Lições que aprendi com um menino cego

5 dicas para ensinar os filhos a superar as limitações e os desafios da vida.


Marilia de Andrade Conde Aguilar

Quando vi o vídeo do pequeno Miguel pela primeira vez, confesso que meu coração ficou apertado e a vontade que tive foi de pegar aquela criança no colo e fazer por ele o que precisasse ser feito.

A cada desafio que ele enfrentava no curto caminho até a casa de sua avó, me segurei na cadeira e até cheguei a sentir uma pontada de raiva daquela mãe.

No final do vídeo, depois de ir e voltar trazendo o que a mãe pediu, consegui enxergar o propósito de tudo aquilo e pude aprender lições grandiosas com aquele pequeno menino cego:

1. Evitar a superproteção

Precisamos parar de fazer por nossos filhos o que eles são capazes de fazer por si próprios! Amor de mãe é uma coisa imensa e inexplicável… Mas não podemos deixar que esse amor se transforme em uma proteção exagerada, porque isso limita o desenvolvimento deles.

2. Enfrentar desafios

Nossos filhos enfrentarão desafios durante toda a vida e, nem sempre, estaremos ao lado deles para ajudá-los. Por isso, precisamos ensiná-los a encarar os desafios com coragem – lembrando sempre que coragem não significa “não ter medo”, mas fazer o que precisa ser feito, mesmo sentindo medo.

Leia: 21 coisas que todos os pais deveriam ensinar aos filhos

3. Criar oportunidades de ajudar

As crianças e jovens precisam aprender a importância do trabalho. E a melhor forma de ensiná-los isso é criando oportunidades para que eles possam ajudar em casa.

Advertisement

Independente de possuir alguma deficiência ou não, todo filho precisa compreender que faz parte de uma família, que é importante e que pode ajudar!

Mesmo as crianças bem pequenas têm condições de ajudar em tarefas simples, como guardar os brinquedos ou arrumar a cama.

4. Acompanhar

Tenho certeza que aquela não foi a primeira vez que o Miguel foi andando para a casa de sua avó. A mãe deve ter ido várias vezes com ele antes de pedir que fosse sozinho.

E, mesmo andando sozinho, ela foi acompanhando de longe durante todo o percurso.

Antes de pedir que nossos filhos façam alguma tarefa, precisamos ter certeza de que eles sabem o que fazer e como fazer.

Nas primeiras vezes será necessário fazer junto com eles, explicar, fazer de novo. Então, deixar que façam sozinhos.

Leia: Como ensinar valores aos filhos

5. Incentivar

Acho lindo quando a mãe diz para o Miguel: “Você é um guerreiro!”

Precisamos sempre incentivar e elogiar nossos filhos.

Muitos jovens não gostam de Matemática. Mas aprendi com um professor que na verdade não é da matéria que eles não gostam – é da sensação de fracasso de tentar e não conseguir resolver um exercício. Por isso muitos desistem da matéria.

Advertisement

Precisamos ensinar nossos filhos que o sucesso só vem depois de muitas tentativas fracassadas e que a maior parte do aprendizado está justamente em tentar e tentar outra vez.

Elogiar as conquistas de nossos filhos é muito importante. Mas eles também (e principalmente!) precisam ser elogiados pelos esforços que estão fazendo.

O pequeno Miguel é um exemplo lindo de superação a ser seguido!

Acredito que cada criança que vem ao mundo é um filho de Deus cheio de dons e talentos.

Nossa tarefa como pais é orientá-los nessa jornada da vida e, principalmente, ajudá-los a despertar e desenvolver essas qualidades para uma vida plena e feliz.

Leia: 4 dicas para ensinar ética aos filhos

Toma un momento para compartir …

Marilia de Andrade Conde Aguilar

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.