Quais os tipos diferentes de tosse e o que significam?

Por que tossimos? O que nos faz tossir? É natural tossir todos os dias? Essas e outras perguntas que ajudam a esclarecer esse sintoma tão comum.


Stael Ferreira Pedrosa

Nosso corpo é uma máquina que além de trabalhar perfeitamente por muitos e muitos anos também tem um sistema de defesa incrível que atua interna e externamente às agressões do ambiente. Um exemplo dessa defesa é a tosse.

A tosse é um reflexo do nosso sistema respiratório que é produzida quando algo o irrita. Seja uma infecção, um produto químico, pólen, poeira, ácaros, cigarro, perfumes, etc. Se irritou o sistema respiratório, este reagirá lançando dos pulmões uma expiração súbita e barulhenta para expulsar o agente agressor.

Existem basicamente dois tipos de tosse: A seca e a produtiva. A presença ou não de muco é decisiva no diagnóstico das causas da tosse.

Leia: 10 doenças que podem estar escondidas por trás da tosse

Tosse seca

Não apresenta muco (catarro). Costuma ser uma tosse inicial que mostra que o sistema respiratório foi agredido. Geralmente aponta para uma alergia ou refluxo gástrico, mas pode indicar também problemas cardíacos.

A maioria dos problemas de saúde cuja reação é a tosse começam com a tosse seca que depois se torna produtiva. Tosse seca que permanece por muitos dias deve ser investigada, é possível que seja uma alergia facilmente controlável, mas pode ser tuberculose ou falha no batimento cardíaco que pode causar acúmulo de líquidos no pulmão.

O médico também avaliará se a tosse (que deveria ser produtiva) está seca devido ao paciente estar desidratado.

Advertisement

Leia: 10 remédios caseiros para a gripe

Tosse produtiva

A tosse produtiva apresenta catarro, cuja função é proteger as vias aéreas do ataque de vírus, bactérias e outros agentes que podem infectar o corpo. Costuma estar acompanhada de um chiado no peito e piora ao se deitar.

Apresenta catarro branco, amarelo, verde ou marrom. Se o catarro for transparente ou esbranquiçado, mas abundante, pode ser sintoma de alergia, asma ou virose. Muito branco, pode indicar um tipo de câncer do pulmão, o carcinoma bronquíolo-alveolar.

O catarro amarelo faz suspeitar de uma inflamação das vias aéreas e que o corpo está reagindo a ela. As células de defesa orgânicas (leucócitos) é que deixam o catarro amarelado. Geralmente são resultado de rinite, sinusite ou laringite.

Catarro verde indica infecção por bactérias que pode ser pneumonia ou infecção da garganta (amigdalite) e coqueluche (tosse comprida). Devem ser tratadas com antibióticos que somente o médico pode prescrever.

O muco marrom tem essa cor devido à presença de sangue, que pode indicar pneumonia por Aspergillus (fungo que ataca o pulmão e causa sangramento), ou por uso de tabaco, que também deixa o muco espesso e escuro.

Catarro com sangue é outro problema que somente o médico, através de exames, pode dizer a causa. Pode ser devido ao esforço para tossir que rompe pequenos vasos ou indicar doenças mais graves como embolia do pulmão, tuberculose ou câncer.

Independentemente da causa, a tosse pode ser melhorada significativamente com o afastamento dos agentes alergênicos, bebendo água e chás, como o de limão com mel, de erva cidreira, camomila e folhas de laranja. Evite chá preto ou mate por causa da cafeína que também irrita as vias respiratórias. Cuidados para aliviar os incômodos da tosse incluem:

  • Hidratar-se. Tome pelo menos 1,5 litro de água ao longo do dia.

  • Tomar o medicamento indicado pelo médico – Não se automedique, jamais.

    Advertisement
  • Evitar poeira dentro de casa, trocar a roupa de cama, retirar do ambiente tapetes e cortinas, bichos de pelúcia e outros acumuladores de poeira.

  • Não fumar e nem ficar perto de quem fuma, o cigarro é o maior agressor das vias respiratórias.

  • Evitar contato com animais.

  • Mantenha os ambientes sempre ventilados.

Ouça seu corpo, ele emite sinais de que algo não vai bem. Assim como a febre ou espirros, a tosse é uma maneira do seu corpo pedir cuidados.

Leia: Bactérias x vírus: Diferenças e tratamentos

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.