O guia definitivo de como beijar de maneira inesquecível

Existem muitos tipos de beijos, e eles são muito importantes na vida de todos nós. Será que estamos beijando o suficiente?


Luiz Higino Polito

Existem alguns “beijoqueiros” pelo mundo, que são doidos para beijarem pessoas famosas, mesmo que elas não queiram.

Aqui no Brasil, ficou popular um beijoqueiro, mostrado aqui neste vídeo num esforço sobre-humano para beijar Gilberto Gil.

Mas o que tem a ver tal beijoqueiro com o tema do artigo? Apenas para mostrar que têm pessoas que gostam mesmo de beijar… (no caso, esse beijoqueiro buscando seus “quinze minutos” de fama).

Falando sério sobre beijos

Beijo é um assunto muito sério, e muitos relacionamentos podem ser fortalecidos ou desabarem, dependendo de como os envolvidos se beijem: pouco ou muito, bem ou mal.

Num excelente artigo, “Torne seus beijos inesquecíveis”, traduzido e adaptado por Stael Metzger do original “Make your kisses unforgettable“, os autores Gary e Joy Lundberg dizem que se quisermos “que a mente de nosso cônjuge seja preenchida com pensamentos amorosos sobre nós durante todo o dia”,devemos “dar-lhe o tipo certo de beijos“.

E os autores alistam vários tipos de beijos, dizendo também que “Selinhos rápidos não são tão bons para mostrar o quanto você ama o seu par. Pelo menos alguns beijos durante o dia precisam ser do tipo demorado. E “beijo demorado” para os autores do artigo não podem durar menos que 10 segundos!

Beijar faz muito bem à saúde

Em outro bom artigo a respeito de beijos, intitulado “5 coisas surpreendentes que ninguém nunca lhe contou sobre o beijo”, de Évila Sant’Ana, aprendemos que beijar aumenta a nossa imunidade contra doenças, …”libera a produção de endorfina, o hormônio do prazer” e “reduz os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, proporcionando bem-estar.”

Advertisement

Neste mesmo artigo, a autora cita que “Um estudo realizado pelo Instituto Kinsey observou que quando os beijos são frequentes, tanto homens quanto mulheres sentem maior satisfação sexual e sentem-se mais felizes em seus relacionamentos.”

Mais benefícios dos beijos

Um estudo realizado nos anos 80 revelou que os homens que beijam suas esposas antes de ir ao trabalho vivem por mais tempo, têm menos acidentes de carro e recebem mais, ao contrário dos homens que não têm esse hábito.”É o que afirma Ruth Huppe, em “Os 6 benefícios de beijar quem você ama“, traduzido e adaptado para o português por Sarah Pierina, do originalLos 6 beneficios de besar a quien amas“.

Esta autora vai mais além, dizendo que beijar seu cônjuge de manhã também cria mais confiança no relacionamento, melhora a comunicação, faz com que aumente o amor pelo cônjuge, anima mais o dia e, se isso for feito na frente dos filhos, melhor ainda, pois “Os filhos aprendem a expressar amor ao ver seus pais fazendo isso”, ou seja, se beijando.

Uma síntese e um importante alerta

Vimos várias autoras, baseadas em estudos sérios, dizerem que o beijo é uma maravilha, tanto do ponto de vista de unir mais o par, como também para criar defesas imunológicas importantes, liberar hormônios benéficos para a saúde e felicidade e tudo o mais.

O alerta fica por conta do que é hoje conhecido como “beijo casual”, como os que acontecem durante o carnaval do Brasil, onde os homens e as mulheres saem beijando dezenas de desconhecidos, só pelo fato de beijar.

Não é sobre esse tipo de beijo que citamos acima, onde estamos falando de relacionamentos sérios, e onde haja confiança mútua e amor real, mesmo que seja pequeno, que pode até ir aumentando, justamente por causa dos “beijos demorados” citados no início.

Um dos perigos do “beijo casual” é ser contagiado com as Hepatites A e B, que embora não sejam o tipo de Hepatite mais agressiva, não deixam de ser doenças muito ruins para o fígado, conforme vemos neste site. Além da Hepatite, também o Herpes é de fácil contágio pelo beijo.

Sejamos sábios: beijemos muito, mas beijemos a pessoa que amamos e por quem tenhamos laços afetivos fortes e amor. Aí sim!

Para terminarmos este artigo a respeito de beijos, uma frase inspirada de nosso maior escritor, Machado de Assis: “A melhor definição de amor não vale um beijo de moça namorada.”

Toma un momento para compartir …

Luiz Higino Polito

Casado, pai de três filhos e avô de quatro netos, estudei oratória e didática. Gosto muito de escrever. Profissionalmente, sou músico e tenho um Sebo Virtual, onde vivo com minha esposa e cercado de livros!