Problema sério na gravidez afasta a apresentadora Eliana da TV

"Preciso salvar minha filha de um parto extremamente prematuro."


Stael Ferreira Pedrosa

A apresentadora do SBT, grávida de 6 meses de Manuela, deixa a emoção falar mais alto ao contar do problema que enfrenta atualmente com a gravidez. Eliana, que já teve outro problema antes a ponto de ter que se submeter a uma cirurgia quando a gravidez estava na 12ª semana para evitar a possibilidade de um aborto, enfrenta agora a possibilidade de um parto prematuro.

Amor da minha vida! #truelove

A post shared by Eliana Michaelichen (@eliana) on

Para evitar maiores problemas, a famosa precisou se afastar até mesmo do trabalho aos domingos devido a uma complicação mais ou menos comum e que a levou a permanecer internada em um hospital por 30 dias: o descolamento da placenta. O repouso absoluto tornou inviável até mesmo receber visitas, já que Eliana precisaria manter-se calma também. Emoções podem contribuir para agravar o problema.

No caso de Eliana, o descolamento foi parcial, o que não significa que é preciso interromper a gravidez – uma situação problemática aos 6 meses de gestação. Afinal, todos os nutrientes, assim como o oxigênio são providos para o bebê através da placenta que ao descolar-se não tem como mais manter o bebê provido do necessário para a vida. Nesses casos é feita uma cesariana de emergência.

Segundo o médico de Eliana, afastar-se do trabalho e repousar foi a decisão mais acertada. O repouso evita até certo ponto o descolamento total.

De alta temporária há 2 semanas, Eliana aproveitou para fazer o chá de bebê da Manu, que é como a bebê já é chamada pela família. Entre familiares e amigos, a mãe de Manu fez questão de declarar todo seu amor à filha e disse que seria capaz de tudo por seus filhos e que sua prioridade agora é salvar a vida de seu bebê. Em suas palavras: ”Quando nos encontramos em uma gestação de risco, pensar em detalhes como o enxoval ou ver quarto pronto não são prioridades.”

Apesar de todos os problemas, Eliana está confiante e em mensagem aos fãs disse: “preciso salvar minha filha de um parto extremamente prematuro. Tenho fé que, em breve, trarei boas notícias”.

O que é o descolamento da placenta? É possível evitar?

Muitas pessoas pensam que o feto fica dentro da placenta, o que é errado. O feto fica dentro de uma bolsa cheia de líquido, dentro do útero. A placenta é um órgão redondo e achatado que se forma durante a gravidez, com a função de nutrir e fornecer oxigênio ao bebê. Ela fica dentro do útero, mas fora da bolsa das águas, embora aderida a esta. Da placenta parte o cordão umbilical que leva oxigênio e nutrientes ao bebê.

Ela se forma desde o começo e vai amadurecendo junto com o bebê. Bem afixada à parede interna do útero, a placenta só deve se descolar no fim da gravidez. Mas, existem casos em que ela se solta da parede do útero, geralmente a partir da 20ª semana de gravidez causando cólicas fortes e sangramento vaginal, colocando em risco a saúde de mãe e filho. É uma emergência médica, ou seja, a mãe deve ir imediatamente ao hospital se movendo o menos possível.

De acordo com o site tuasaude, as causas podem ser:

  • Esforço físico intenso

  • Pancada nas costas ou barriga

    Advertisement
  • Pressão alta ou pré-eclâmpsia

  • Tabagismo

  • Uso de drogas

  • Rotura da bolsa antes do tempo previsto

  • Pouco líquido amniótico na bolsa

  • Infecção

  • Doenças que alteram a coagulação do sangue

A melhor maneira de evitar é a mãe cuidando da própria saúde, fazer o pré-natal e evitar usar substâncias nocivas como fumo, álcool e outras drogas. Gravidez não é período para esforços intensos, então a moderação é o mais indicado em todas as situações.

Fazemos tudo por nossos filhos e já estou cuidando da minha pequena ainda dentro da barriga com muita dedicação. Por conta de um desses acontecimentos que não podemos controlar, apenas aceitar, estou em repouso por ordens médicas. Farei de tudo para que ela cresça e se desenvolva da melhor maneira possível aqui dentro. Preciso salvar minha filha de um parto muito prematuro. Tive um descolamento da placenta. Sei que não depende só da minha vontade e do meu esforço, mas farei o impossível para trazer o meu fruto da melhor maneira que Deus permitir. Enquanto escrevo aqui na cama, sem poder levantar para nada, nada mesmo, lágrimas de dúvidas e medo escorrem pelo meu rosto. Mas tenho fé que em breve trarei boas notícias. Lidar com essa angústia é um exercício diário de paciência, consciência e amor. Arthur me ajuda muito nesse desafio. Ele está sempre comigo qdo volta da escola. Este é o melhor momento do meu dia, pois seu astral e alegria enchem meu coração de esperança. Juntos, nós desenhamos, conversamos e brincamos na medida do que eu posso. Ele está até se divertindo ao escalar a minha cama, que é alta, quando vem fazer desenhos ao meu lado para relatar o seu dia. Seu carinho comigo e com a irmã emociona quem vê. Já passa a mãozinha na barriga e conversa com ela dando o seu "Oi irmãzinha". Não conheço criança mais doce que ele… Adriano e minha mãe também me ajudam bastante. Sempre me doei em tudo o que fiz. Mas nunca fiz nada sozinha, pois estive cercada de pessoas igualmente envolvidas e dedicadas. Desta vez, agradeço a paciência de todos que me acompanham, incluindo meus queridos da produção, diretores do SBT e a família Abravanel, em especial ao Silvio Santos, pois pela primeira vez, em tantos anos, me retiro dos palcos temporariamente por um bem maior e com o apoio amoroso e sincero de todos. Tenho certeza que Patricia fará tudo com muito respeito, carinho e será um sucesso! Eu estarei assistindo realizada. É hora de me tranquilizar. Vou terminando por aqui. Acho que já escrevi demais. Agradeço, confio e entrego em suas mãos Senhor. Em nome da minha família desejo que a sua seja abençoada. Já estou com saudades. Até breve❤️

A post shared by Eliana Michaelichen (@eliana) on

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.