Dia dos Pais – Por que comemorar?

Se você também acha que "Dia dos Pais é todo dia" vale ler este artigo e se inspirar para as comemorações.


Suely Buriasco

Algumas datas festivas, como o Dia dos Pais, sempre geram algum tipo de polêmica e frases populares do tipo “dia dos pais é todo dia” são muito vistas e ouvidas. Particularmente, eu gosto muito de datas assim e acredito na importância de serem comemoradas. Não acho que ter um dia especial para os pais tira o mérito deles em todos os dias das nossas vidas, assim como comemorar o aniversário um dia do ano não nos impede de festejar a vida em todos os outros dias.

Segundo essa matéria a origem do Dia dos Pais representa o carinho de uma filha americana chamada Sonora Louis Dodd, que quis homenagear seu pai, William Jackson Smart, que criou sozinho seus filhos depois que a esposa morreu no parto. No Brasil a data passou a ser comemorada a partir de 1953. Inicialmente a ideia foi associar à data comemorativa de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus, mas acabou sendo deslocada para o segundo domingo de agosto.

A importância da figura paterna é inquestionável, muitos estudos apontam que a sua ausência é prejudicial para o desenvolvimento da personalidade da criança. Quando falamos em figura paterna não nos referimos unicamente ao pai biológico, pois existem muitos homens que desempenham esse papel, mesmo sem gerar o filho. Avós, tios, padrinhos, padrastos, enfim, pessoas que na ausência ou não do pai biológico são exemplos marcantes da presença masculina na vida de crianças e adultos. Homens cujas atitudes paternais representam um modelo a ser seguido.

Só isso já seria motivo para comemorar, mas pensemos em mais algumas razões:

1. Reconhecimento

Comemorar a data é uma forma de valorizar a presença da figura paterna em nossas vidas. É um reconhecimento pela contribuição efetiva que seus exemplos representam. Valorizar o pai também é uma forma de ensinar aos próprios filhos valores familiares de grande importância.

2. Estreitar vínculos

A preocupação da criança em elaborar formas para exaltar o pai promove uma união genuína que fortalece e enriquece o relacionamento. Mesmo entre adultos a comemoração pode ser uma forma de unir pais e filhos, principalmente quando esse relacionamento não foi positivo no passado.

3. Gratidão

Mesmo convivendo intimamente com o pai, comemorar a data de forma especial é uma demonstração do quanto se é grato por sua presença. Mas a gratidão tem um sentido muito amplo e independe do tipo de relacionamento que exista entre pais e filhos. Por isso, esse sentimento deve estar sempre presente no coração dos filhos, mesmo quando os pais tenham falhado em suas missões. Afinal, a própria vida já não é um bem que justifique agradecimento?

Advertisement

4. Demonstrar amor

Um dia festivo é um momento muito propício para demonstrar e viver o sentimento que liga o filho ao pai ou a quem representa essa imagem. Demonstrações carinhosas para o pai são sempre bem-vindas, todavia terão caráter especial se representarem a dedicação e o amor de uma vida toda.

Por isso, você que é filho, não se acanhe e comemore a data com grande alegria. Nesse site você encontra algumas mensagens que podem inspirar suas homenagens.

E para você que é pai: Feliz Dia dos Pais!

Toma un momento para compartir …

Suely Buriasco

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.