É isso que você deve fazer se alguém estiver tendo um ataque cardíaco

É importante aprender a socorrer uma vítima de ataque cardíaco. Às vezes, pode-se salvar um estranho, mas também, pode salvar a vida das pessoas que nós amamos.


Roberta Preto

De acordo com o site UNASUS, cerca de 70 mil pessoas morrem por ano de ataque cardíaco. Geralmente, o infarto ocorre por falta de cuidado com a saúde ou estresse.

O que nos leva a destruir nossa própria saúde? Não seria o cigarro? A raiva? O acúmulo de mágoas? A intolerância? Alimentação incorreta? Obesidade? Orgulho? Sim, todas essas coisas nos afetam, entretanto, tendemos a ignorá-las, acreditando que apenas os remédios serão suficientes para nos curarmos.

A gratidão pela vida é a estrada para se ter alegria e o cuidado com a saúde emocional, mental e espiritual é a estrada para se tornar saudável fisicamente. Um coração feliz é um coração saudável!

A vida é composta de diversos desafios, a escolha de como iremos encará-los fará com que eles nos fortaleçam ou enfraqueçam. Entretanto, quando não encaramos bem as coisas, isso não se reflete apenas em nosso humor, mas também em nossa saúde.

É preciso cautela e muito cuidado quando a saúde está em jogo, mas nem deveríamos permitir que ela entrasse nesse “jogo”, porque saúde está entre os bens mais preciosos concedidos pelo Pai Celestial, mas que, infelizmente, poucos valorizam.

Quando o infarto acontece? O infarto ocorre quando o suprimento sanguíneo do músculo cardíaco é cortado ou diminuído radicalmente. Isso ocorre quando uma artéria coronária está contraída ou entupida. Infelizmente, pode levar a alguns tipos de mortes que são: morte súbita ou morte tardia. Também pode levar a uma insuficiência cardíaca com consequências gravíssimas, como a pessoa tornar-se limitada de atividades físicas até que se recupere completamente.

Segundo o site Tua Saúde, existem alguns passos importantes que podemos fazer caso alguém tenha um ataque cardíaco na nossa frente. São eles:

Advertisement

1. Ligue para emergência 192 ou 193

O primeiro passo é verificar se a pessoa carece de atendimento médico. Caso ela esteja desmaiada, o mais aconselhável a fazer é buscar ajuda, resgate, ambulância.

2. Respiração Ofegante

Se a pessoa estiver com respiração ofegante, o melhor a ser feito é tentar dialogar com essa pessoa, assim é possível verificar suas condições de responder a quaisquer estímulos externos como: palavras, cheiro, sons, toques…

3. Massagem cardíaca

É importante se atentar ao local, se é possível e adequado para fazer os primeiros socorros. Depois deite a pessoa numa superfície firme e dura, posicionando a cabeça dela um pouco para trás, e não se esqueça de deixar o queixo mais levantado, ou seja, o queixo voltado mais para cima, assim a vítima pode respirar com mais facilidade.

O segundo passo é apoiar as mãos bem abertas uma sobre a outra na altura dos seios, apoiando o punho sobre o osso externo da vítima e sobre ela com os braços esticados. Deve-se empurrar as mãos com muita força, usando todo o peso do próprio corpo, empurrando na contagem de 2, 3 ou mais empurrões por segundo. Deve-se permanecer fazendo a massagem até a chegada da ambulância ou até que o coração da pessoa volte a bater.

Se houver um desfibrilador, esse aparelho indica como você deve agir e a frequência da massagem cardíaca. Você deve friccionar a região do coração constantemente e com bastante força. O peso do seu corpo pode contribuir para que a massagem seja mais forte e profunda.

Toma un momento para compartir …

Roberta Preto

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.