O que fazer quando genro e sogra não se dão bem

"Quando você casa com alguém, você casa com toda a família dela" É bem isso o que acontece mesmo, mas nem sempre o cônjuge é o genro desejado pela sogra. Ambos terão que se respeitar.


Roberta Preto

O casal é o suporte de sua família, se eles escolhem juntos permanecerem unidos, não se ofenderão por tão pouco e aprenderão nos erros do dia a dia a serem melhores. Eles serão um casal extremamente forte e ambos farão tudo o que for preciso para não se abalarem com as distrações e interferências que surgem no caminho. Desta maneira, eles encontrarão coragem para perdoarem as ofensas trazidas pelos parentes, porque eles sabem que o amor deles está acima de tudo isso.

Infelizmente, ser chamada de sogra requer um peso elevado com muitas piadas ofensivas e histórias maldosas e isso provoca um desconforto muito excessivo. Quando o relacionamento amoroso possui interferências da famosa “sogra”, normalmente quem mais sofre são as noras; porém, há casos de genros não suportarem a mãe de sua parceira e vice-versa.

Segundo a antropóloga Eliana Amábile Dancini da Universidade Estadual Paulista: “O mito é cultural e trata-se de um desdobramento das questões de gênero, resultado da estrutura patriarcal da família, na qual o homem está no topo da hierarquia e a mulher serve só para as tarefas domésticas. Quando a mulher é a sogra, já não tem funções e fica estereotipada como alguém que não tem nada para fazer a não ser incomodar.”

Embora diferenças, palpites e interferências ocorram dentro de todos os relacionamentos familiares, é preciso muita cautela para que isso não seja motivo de brigas constantes.

Quando as ofensas e discussões exageradas surgem, provocam uma divisão no coração da pessoa amada. Ela não sabe o lado que deve escolher, se fica com o cônjuge ou se fica a favor da mãe.

Há três dicas básicas abaixo, sendo uma para o marido, uma para a sogra e outra para a mulher que faz o papel de esposa e filha:

Maridos

“Quem beija meus filhos, adoça minha boca”. Exatamente! Se você é capaz de ajudar sua esposa a ser uma pessoa melhor, você irá conquistar um lugar especial no coração de sua sogra.

Advertisement

Se você deseja uma inimiga para toda vida, fale mal de sua esposa na frente da mãe dela. Mães tornam-se onças quando percebem que seus filhos estão sob ameaça ou sendo ofendidos.

Cabe somente a você escolher se vale a pena dar continuidade a essas fábulas de “sogra má” ou se agarrar à oportunidade de conhecer verdadeiramente e aprender a amar a mãe da pessoa mais importante de sua vida. Um pedido de desculpas irá proporcionar a paz na família. Você não precisa abrir mão dos seus direitos de marido e nem abrir mão do seu ponto de vista, mas pode ser sábio o suficiente para terminar uma discussão.

Sogras

Não esqueçam o início de seu próprio casamento, não esqueçam as coisas que vocês não suportavam em suas sogras para não cometerem o mesmo erro. Às vezes, os erros são círculos viciosos e passam de geração. Agora, se vocês tiveram a sorte de terem tido sogras bondosas, façam dos exemplos delas ensinamentos para suas vidas. Se vocês amam muito suas filhas, vocês irão fazer o seu melhor, até mesmo tolerar as fraquezas de seus genros pela felicidade de suas filhas. Não esperem que eles mudem por seus “falatórios”. Lembrem-se que foram suas filhas quem escolheram os maridos e cabe somente aos casais fazerem as mudanças necessárias dentro de seus relacionamentos.

Esposas e filhas

Nunca permitam que vocês sejam jogadas na “fogueira”, não se sujeitem a terem que escolher “marido ou mãe.” Mantenham posturas e sejam firmes no papel ao qual lhes foi incumbido de esposas e filhas. Diga-lhes que vocês os amam e o amor que sentem por cada um é completamente diferente, e que amar um não irá mudar em nada o amor pelo outro.

Procure lembrá-los que as ofensas e mágoas que um levanta contra o outro estão ferindo profundamente a pessoa que eles mais dizem amar e que você não pode tolerar tal situação, isso será o suficiente para dar um basta nos dois.

Um relacionamento amoroso e sólido se mantém à base de parceria, firmeza e respeito. Esse tipo de relacionamento busca cumplicidade, felicidade e paz em todas as coisas.

Toma un momento para compartir …

Roberta Preto

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.