Estudo revela que mães que ficam em casa são mais felizes

Saiba quais são as top 5 ocupações em que as pessoas são mais felizes.


Rachel De Castro

Cuidar da casa não é nada fácil. Todos sabem que quem fica em casa cuidando dos filhos, seja o pai ou a mãe, deve cumprir muitas funções, sem férias e sem descanso. Mesmo sendo um trabalho bastante pesado, esta pesquisa revelou que mães que ficam em casa se sentem mais felizes dos que as que trabalham fora.

O Daily Mail informou que apenas um em sete pais que ficam em casa se sentem infelizes com suas funções. Esse número é bem mais alto entre servidores públicos e vendedores.

A pesquisa foi feita com mais de 3.000 pessoas nos Estados Unidos pela empresa de seguros LV=. Os participantes tiveram que responder algumas perguntas e indicar o seu nível de felicidade.

Segundo a pesquisa, estas são as posições em que os participantes indicaram ser mais felizes:

  1. Donas de casa (87.2% no nível de felicidade)

  2. Gerente de eventos (86.3% no nível de felicidade)

  3. Arte criativa e design (84.4% no nível de felicidade)

    Advertisement
  4. Setor de caridade (83.9% no nível de felicidade)

  5. Esporte, lazer e turismo (83.7% no nível de felicidade)

Estas foram as posições em que os participantes indicaram ser mais infelizes:

  1. Lojistas (70.8% no nível de felicidade)

  2. Servidores públicos (70% no nível de felicidade)

  3. Vendedores (67.4% no nível de felicidade)

  4. Policiais e seguranças (59.4% no nível de felicidade)

  5. Publicitários e relações públicas (53.8% no nível de felicidade)

O estudo diz que mães que ficam em casa são mais felizes do que qualquer outra ocupação, mas elas trabalham o dobro de horas do que a maioria das pessoas pensam.

Lauras Perrins, editora do Conservative Women, disse: “Essa pesquisa apenas confirma o quão satisfatório é a vocação de criar as crianças em casa, e todo trabalho que vem com isso. Mães que fazem isso sabem que criar um filho é um trabalho de responsabilidade extrema.”

Advertisement

Muitas mães que trabalham fora gostariam de deixar seus empregos para cuidar dos filhos em casa, apesar de muitas vezes não poderem.

Uma mãe que fica em casa tem um trabalho bastante pesado, mas elas se sentem realizadas e mais felizes pelo motivo de estarem trabalhando e dedicando seu tempo às pessoas que elas mais amam: seus filhos e marido, e é exatamente isso que as fazem felizes.

Querer ficar em casa cuidando dos filhos ou trabalhar fora deve ser uma escolha pessoal e de acordo com a necessidade da família. Por isso nenhuma mulher deve se sentir pressionada a fazer o que não lhe faz feliz.

Toma un momento para compartir …

Rachel De Castro

Rachel De Castro é esposa e escritora com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas.