O item mais importante na criação dos filhos

Criar filhos de maneira correta é um desafio cheio de surpresas. Sentir que o melhor foi feito é a maior recompensa.


Michele Coronetti

Para os pais sempre há uma dúvida soando ao vento: Será que estou ensinando e educando corretamente meus filhos? Uma questão que geralmente não pode ser respondida até que eles cresçam e se tornem adultos. Depois disso, pouca coisa pode ser feita.

Com todos os compromissos da vida moderna é realmente desafiador criar e educar a progênie. Não existe passo a passo e cada pessoa é diferente da outra, mesmo sendo irmãos criados em uma mesma família. Alguns conselhos são muito bons e vêm de muitas gerações.

Exemplo

O item mais importante de ensino sempre foi e será este. As palavras e lições podem ser ouvidas e absorvidas, a criança aprende o que é o certo e o errado. Porém, se for ensinado que a mentira é ruim e os pais mentirem, o filho até entende que é errado, mas agirá como seus pais. A lição de vida para eles é ser no futuro o que seus pais são hoje.

Ensinar agindo

Em séculos passados os filhos aprendiam suas profissões com seus pais, e em algumas culturas até adquiriam seu sobrenome pela sua profissão. A maneira de agir, enfrentar os desafios, se portar em meio às tempestades e a determinação em vencer certamente incentivarão os filhos a serem desta forma. Dizer apenas como a criança deve ser não resolve como descrito nesta entrevista com o filósofo Mário Sérgio Cortella.

Ao observar a natureza um homem relatou o que aprendeu com uma mãe ave. Seu filhote estava próximo e ela aproveitou que ele estava observando, ciscou a terra, encontrou uma suculenta minhoca e a pegou. O filhote rapidamente abriu o seu bico esperando pelo alimento, mas para sua surpresa a mãe o engoliu. Ela então voou até uma árvore próxima e bicou a casca até sair de lá com um inseto. Voltou para perto do filhote, que aguardou novamente pelo alimento, mas ela também o engoliu. Então voou para longe, deixando o filhote sozinho. Passado algum tempo o filhote ciscou a terra e logo encontrou sua refeição.

Evitar fazer tudo por eles

Talvez hoje em dia os pais devam deixar um pouco mais de responsabilidades nas mãos dos filhos. Amar não é fazer tudo por eles, na verdade, o nome disso é falta de amor. Enquanto pequenos eles já podem aprender a guardar seus próprios brinquedos. Conforme eles forem crescendo e desenvolvendo mais habilidades, maiores responsabilidades poderão ser passadas.

Regras e limites

Para que a criança se sinta feliz e segura ela precisa desta dupla estabelecida pelos pais, os chefes do lar. A falta disso a deixará confusa. Normalmente as crianças e adolescentes fazem de tudo para burlar uma regra. Estarão testando se os pais realmente são firmes. Neste artigo os responsáveis são aconselhados a respeitarem seus próprios NÃOS, evitar concessões, estabelecer regras justas e serem firmes sempre. Filhos assim se tornarão adultos seguros e mais humanos.

Advertisement

Jamais compensar a falta de atenção com produtos

Já que o tempo é escasso, o dinheiro é necessário e o cansaço também faz parte da rotina. Dar presentes no lugar de tempo, carinho e atenção nunca é favorável. A criança cresce com o entendimento que ter tudo o que quer é muito fácil, que os outros são obrigados a fazer suas vontades e que os relacionamentos, afinal, não são tão importantes assim.

Ter e cuidar de filhos é algo desafiador e maravilhoso. O sentimento de continuidade, as conquistas deles assistidas pelos pais, observar seu desenvolvimento e caráter são presentes da vida impossíveis de adquirir de outra forma.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.