Economize dinheiro até quando for lavar a roupa

Para uma economia real, nada melhor que observar todos os locais onde ela possa ser realizada.


Michele Coronetti

A economia doméstica não requer graduação, mas bom senso. É possível poupar nas atividades do lar e fazer o dinheiro render ou acabar com o orçamento antes do prazo, faltando recursos nas outras áreas.

Entre as muitas tarefas domésticas, a de lavar roupa é uma delas que pode gerar gastos invisíveis e que se pronunciam nas diversas contas de água e luz, além de prejudicarem o planeta.

Algumas dicas simples que podem salvar um troquinho para o passeio do final de semana e que podem causar a sensação de estar ajudando a não desequilibrar ainda mais o meio ambiente:

  • Para os que têm máquina de lavar com aquecimento, a conta de luz ganha um sobressalto. Na maioria das vezes desnecessária. A lavagem quente também pode encolher as roupas. Observar a sujidade para ver se realmente é necessário uma lavagem aquecida reduz custos de forma ampla. O aquecimento consome 80 a 85% da energia necessária para a lavadora. Sendo assim, ciclos com lavagem a frio ou com aquecimento menor economizam e preservam as roupas.

  • Ao comprar ou trocar a lavadora, o ideal é que a escolha seja por uma que acompanhe a etiqueta de consumo de energia na letra A, ou seja, mais eficiente no consumo. A mudança pode ser muito grande na conta de luz quando a antiga lavadora de letra G é trocada pela mais moderna. É possível economizar 25% em cada lavagem ao escolher a letra A.

  • Ainda na compra da lavadora, é importante analisar qual o tamanho ideal de acordo com a necessidade da família. Sempre que for lavar as roupas o ideal é que o tambor esteja com a sua carga máxima. Então, se a família for pequena e a máquina escolhida for uma grande, a roupa terá que aguardar muito tempo até ser lavada e isso pode causar transtornos. Ou se não for possível esperar, as lavagens causarão gastos desnecessários nas contas de água e luz. Sem falar na água que será gasta sem necessidade e que fará falta ao planeta.

  • Lavar a roupa com sabedoria também gera economia. Não misturar as cores escuras com as claras, utilizar a quantidade de sabão e amaciante recomendada, não colocar roupas demais, pois acarreta uma lavagem deficiente que necessitará de repetição, utilizar a lavagem correta para cada tipo de roupa (pesado sujo, roupas leves, entre outros) e colocar para secar logo após a lavagem são dicas preciosas que acompanham gerações.

    Advertisement
  • A modernidade também ajuda. A ecobola, equipamento que não utiliza sabão, amaciante ou alvejante e vai direto na máquina de lavar, existe para diminuir o impacto destes produtos químicos ao meio ambiente. Ela é simples e a economia adquirida evitando a compra dos produtos de limpeza pagam seus custos. Além de permitirem que a máquina de lavar não sofra com as agressões químicas, evitando visitas técnicas constantes e prolongando seu tempo de uso.

  • Centrifugar as roupas também economiza. A roupa sai quase seca depois de uma boa centrifugação evitando a necessidade de utilizar a secadora. Estender as roupas quase secas contribuirão para a economia de energia elétrica.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.