O que sua menstruação está tentando lhe dizer

Estar atenta ao ciclo menstrual é parte importante dos cuidados preventivos com a saúde.


Renata Finholdt

A menstruação é parte da vida das mulheres durante muitos anos. Algumas sofrem muito com ela, outras vivem solidariamente.

Algumas alterações são bem conhecidas neste ciclo, tais como a tensão pré-menstrual, as cólicas durante o ciclo e as dores de cabeça, no entanto, o que muitas pessoas não percebem é que, além destes fatores, o tipo de sangue proveniente do fluxo menstrual também tem algo a dizer a respeito da saúde de seu organismo.

Estar atenta ao tipo de fluxo que você tem mês a mês é importante como precaução para a chegada de várias doenças.

1. Sangue rosa

Além de um sinal característico de gravidez, uma menstruação com o sangue rosa pode significar ainda infecções ou alterações hormonais.

2. Cheiro forte e sangue alaranjado

Este tipo de menstruação precisa de auxílio médico, normalmente ele está relacionado a infecções no útero.

3. Sangue vermelho intenso

Normalmente, um sangue vermelho intenso indica que tudo está bem em seu ciclo menstrual. A única coisa a se notar é relacionada ao tempo que este tipo de sangue permanece em seu ciclo, se continuar por mais de oito dias o ideal é buscar auxílio médico.

4. Sangue marrom (borra de café)

Normalmente esta cor de menstruação está relacionada aos dois extremos de um ciclo menstrual – início ou fim – e significa que está tudo bem. Esta coloração só acontece porque é o sangue mais antigo que está saindo.

Advertisement

5. Fluxo intenso

Um fluxo muito intenso, além daquele normal que você está acostumada, pode indicar alterações hormonais que precisam ser observadas para evitar que você sofra com a perda exagerada de sangue, o que com o passar dos ciclos pode levar a uma anemia indesejada.

Outra causa dos fortes fluxos menstruais pode estar relacionada a miomas, pólipos ou ainda alterações no colo do útero. Em todos os casos será preciso uma investigação através de alguns exames para identificar o motivo real e iniciar o tratamento mais adequado.

6. Ausência de menstruação

Normalmente, a ausência do ciclo menstrual está relacionada à gravidez, mas ela também pode indicar o início de uma menopausa, por isso toda ausência de ciclo precisa ser investigada.

Observar cada período menstrual com atenção e ao notar qualquer alteração buscar ajuda médica é parte importante dos cuidados com a saúde que todas devemos ter.

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.