Encha seu filho de confiança para enfrentar as avaliações escolares

Mostre ao seu filho seus próprios processos, seus erros e acertos, ele aprenderá com você as melhores lições de vida.

Emma E. Sánchez

O processo de avaliação é uma etapa quase inevitável na grande maioria dos modelos e sistemas educacionais do mundo.

Por mais que muitos pedagogos, psicólogos, professores e pais discutam o que é relevante, necessário ou não, e até as melhores maneiras de se chegar ao processo de avaliação, todos nós só conseguimos concordar em duas coisas:

1. Os alunos precisam ser avaliados para se reconhecer seu progresso e conhecimento.

2. Os alunos podem sentir muita ansiedade ou estresse durante o processo de avaliação, especialmente se envolver exames escritos ou apresentações abertas.

A partir desse conhecimento, há pais que simplesmente colocam seus filhos em instituições de ensino onde o processo de avaliação é planejado de tal forma que a criança não sofra com esses tipos de preocupação.

Normalmente, estamos falando de educação privada e quase sempre personalizada, geralmente resultando em custos significativos; este é o pró. O contra é que as instituições superiores, as empresas e a vida em geral nem sempre são tão condescendentes, e aquilo com que as crianças não aprenderam a lidar na infância acaba cobrando seu preço na vida adulta.

Do outro lado está a grande maioria dos pais que têm seus filhos em sistemas regulares de ensino onde eles devem fazer exames para serem avaliados.

Vale ressaltar que em ambos os grupos, principalmente no segundo, as crianças irão sentir angústia, ansiedade e estresse em algum momento de sua escolaridade e educação. Por isso é aconselhável ajudar seus filhos a se sentirem melhor antes de um exame, controlar suas emoções, recuperar-se diante do fracasso, aprender com os erros e saber que o seu valor não é definido por um número escrito no papel.

Advertisement

Recomendações para trabalhar com seus filhos ANTES do período de avaliação:

Estudar, não apenas fazer o dever de casa

O aprendizado é um processo obtido quando somos constantes, quando vamos caminhando e processando as informações. Desenvolvemos habilidades praticando, revisando algo continuamente, quando aplicamos o que aprendemos no dia a dia ou o explicamos a outra pessoa.

Portanto, reserve um tempo para seu filho fazer a lição de casa do dia e outro tempo para revisar, explicar ou praticar o que ele está aprendendo.

Brincar e dormir o suficiente

Para aprender, as crianças precisam se alimentar de maneira saudável, ter uma família que as ame, brincar para se socializar e depois dormir para que suas mentes e músculos se desenvolvam e assimilem o que fizeram durante o dia.

Nunca encha as crianças de atividades acadêmicas, isso só traz saturação e exaustão.

Estar com as tarefas e os trabalhos em dia

A organização externa sempre produz ordem interior. Se seu filho não tiver suas anotações em ordem, um lugar para se sentar para trabalhar ou seus livros completos, dificilmente conseguirá se concentrar e estudar.

Advertisement

Não deixem para estudar para a prova no último dia ou na noite anterior, assim não vai funcionar.

Manter uma atitude positiva, um campeão e uma meta

Em um calendário próximo ao local em que ele estuda, marque as datas dos exames, coloque “carinhas felizes” em cada dia que passar ou em que ele tiver entregue tarefas e trabalhos. Isso faz com que as crianças se sintam confiantes para fazer o exame, pois estão preparadas.

Uma carimbada ou um “certinho” quando a criança já conhece ou domina um assunto faz com que ela se sinta confiante, e não insegura.

Ajude-o contando histórias ou experiências de um membro da família que se esforçou e atingiu seu objetivo. Esse tipo de história inspira as crianças e mostram a elas que depois das adversidades elas podem seguir em frente, vencer com humildade e aceitar com coragem quando perdem.

O coração e a mente de uma criança são um terreno fértil para semear os grandes objetivos da vida, valores e atitudes que podem fazer a diferença na sua vida. Não perca a oportunidade de semear as melhores sementes no seu filho para que ele possa ter uma grande colheita no futuro.

Advertisement

Para trabalhar no dia do exame ou avaliação:

Tomar café da manhã ou uma bebida leve

Este é um bom hábito que evitará que o estresse afete o estômago e o cérebro. Lembre-se de que eles estarão envolvidos em um esforço enorme.

Ouvir músicas que levantem seu ânimo

A música tem grande poder sobre nosso humor e o nível de energia que atingimos. No caminho para a escola, coloque uma música alegre e animada, cantem juntos e divirtam-se. Seu filho chegará à sala de aula com uma dose de felicidade que fará toda a diferença na hora da prova.

Evite saturá-lo com recomendações que apenas incutem medo ou rejeição de algo que parece tão complicado e difícil.

Acredite que você é um “o dono da situação”

Seu filho não deve apenas achar, mas realmente sentir-se seguro e calmo, além de saber que é amado. Tudo isso é algo que se projeta e se transmite.

Advertisement

Ensine-o a sentar-se ereto, andar ereto, com a cabeça erguida e sorrir.

Pode acreditar, isso promove uma transformação de fora para dentro, fechando o circuito do sucesso.

Levar uma prenda ou um objeto de confiança ou de boa sorte

Isso dá às crianças tímidas muita segurança. Você não perde nada tentando. Um pequeno broche, um bicho de pelúcia, um pingente ou até mesmo um lápis especial podem funcionar.

Para trabalhar após da prova:

Fazer sua lista de realizações

Podem ser fotos, memórias ou um mural onde o seu filho pode expor tudo o que conquistou com esforço, o que lhe permitirá recordar que é capaz de realizar o que se propõe a fazer. Complete o gráfico com uma citação motivacional, uma declaração poderosa e, sempre, com seu nome em letras grandes e bonitas.

Elogios sinceros

Poucas coisas são tão poderosas quanto um elogio sincero na hora certa. Não se trata de encher seu filho de elogios que o façam perder a perspectiva e ficar com visão turva, acreditando que é merecedor de tudo. Não, trata-se de reconhecer tudo de bom que ele é e o que faz, reconhecer seus esforços e sua capacidade de realizar aquilo a que se propôs.

Advertisement

Aprender com os erros

Quer tenha obtido a nota máxima ou reprovado no exame, é sempre bom rever o teste para desfrutar e manter sempre uma atitude positiva perante o erro como uma forma a mais de compreensão e aprendizado.

Quando isso for feito, seu vocabulário e atitude deixarão uma marca indelével em sua mente, portanto, nada de provocações nem comentários negativos ou sarcásticos.

Escalar a montanha um passo de cada vez

Mostre a seu filho seus próprios processos, seus erros e acertos, e ele aprenderá com você as melhores lições de vida.

Tenho certeza de que você será o melhor exemplo e a melhor professora.

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original Llena a tu hijo de confianza para enfrentar las evaluaciones escolares

Advertisement
Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.