Doenças cardíacas: 5 sintomas para ficar em alerta

Descubra sintomas inusitados que podem indicar algum problema no seu coração.


Cibele Carvalho

Doenças cardíacas ou doenças do coração, se você acha que só afetam pessoas idosas ou pessoas muito nervosas, está completamente enganado, os índices de pessoas que sofrem com elas vêm crescendo de forma alarmante nos últimos anos.

Um site do Governo Federal, conhecido como Portal Brasil, afirma através de pesquisas que 30% das mortes no País são causadas por doenças cardiovasculares, indicando que 308 mil pessoas falecem por ano, principalmente por doenças como infarto e AVC (acidente vascular cerebral).

As causas desses índices altos foram elencadas pela pesquisa realizada pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, mediante entrevistas com 3.550 pacientes de 51 cidades brasileiras, veja algumas delas:

  • O tabagismo foi elencado como a principal causa, mostrando indicadores 5 vezes maiores do que em pessoas não fumantes;

  • Colesterol alto também foi uma delas;

  • Consumo excessivo de álcool;

  • Obesidade e sedentarismo.

    Advertisement

Percebemos, portanto, através dessa e outras pesquisas mencionada no Portal Brasil, que a realidade bate as nossas portas, ou seja, nós brasileiros estamos ficando cada vez mais doentes do coração.

Dessa maneira, como saber se eu sou mais uma dessas milhões de pessoas que podem sofrer alguma doença cardíaca? Atente-se para alguns sintomas mais sérios:

1. Dor de cabeça extremamente forte

O cardiologista Dikran Arnaganijan, diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia, informa que existem 3 fases das doenças cardíacas, mas que normalmente percebem-se os sintomas, especialmente nos homens, quando já se estão na fase mais crítica da doença, a fase 3.

Por essa razão, o especialista indica que dores fortes de cabeça, associadas a outros sintomas e causas como obesidade, colesterol alto e/ou sedentarismo, devem ser analisadas o mais breve possível.

2. Cansaço ou fadiga repentina

Os exercícios físicos favorecem nosso sistema cardiovascular, todavia o contrário também é verídico, a falta de exercícios pode causar um aumento circunstancial dos batimentos cardíacos repentinamente.

Precisamos praticar algum tipo de exercício a fim de elevar nossa frequência cardíaca.

3. Ansiedade e falta de ar

Pessoas que somente e apenas sofrem de ansiedade crônica, podem sentir uma dor no peito e por vezes até uma pequena falta de ar, sintomas esses que estão intrinsicamente ligados à angina, dores no peito por ansiedade.

Todavia, se essa falta de ar persiste a ponto de acrescentar outros sintomas desagradáveis como: tonturas, pressão alta, desmaios; pode ser necessário uma investigação médica, especialmente se essa falta de ar ocorrer em repouso, conforme indica a Cardiologista Dra. Ana Luiza Lima.

4. Dor no peito e palpitações

Dor no peito é um dos sintomas mais comuns e mais conhecido pelas pessoas relacionado às doenças do coração, corretamente, pois muitas das doenças fatais podem ser manifestadas apenas por esse sintoma de início.

Se você sentir dores no peito, seguidas de formigamento, e essa dor irradiar para o braço esquerdo, acompanhada de sudorese, palidez e náuseas, fique em alerta.

Advertisement

5. Gengivite ou problemas bucais

Problemas bucais tais como periodontite e gengivite, podem desencadear problemas cardíacos, isso porque os microrganismos alojados na mucosa oral podem aprofundar-se a atingir os vasos sanguíneos, causando infecções nos tecidos do coração.

Por isso, manter uma higiene bucal adequada também faz bem ao coração.

Outro aspecto muito ligado a doenças do coração que não indica exatamente algum sintoma, é o histórico familiar de doenças cardíacas, o Especialista e Médico Dr. Dikran, aconselha a pessoas com histórico familiar a fazerem visitas mais regulares ao cardiologista, no mínimo uma vez ao ano.

Vamos ficar alertas e também alertar as pessoas a nossa volta sobre esses sintomas, dessa forma poderemos salvar a nossa vida, ou quem sabe a vida de alguém muito próximo a nós, saúde é essencial!

Toma un momento para compartir …

Cibele Carvalho

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.