Dor de cabeça: Um sintoma infantil que não deve ser ignorado

Criança tem dores de cabeça também. E elas podem ser evitadas ou tratadas de formas simples.


Michele Coronetti

Ninguém gosta de ter que enfrentar uma dor de cabeça. E parece que está mais comum a cada dia que passa. E quando são as crianças que sentem este desconforto, o coração dos pais fica apertado.

O estilo de vida atual contribui e muito para que nossas crianças sofram dores de cabeça mais facilmente. Veja alguns desencadeadores:

  • Sono. As crianças precisam dormir de 10 a 12 horas por dia, de preferência deitando cedo e acordando cedo.

  • Alimentação inadequada. Refrigerantes em excesso, café, chocolates, condimentos, falta de frutas e verduras nas refeições.

  • Pular refeições também entra na lista.

  • Desidratação. Beber pouco líquido, especialmente em dias quentes e depois de atividades físicas intensas.

  • Estresse. Criança também se preocupa com provas, com os problemas em casa ou com suas próprias frustrações.

    Advertisement
  • Excesso de TV ou dispositivo eletrônico. Jogar videogame, ou computador, celular ou mesmo assistir à TV.

  • Som muito alto. Seja em festas ou em casa.

  • Sol forte ou calor intenso. Ainda mais se acompanhado de uma atividade ao ar livre.

  • Odores fortes como produtos de limpeza ou cigarro.

  • Problemas de visão. Dificuldades para enxergar longe ou dores após leituras.

  • Ranger dentes. O bruxismo e outros problemas mandibulares também são vilões. Especialmente nas dores de cabeça pela manhã.

  • Histórico familiar.

  • Alterações hormonais.

  • Efeitos de medicamentos.

Algumas atitudes podem ajudar a melhorar o mal-estar:

Advertisement
  • Oferecer água ou chás.

  • Permitir um descanso em local ventilado e com pouca luz.

  • Colocar um pano dobrado úmido na testa ou sobre os olhos.

  • Tomar um banho.

  • Medicar conforme instruções do pediatra.

Dores de cabeça em crianças não devem ultrapassar mais de 3 episódios semanais. Dores muito fortes também merecem atenção e em ambos os casos um especialista deve ser consultado.

Leia: Enxaqueca, dor de cabeça: qual a diferença?

A fim de evitar episódios dolorosos, algumas atitudes podem ser tomadas:

  • Permitir apenas 2 horas de TV ou de outros dispositivos eletrônicos por dia.

  • Incentivar que a criança durma cedo e durante o tempo adequado para sua idade.

  • Manter os horários das refeições.

  • Buscar alimentação equilibrada e evitar alimentos e bebidas prejudiciais.

  • Beber água adequadamente.

  • Evitar situações onde já se tem o conhecimento de que desencadeiam dores de cabeça.

  • Praticar atividades físicas regulares.

  • Utilizar proteção solar ao brincar ao ar livre.

Melhorando o estilo de vida de toda a família e estabelecendo algumas regras, dores de cabeça poderão ser evitadas e até banidas.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.