O lugar onde você está agora

Saber exatamente onde você se encontra neste momento, em relação às suas metas e objetivos, é de vital importância para as suas realizações futuras.


Luiz Higino Polito

Existia uma antiga expressão: “O quinto ponto do compasso”, que descrevia a possibilidade de você ter um mapa e um compasso, e ainda assim estar completamente perdido.

Mesmo tendo um mapa e um compasso, se você não soubesse o local exato onde você se encontrava, não adiantava o mapa para guiar você.

Agora tem o GPS, que facilita tudo… Mas antes, era na base do mapa e do compasso.

Leia: Passo a passo rumo a seus objetivos

Saber o ponto de partida

Quando for planejar coisas importantes para sua vida, é importante que você saiba onde se encontra neste momento.

Somente se baseando realisticamente no ponto em que você se encontra agora, é que é possível se traçar um caminho objetivo para se chegar aonde você deseja chegar num futuro próximo ou distante.

Temerário ou prudente demais?

Temerário é aquele que faz coisas de forma imprudente demais, sem avaliar direito os riscos e os perigos. O meio-termo entre prudência e temeridade talvez seja o melhor caminho para se buscar obter sucesso em qualquer empreendimento de nossa vida.

Advertisement

Deve-se ousar, mas com cuidado.

Não se deve, também, se comparar a nenhuma outra pessoa, porque o que é muito fácil para alguém, pode ser extremamente difícil para outra.

A única comparação válida é com você mesmo: onde você está agora, em relação a 5, 10, 20 anos passados?

Melhorou sua personalidade em muitos pontos ou piorou? Em questões familiares, profissionais, sociais, você está melhor agora ou pior do que 5, 10 ou 20 anos passados?

Leia: Você tem metas? Alcançando seus objetivos pessoais e de sua família

Direção das velas

Mudanças profundas na personalidade levam tempo.

Podem partir de algum súbito acontecimento, como um batismo numa Igreja, por exemplo, onde se assume que a partir daquele momento alguém vai levar uma vida totalmente nova e santa.

Com o tempo, os ânimos podem ir se enfriando e o ímpeto inicial vai cedendo frente às agruras da vida, e muitos desistem, porque não conseguiram a excelência que queriam obter em poucos meses ou poucos anos.

Os que são mais sábios, porém, aprendem que é a direção das velas do navio, e não a rapidez, que determina o local onde o navio chegará.

Aprendem a ter paciência consigo mesmos, sabendo que é possível crescer em sabedoria, conhecimento, e bons hábitos pouco a pouco, gradativamente, e assim vão mudando suas personalidades cada vez para melhor, até atingirem a excelência.

Advertisement

Existem pessoas que são realmente “finas”, educadas, compreensivas, amorosas, que realmente dá gosto de se conviver.

E existem os que são grosseiros, que não ouvem ninguém, não se preocupam em melhorar, acham que já sabem tudo e não se preocupam com o sentimento de ninguém – só de si mesmos.

A escolha é pessoal

Que tipo de pessoa você quer ser? Que tipo de pessoa você acha que terá muito mais chance de ser feliz e bem-sucedida hoje e no futuro?

A escolha é de cada um.

Depois de feita a escolha, precisamos saber o lugar em que nos encontramos neste momento, e planejarmos aonde queremos chegar – sempre sabendo que “devagar se vai longe”.

A capacidade de perdoar os outros é uma linda virtude, que deve ser aplicada também a nós mesmos: somente crescemos quando aprendemos a não ser intransigentes demais com nós mesmos, porque afinal, também somos humanos, sujeitos a erros e acertos como todo mundo.

O importante é aprender com os erros e seguir sempre em frente! Dizem que só os fracos ficam caídos ao longo do caminho.

Portanto, sabendo o lugar que você está agora, virando suas “velas” para o lado certo dos “ventos” dos seus mais nobres objetivos, e ter paciência para chegar lá, não importa quanto tempo leve e não desistindo quando tiver tropeços, você tem tudo para atingir seus objetivos e ser feliz.

E felicidade não é um lugar, mas um estado de alma, quando se sente que se está vivendo como se deve, e estando satisfeito consigo mesmo e com os outros.

A vida não é fácil para ninguém. Buscar o aperfeiçoamento pessoal em todas as áreas, porém, pode nos levar àquela tão sonhada felicidade.

Leia: Mundo pessoal: Uma busca sem fim

Toma un momento para compartir …

Luiz Higino Polito

Casado, pai de três filhos e avô de quatro netos, estudei oratória e didática. Gosto muito de escrever. Profissionalmente, sou músico e tenho um Sebo Virtual, onde vivo com minha esposa e cercado de livros!