Fosfoetanolamina: O que é isso? Seria a cura para o câncer?

A cápsula azul e branca tem recebido grande destaque na mídia. Mas, afinal o que é isso? O que é a Fosfoetanolamina e o que ela faz no organismo?

Stael Ferreira Pedrosa

A Fosfoetanolamina tem estado presente nos noticiários de TV, rádio e internet. Tem sido comentada e divulgada em mídias sociais e parece que todo mundo tem algo a dizer sobre ela. Mas, afinal, quem é essa ilustre desconhecida de nome comprido e complicado?

A substância na verdade é um aminoácido(molécula que compõe uma proteína). Estudos indicam que ela reativa a morte celular programada, estimulado o sistema de defesa do organismo contra células de tumores malignos.

Existem de dois tipos:

Biológica e sintética. A biológica é encontrada em células do corpo e no leite materno.

Segundo o site jusBrasil “A FOSFOETANOLAMINA é uma substância produzida pelo corpo humano e pode ter como função combater tumores, impedindo-os não só de crescer como levando as células cancerosas à morte no processo chamado morte celular programada.

Advertisement

A Fosfo sintética “é uma substância idêntica à produzida pelo nosso organismo, só que em um alto nível de pureza e em grandes concentrações”, garante o pesquisador Gilberto Orivaldo Chierice, da Universidade de São Paulo (USP).

Leia: 10 sintomas de câncer que você desconhece

Por que tanta discussão em torno dessa substância?

Segundo nota da USP, “A substância fosfoetanolamina foi estudada de forma independente pelo Prof. Dr. Gilberto Orivaldo Chierice, outrora ligado ao Grupo de Química Analítica e Tecnologia de Polímeros e já aposentado. Esses estudos independentes envolveram a metodologia de síntese da substância e contaram com a participação de outras pessoas, inclusive pessoas que não têm vínculo com a Universidade de São Paulo.”

A universidade continua a nota dizendo que algumas pessoas não ligadas à USP tiveram acesso à substancia e a experimentaram em pessoas com câncer. Por ser ilegal distribuir medicamentos sem autorização do órgão responsável, ou mesmo testar em pessoas e ou animais, a Universidade se isenta de tal distribuição.

A discussão se acirrou quando o catarinense Carlos Kennedy Witthoeft, químico prático, foi preso por distribuir a Fosfoetanolamina de graça para doentes de câncer em sua localidade que o procuraram ao ver a cura da mãe dele. Segundo Carlos, a mãe que estava em estado terminal de câncer de útero, foi curada em menos de vinte dias com o uso do medicamento.

Advertisement

Leia: Isso que você faz todos os dias pode causar câncer

A Fosfoetanolamina cura o câncer ou não?

Segundo os pesquisadores o medicamento em si não cura o câncer, o que ele faz é deixar as células cancerosas mais “visíveis” ao sistema imunológico, dando maiores chances do organismo combater a doença.

Apesar das muitas controvérsias entre médicos, químicos, advogados e pacientes, há indícios suficientes de que a Fosfoetanolamina tem apresentado resultados positivos no combate e até cura do câncer. Tanto que pacientes com câncer brigam na Justiça para que a Universidade de São Paulo (USP) forneça as cápsulas do medicamento.

Segundo os doentes, familiares e advogados, a substância “tem alcançado resultados satisfatórios inclusive com relatos de cura”, o problema é que não possui registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e por isso só é possível obter o medicamento por ordem judicial.

Situação atual e discussões

Em novembro, o ministro da Ciência, Celso Pansera, informou que a primeira fase de testes deverá ser concluída em 6 ou 7 meses. O mesmo ministério anunciou os planos do governo de usar a substância no tratamento do câncer tão logo seja sua efetividade comprovada, o que a população poderá acompanhar através de um site que será criado com essa finalidade.

Advertisement

Segundo o Ministério da Saúde não é recomendado que as pessoas usem a substância como tratamento contra o câncer antes da conclusão das pesquisas em torno dela.

Leia: 10 sintomas de câncer que a maioria das pessoas ignora

Toma un momento para compartir ...

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.