Reese Witherspoon conta que sofreu abuso no passado e como sair daquele relacionamento mudou o curso de sua vida

Assim como ela, você também é capaz de dar um basta. Veja alguns sinais de que você está sofrendo abusos.


Erika Strassburger

Em entrevista à Oprah Wrinkle, Reese Witherspoon conta pela primeira vez que esteve em um relacionamento abusivo quando era bem jovem, em que sofreu abuso verbal e psicológico.

#HBD to this bright and beautiful soul!! ??❤️ @oprah

A post shared by Reese Witherspoon (@reesewitherspoon) on

Oprah pediu para ela mencionar uma escolha difícil que precisou fazer para cumprir seu destino pessoal e profissional. “Sair de um relacionamento abusivo”, disse a atriz.

Não dava mais para continuar

Reese contou que embora soubesse que seria difícil sair daquela situação, ela reconheceu o momento certo em que essa decisão deveria ser tomada. “Um limite foi ultrapassado e uma chave foi simplesmente acionada em meu cérebro. Eu sabia que seria difícil, mas eu não conseguiria prosseguir”, disse.

Mudanças profundas

Ela conta que isso lhe causou mudanças “a nível celular”. E admite que se não tivesse tomado aquela atitude, jamais conseguiria se tornar a pessoa que é hoje. “Eu não tinha autoestima. Sou uma pessoa diferente agora, e é parte da razão pela qual eu posso me levantar e dizer: ‘Sim, sou ambiciosa’, porque alguém tentou tirar isso de mim”, disse a atriz.

#SundayFunday. Coffee, with a little Pepper. ?☕️

Advertisement

A post shared by Reese Witherspoon (@reesewitherspoon) on

Os primeiros sinais de um relacionamento abusivo

Muitas mulheres ficam cegadas de tal maneira pelo charme do parceiro, ou por suas expressões eventuais de carinho e cuidado, que não conseguem identificar os sinais muitas vezes claros de que estão sendo abusadas.

Veja alguns sinais:

1. Ele a coloca em um pedestal

É uma estratégia que ele usa para você se sentir a mulher mais especial do mundo e jamais querer sair daquela relação, porque ninguém mais irá tratá-la assim. É uma forma de criar uma relação de dependência.

2. Fica monitorando seus passos

Ele faz marcação cerrada nas redes sociais, quer saber onde você esteve e com quem, onde você conheceu seus amigos do sexo masculino. Invade completamente a sua privacidade.

3. Tenta isolá-la do mundo

Ele faz de tudo para impedir que você tenha uma vida social. Ele sabota um passeio, uma ida à casa dos seus pais, irmãos, amigos e familiares. Joga você contra as pessoas queridas para que você prefira ficar apenas na companhia dele.

4. Impõe a vontade dele até mesmo quando se trata da sua vida

Ele fica dizendo como você deve cortar o cabelo, que emprego deve ou não aceitar, o que deve dizer em determinada situação.

5. Aplica punições quando é “desobedecido”

Isso mesmo, ele impõe uma relação em que você se sinta como se devesse obediência a ele. Quando você faz algo que não o agrada, ele a pune com tratamento de silêncio, com broncas, não dá mais carinho, etc. Mas quando você faz algo que ele quer, ele imediatamente a recompensa com elogios, carinho físico, etc. Ele a trata como um animal adestrado.

6. Faz você se sentir sempre culpada pelos erros que ele comete

Se ele se atrasa para o trabalho, a culpa é sua por não ter aprontado o café da manhã a tempo. Se ele grita ou bate em você, a culpa é sua porque você não agiu corretamente. Ele é um grande manipulador.

7. Faz de tudo para você se sentir insegura

Para criar uma relação de dependência, ele faz você se sentir insegura, pensando que o relacionamento de vocês está ameaçado, ou que tem um monte de mulheres lindas atrás dele e se você não se comportar, ele pode trocá-la por outra a qualquer momento. Faz você pensar que é feia, incapaz, burra. E que é muito sortuda por ter um cara incrível ao seu lado.

Advertisement

8. Faz você desistir de seus sonhos

Ele a convence de trancar a faculdade, de desistir de determinado emprego ou projeto, ou de fazer qualquer coisa que ele perceber que dará a você mais liberdade e independência.

9. Críticas constantes

Em vez de observar suas qualidades, ele adora focar naquilo que considera ruim. Então, ele vai criticar sua aparência, sua comida ou qualquer coisa que você fizer.

10. Agressões físicas

As agressões físicas normalmente começam quando há um nível maior de comprometimento do casal, ou seja, depois do noivado e casamento. Antes disso, você pode identificar um agressor pela maneira como ele trata as pessoas à sua volta, inclusive estranhos, os animais e as crianças. Você o verá chutando ou esmurrando as coisas, gritando no trânsito, intimidando as pessoas.

Assim como Reese Witherspoon, você também é capaz de se livrar de um namorado, noivo ou cônjuge abusivo. O mesmo serve para os homens que têm companheiras abusivas. Os relacionamentos existem para gerar felicidade e cumplicidade. Ninguém merece viver ao lado de quem só pensa em si mesmo.

Toma un momento para compartir …

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.