Jamais fale estas 10 coisas para as grávidas

Ao ler este artigo envie para amigas, familiares, as grávidas que você mais ama.


Shana Padilha

A gestação é um momento mágico na vida das mulheres. É um momento em que a gestante busca muita informação referente ao que acontece com o seu corpo, cuidados com o bebê, decoração, idas ao médico com frequência para acompanhar o desenvolvimento e muito mais. Existem variados grupos de gestantes, algumas mulheres são bem ágeis, trabalham até o momento do parto, realizam atividade física e se alimentam muito bem. Já outras sentem enjoos, têm uma gestação de risco, limitam suas atividades, etc.

Leia: Gestação: Como nutrir seu bebê para que ele atinja o potencial máximo de desenvolvimento

Nada disso define quem será a melhor mãe, mas desperta nas pessoas ao redor a comparação. E essas comparações rendem assunto. Na maioria das vezes conselhos não solicitados, perguntas constrangedoras e comentários desnecessários. Exemplos:

1. Gravidez não é doença

Cada mulher sabe seu limite e isso deve ser respeitado. Cada uma sabe o quanto a gestação reflete em seu dia a dia. Muitos movimentos ficam limitados devido ao tamanho da barriga. E há mulheres que, por terem uma gestação de risco, devem ter cuidados como se estivessem doentes, sim.

2. Comparar uma gestante com a outra

Muitas vezes, com o desejo de ajudar uma gestante, temos a tendência de a compararmos com outras gestantes, e isso é péssimo, pois cada mulher tem uma gestação diferente.

3. Você tem que se arrumar

A maioria das mulheres gosta de se arrumar, mas nesse período são tantas despesas, a barriga cresce de uma semana para outra e tudo tão rápido que para algumas mulheres a moda fica em último plano.

4. Espero que venha..

Se a mulher tem um menino, as pessoas falam “tomara que venha uma menina” e vice-versa. Toda mulher sabe que o sexo do bebê não é algo escolhido ou encomendado.

Advertisement

5. Quantos quilos você engordou?

Em nenhum momento deve se perguntar isso para uma mulher, principalmente durante a gestação.

Leia: O que é diabetes gestacional?

6. Espero que esse seja a sua cara, pois a mãe carrega e sai a cara do pai

Olha, não há nenhum problema a criança vir com a cara do pai.

7. E agora chega de filho, né?

Essa é uma decisão familiar que deve ser tomada somente pela mulher e o marido. Não diz respeito a terceiros.

8. Não vá colocando no seu quarto

Alguns casais optam por colocar um carrinho ou o berço no quarto do casal para facilitar os cuidados noturnos com a criança. Essa também é uma decisão do casal.

9. Aproveite para dormir agora

Nem todos os bebês trocam à noite pelo dia. Não há necessidade de preocupar logo a futura mamãe. E mesmo que as primeiras noites sejam maldormidas, não serão assim para sempre.

10. Vai ser parto normal ou cesariana?

Parece ser uma pergunta simples, sim é. O problema é que muitas pessoas, ao receberem a resposta, vão logo opinando sobre qual tipo de parto é o melhor, o ideal. O melhor é o que for melhor para o bebê e para a mãe.

Leia também: Primeira gravidez X Última gravidez

Toma un momento para compartir …

Shana Padilha

Cursando Licenciatura em Pedagogia. “A mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu tamanho original. ” (Albert Einstein)