Dormir DEMAIS pode causar riscos à saúde

Quantas horas de sono você normalmente tem por noite? Dormir pouco ou demais pode prejudicar sua qualidade de vida.


Renata Finholdt

Fumo, bebidas alcóolicas, drogas, sedentarismo, má alimentação, poucas horas de sono e dormir demais, o que essas coisas têm em comum?

Todas elas, sem exceção, causam danos a nossa saúde e podem levar a uma morte precoce, dormir demais inclusive.

Segundo uma pesquisa recente da Universidade de Sidney, na Austrália, pessoas que dormem demais e fazem poucos exercícios físicos durante o dia, ou seja, são sedentárias, têm um risco aumentado de morte precoce.

Nosso corpo precisa de algumas horas de descanso para se recompor, boas horas de sono melhoram nosso sistema imunológico, retarda o envelhecimento, ajuda a prevenir doenças e colabora para o tratamento de algumas doenças, porém, existe um limite de horas de descanso, o que exceder a elas já é considerado danoso ao nosso organismo.

A pesquisa curiosamente aponta que pessoas que têm o hábito de dormir mais do que o necessário, têm uma expectativa de vida menor, justamente como aquelas que fumam ou consomem bebidas alcóolicas.

Duzentas e trinta mil pessoas foram estudadas durante todo o período da pesquisa, que durou seis anos, todas estas pessoas com idade acima de quarenta e cinco anos e com algum mau hábito: fumo, álcool, sedentarismo, poucas horas de sono por dia ou muitas horas de sono ao dia. Trinta por cento das pessoas estudadas apontaram ter mais do que dois destes hábitos ruins.

Ao término da pesquisa, dezesseis mil pessoas estudadas haviam falecido.

Advertisement

Você deve estar se perguntando então qual o número de horas ideais de sono por dia.

Os cientistas apontaram a quantidade de horas de sono diária que já pode ser considerada dano a nossa saúde. Acima de nove horas de sono diário, somado a pouca prática de exercícios físicos (menos de cento e cinquenta minutos semanais) já pode elevar o risco de morte precoce em um ponto seis vezes mais.

Nossa expectativa de vida é resultado de todos os hábitos que cultivamos, sejam eles bons ou ruins. Uma boa qualidade de sono pode ser alcançada com um período de seis a oito horas por noite, juntamente a isto, a prática diária de algum tipo de exercício físico, uma alimentação rica em frutas, proteínas, legumes e verduras, o consumo adequado de água, exposição adequada ao sol, diversão e aprendizado podem promover uma vida longa e feliz. Tudo depende de nossas escolhas.

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.