Meu elefante comeu minha carteira

Dicas de como administrar o dinheiro e mudar a si mesmo para alcançar o sucesso com as finanças.


Don Milne

Você já ouviu o conselho: “O caminho para chegar à frente é viver além de seus meios, nunca poupar para o futuro, e tomar emprestado tudo o que puder sem pensar em como você pode pagá-lo?” Claro que não. No entanto, com qual frequência você gasta mais do que você ganha durante o mês? Quanto tempo faz que você depositou dinheiro em sua poupança? Você tem o hábito de comprar necessidades básicas, como mantimentos em um cartão de crédito e não pagá-lo imediatamente? Se você sabe o que é o melhor, você pode explicar o que é o mau costume? Antes de começar a culpar-se por um autocontrole sombrio, você precisa tomar conhecimento do elefante na sala.

Em seu livro, Switch,How To Change Things When Change Is Hard (Como mudar as coisas quando a mudança é difícil), Chip Heath e Dan Heath popularizaram uma analogia perspicaz para explicar por que podemos saber o que fazer, mas acabamos não fazendo isso. Eles apontam que nossas ações podem ser descritas como um cavaleiro em um elefante de seis toneladas. O piloto (o nosso lado racional) pode saber para onde ir e por que, mas a menos que ele ou ela possa controlar o elefante (o nosso lado emocional), quaisquer mudanças em longo prazo são quase impossíveis.

Isso explica muita coisa. Ir à academia no início do ano e o local estar lotado (graças ao piloto que vê a necessidade de entrar em forma). Volte algumas semanas depois e há um número bem menor de pessoas (graças ao elefante que prefere sentar no sofá assistindo um filme). A mesma coisa acontece quando o piloto decide fazer uma dieta. Depois de alguns dias de frutas e saladas, o elefante já teve o suficiente e foge para a linha de buffet. Não é diferente quando se trata de lidar com dinheiro. Matemática não é realmente uma coisa de elefante, ele não se importa se você gasta mais do que ganha. O elefante está em tudo agora, não no futuro, ele não vê valor na poupança. O que você acha que vai acontecer se você der um cartão de crédito a um elefante? Ele gastará!

Na linha de fundo – você nunca vai ser capaz de contar com a disciplina e autocontrole do seu elefante, mas isso não significa que você tem que deixar seu elefante controlar a sua vida. Só porque o seu elefante é um emocional, o que torna qualquer animal difícil de lidar, não é motivo para desistir. Qualquer pessoa que tenha ido ao circo viu que os elefantes podem ser treinados para fazer alguns truques grandes. Sua tarefa é treinar o seu elefante para aprender alguns truques importantes sobre dinheiro. Aqui estão 5 truques garantidos para ajudá-lo a lidar com o seu elefante.

Deposite direto o seu salário

Organizar com seu empregador para ter o seu salário depositado automaticamente em sua conta corrente evita que o seu elefante desconte o cheque e gaste. O depósito direto em sua conta é também mais barato, mais rápido e mais seguro.

Use envelopes para o elefante

Como mencionado antes, dê um cartão de crédito a um elefante e ele vai gastar. O dano à sua conta bancária pode ser assustador. Mantenha os gastos do elefante na linha usando um sistema de envelope de dinheiro para gastar em alimentação, vestuário, entretenimento, e dinheiro avulso. Cada dia de pagamento, o piloto vai decidir o quanto você vai gastar até o próximo dia de pagamento em cada uma dessas categorias, e leve para casa o dinheiro para cada envelope. Quando o dinheiro acabar, o elefante não poderá gastar mais.

Use o pagamento automático para contas e poupança para aposentadoria

Elefantes odeiam pagar as contas (tente você manter uma caneta e um talão de cheques em um tronco de oito metros de comprimento) e isto simplesmente não é confiável que um elefante esquecerá. Esquecer-se de pagar as contas em dia pode resultar em caras multas desnecessárias. Com um pouco de tempo no telefone ou on-line, o piloto pode configurar pagamentos automáticos mensais. É especialmente importante para fazer contribuições regulares para sua conta de aposentadoria, se você não fizer isso, seu elefante vai comer sua carteira.

Advertisement

Faça pagamentos mínimos em todos, exceto em suas dívidas menores e use uma pá grande para pagar extra naquela dívida menor

Esta é uma peça favorita do conselho da conhecida especialista em finanças pessoais Dave Ramsey. Seu piloto pode querer se concentrar em dívida de juros altos, mas lembre-se, os elefantes não são bons em matemática. Começando com suas dívidas menores significa que elas serão pagas mais rápido e, vendo suas dívidas eliminadas uma após a outra, seu elefante vai fazer a dança feliz (para assistir os seus dedos).

Foque em uma meta financeira em uma hora

Elefantes são bons em truques, mas malabarismo não é um deles. O que você acha que aconteceria se você dissesse para o seu elefante, “Ok, este mês nós estamos indo economizar para um fundo de emergência, fazer pagamentos extras na hipoteca, economizar um pouco para a faculdade do Dumbo, pagar o cartão de crédito, e economizar para a aposentadoria?” Seu elefante ficará confuso. Se você pode se concentrar em um deles de cada vez, você pode obter uma grande quantidade de energia a partir de um paquiderme de seis toneladas. Concentre-se em seu elefante.

Você consegue ver como funciona? Não faça coisas que vão perturbar o seu elefante. Em vez disso, motive e controle o seu elefante para que você possa mudar o seu comportamento. Lembre-se, não é o que você sabe, é como você se comporta. Pare de ignorar o elefante na sala e tenha-o sob controle. Você ficará surpreso com o que você pode fazer.

O que funciona para obter o seu elefante na linha?

Traduzido e adaptado por

em,Jaguaraci N. Santos

do original  My elephant ate my wallet , de  Don Milne.

Toma un momento para compartir …

Don Milne

Don Milne is the Zions Bank Financial Literacy Manager.