele e o que o desafia a melhorar. O desenvolvimento de cada criança pode ser muito particular e os adultos devem ser respeitosos, saber onde ou quando pressionar ou motivar, e quando parar e apenas acompanhar.

Analise a agenda da família

Os pais que têm vários filhos sabem o quanto são valiosas essas agendas grandes de parede, onde podemos ver todas as atividades de cada membro da família e depois nos organizar para que todos cheguem no horário ou cumpram seus deveres. Aqueles que têm somente um ou dois filhos seguem a agenda familiar de outra maneira: geralmente enchem a criança de atividades e, em seguida, os pais organizam suas vidas de acordo com a agenda da criança.

Seja como for na sua família, organize-se e isso reduzirá bastante o estresse e a ansiedade de correr de um lugar para outro.

Advertisement

Reflita com muita sinceridade sobre o seguinte:

A programação da escola e da lição de casa está organizada para o bem-estar do seu filho ou para a sua comodidade?

Quando os pais analisam essa pergunta com muita sinceridade e honestidade, geralmente descobrem que não há tantas tarefas assim e o ritmo de trabalho de seus filhos não é tão lento quanto pensavam.  O que, no fundo, está acontecendo, é que a criança está lotada de extra-classes “enquanto estão na escola”, “enquanto os pais saem do trabalho” ou “para aproveitarem o tempo”. Simplificando, muitas vezes a agenda da criança é projetada para a conveniência dos pais.

As crianças não são lentas, os pais é que estão correndo.

As crianças não têm “muitas tarefas”, elas têm pais “ocupados demais” para passar tempo com elas.

As crianças precisam de tempo para brincar livremente, precisam de tempo livre e dormir o tempo necessário para ajudá-las a descansar e se desenvolver.

Todos os adultos reclamam quando o horário de trabalho excede o tempo estabelecido, mas quando se trata dos filhos, não pensam que eles também podem estar “trabalhando” até 12 horas por dia, na escola e depois em casa . Nunca menospreze as atividades das crianças, pensando que elas apenas “brincam”. As crianças devem ter tempo para brincar livremente, ficarem entediadas, descansar, ficar com os pais e dormir para crescer.

A infância passa “num piscar de olhos”, portanto, aproveite seus filhos e permita que eles desfrutem essa linda fase que nunca irá voltar. Passe com eles tanto tempo quanto for necessário para que belas experiências fiquem gravadas na memória por toda a vida.

Você jamais irá se arrepender, eu lhe garanto!

Advertisement

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original ¡Auxilio! Mi hijo tiene mucha tarea

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.