Pais de família: Como colocar esposa e filhos em primeiro lugar em sua vida

Como sua família pode ficar em primeiro lugar sem impedir seu progresso? Veja aqui como trazer mais paz e felicidade ao seu coração colocando sua família como prioridade.


Fernanda Ferraz

Diante da correria do dia a dia, das responsabilidades de prover o sustento tentando ao máximo compensar o tempo em família, é notório que muitos pais têm se esforçado para suprir todas suas necessidades; mas diversas vezes se esquecem do principal: o seu tempo em família! Não importa se você é pai solteiro, pai casado, pai divorciado ou pai viúvo. Lembre-se de que pai é sempre pai, e seu filho será sempre seu filho. Sua esposa pode sempre ser sua esposa também.

A escolha de ser pai

A escolha de ser pai deve ser sua. Jamais coloque essa responsabilidade nas costas de outrem, sejam eles seus pais, irmãos ou avós, ou mesmo deixar que a esposa se responsabilize por tudo. Esse direito e dever são seus. É seu sangue que corre nas veias desses seres humanos chamados filhos, portanto, você é responsável por eles. Sendo muito jovem ou maduro e experiente, não importa as qualificações que tenha, não importa qual a sua carreira ou dons, o que de verdade importa é seu amor e comprometimento de pai! Isso sim importa. Muitos detalhes, principalmente os pequenos, fazem toda uma diferença. Sabe a famosa constância? Filhos necessitam disso! Constância de amor, constância de bons exemplos, constância de dedicação e instrução, tudo isso você pode escolher!

Tempo em família

O que é mais importante para você? Seu trabalho ou sua família? Posso até ouvi-lo dizer: “Meu trabalho é essencial, pois sem ele não teria como sustentar minha família! Ele vem em primeiro, por isso!”. E eu posso lhe garantir que se sua família vier em primeiro lugar, mesmo diante aos desafios, se ela tiver prioridade em sua mente, em seu coração, em seus desejos e sonhos, todo o resto será uma consequência. Ou seja, consequência do seu trabalho em família, em esforçar-se para edificar seu lar com bons princípios e valores que já estão quase perdidos.

Sua família lhe dará motivos, apoio e encorajamento para lutar e seguir em frente. Ela lhe apoiará em decisões difíceis a serem tomadas. Se você decidir que nada lhe afastará dela, mesmo quando você não tiver grandes luxos para oferecer, se colocares sua FAMÍLIA em primeiro lugar, é muito provável que ela nunca o abandone, enquanto todo o resto poderá fazê-lo de modo rápido e cruel. Quando se empenhar diariamente para o melhor de sua família, tudo o mais será fácil e você sempre será um orgulho para os que lhe amam. Dedicação ao tempo em FAMÍLIA é o maior bem que você, como pai, pode oferecer a um filho, portanto, pense sabiamente quando pensar em negar passar tempo com seus filhos!

Lembre-se de que dinheiro não propõe felicidade; muitas pessoas são ricas materialmente e sentem-se infelizes e vazias. Fica a pergunta no ar: “Do que vale tantos bens, se no final você não é amado e feliz de verdade?”.

Algumas dicas para aproximar pais e filhos são válidas

  • Brincar com eles.

  • Sentar e conversar, interessando-se em seu dia e tarefas.

    Advertisement
  • Interessar-se por seus dons e gostos.

  • Jogar bola com eles.

  • Fazer compras para eles e com eles.

  • Cantar para eles.

  • Contar-lhes historinhas.

  • Rolar de rir com eles.

  • Participar de sua vida escolar.

  • Incentivá-los a serem melhores pessoas.

  • Não fique “caçando” os defeitos em seus filhos e não exalte suas falhas, eles sempre precisarão de seu amor e compreensão, e os conselhos brandos surtirão mais efeito do que as críticas destrutivas.

  • Saiba perdoar seu filho.

    Advertisement
  • Seja afetuoso, faça carinho em seus filhos. A vida passa muito rápido para perder tempo sem dar atenção necessária para sua maior herança: seus filhos!

  • Não exija mais do que seu filho pode fazer; jamais o chame de fracassado só porque o caminho que ele escolheu é totalmente diferente do seu!

  • Seja amigo e protetor de seu filho.

  • Demonstre seu amor e carinho mais vezes.

  • Diga o quanto ama seu filho e o quanto ele é importante para você.

  • Faça parte dos passatempos dele.

  • Não deixe seu filho de lado por desejar fazer outra atividade que momentaneamente ache mais interessante.

Seja gentil com sua esposa, este é o melhor exemplo para que seus filhos cresçam adultos equilibrados e gentis em suas próprias famílias.

À medida que o tempo passar, e principalmente em sua velhice, você olhará para trás e se tranquilizará, tendo paz e felicidade no coração, sabendo e compreendendo que fez tudo o que podia e devia, tudo que estava ao seu alcance.

“No final, a felicidade não decorre da perfeição, mas da aplicação de princípios divinos, mesmo em pequenos passos.” (Dieter F. Uchtdorf)

Toma un momento para compartir …

Fernanda Ferraz

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.