Este é o tempo de duração da menopausa e de seus sintomas, por sinal, nada agradáveis

A menopausa não se resume apenas em ondas de calor e mau humor, há muito mais que você deve saber.

Emma E. Sánchez

Quando fiz 40 anos, senti-me estupenda, e os seis anos seguintes foram realmente produtivos, gloriosos e radiantes. Mas, aos 47, as coisas começaram a mudar um pouco. Achei que o meu ritmo de vida e o meu descuido com a alimentação era o que estava causando um cansaço frequente que beirava a exaustão. E também, do nada, comecei a ganhar peso gradualmente. 

No ano passado, fui ao ginecologista para fazer os exames de rotina, e após me examinar, ele solicitou alguns exames laboratoriais, como: 

  • Densitometria óssea 
  • Perfil hormonal 
  • Ultrassonografia pélvica e mamária 
  • E exames gerais de sangue 

Assim que retornei ao consultório com os resultados de todos os exames, ele me disse, primeiramente, que eu precisava de cálcio, pois estava à beira de uma descalcificação. Que susto! Em seguida, algumas pequenas calcificações mamárias que poderiam ser resolvidas no consultório, níveis de ferro um pouco baixos e, a grande surpresa: eu estava entrando na menopausa. Essa foi a grande novidade! 

Cerca de dois anos antes, o mesmo médico havia me dito que achava que, devido ao meu histórico e aparência, a menopausa levaria mais uns 10 anos para chegar. Que nada! Ela já estava à porta. 

Menopausa é o nome que se dá à última menstruação. Sabe-se que ela chegou quando a mulher não menstrua há, pelo menos, 12 meses consecutivos. É por volta dos 50 anos, em média, que isso acontece, obviamente, tirando os casos excepcionais. 

A questão é que, junto com a menopausa, surgem vários sintomas e não apenas as famosas ondas de calor ou mudanças de humor. 

Advertisement

Hogar y natura menciona esses “outros sintomas” que, se você observar bem, poderá perceber em seu corpo sem confundi-los com qualquer outra coisa que não seja a menopausa, como foi o meu caso. 

Quando os ovários param de produzir estrogênio, várias funções de nosso organismo sofrem alterações como, por exemplo, no coração, ossos, seios, útero, trato urinário, pele e cérebro – tamanha mudança que estamos experimentando. 

Os “outros sintomas” 

  • Batimentos cardíacos irregulares 
  • Problemas Digestivos 
  • Um pouco de dor ao urinar 
  • Secura na pele, boca e olhos 
  • Coceira 
  • Suor noturno 
  • Calafrios  
  • Dores nas mamas  
  • Perda da libido 
  • Secura vaginal 

Além disso, várias outras mulheres podem sentir dores musculares e articulares, dificuldade de concentração ou de se lembrar das coisas, perda maior de cabelo ou perda de peso. 

É também importante salientar que a duração dos sintomas da menopausa pode variar consideravelmente de uma mulher para outra. Assim como, para algumas, a menstruação para de vir e, em um ano, tudo acaba e elas ficam bem e felizes; para outras o processo pode levar até 10 anos, com menstruações irregulares e mal-estar. 

Cada uma de nós é diferente, precisamos ter muita paciência. 

Advertisement

O que fazer para tornar esse período mais suportável? 

O que nós já sabemos: cuidar da dieta, fazer exercícios e, acima de tudo, desenvolver alguma atividade emocionante para distraí-la e mantê-la ocupada. Lembre-se que sua atitude faz a diferença nesse processo, assim como em tudo o que vale a pena na vida. 

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger do original  Este es el tiempo que dura la menopausia y sus síntomas por cierto, nada agradables

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.