Conheça o Método Doman para ensinar seu filho a ler precocemente 

É possível ensinar a criança a ler na mais tenra infância. Você está disposta a experimentar esse método revolucionário com seu bebê?

Emma E. Sánchez

Ler e escrever, para mim, representam algumas das habilidades mais importantes que um ser humano pode aprender e desenvolver na vida. A leitura é uma das formas mais importantes de conhecer, aprender e saber sobre tudo. Ler é poder estabelecer um diálogo muito pessoal com outro ser humano para esclarecer um pouco mais, e é por isso que toda vez que terminamos de ler um bom livro, somos “outra pessoa” e, em muitos casos, um pouco melhor do que quando começamos a ler. 

Assim que eu descobri que estava grávida, comecei a ler em voz alta para o meu bebê. Depois que ele nasceu, aprendi que havia um método para ensinar os bebês a ler e isso me deixou louca de felicidade. 

método Doman leva o nome do pseudônimo de Glenn J. Doman, que o médico Douglas Doman decidiu usar para publicar sua obra sobre o ensino da leitura, pois, tendo dedicado toda sua vida ao estudo de crianças com lesões cerebrais ou paralisia cerebral, ele não acreditava que seria conveniente que um trabalho fosse relacionado ao outro e suas descobertas e aplicações fossem questionadas. 

Doman descobriu que todos os bebês aprendem, apesar de alguma dificuldade cognitiva, e o que faz a diferença entre a quantidade e a qualidade das coisas que aprendem é o interesse e a proximidade de sua mãe.  Todos os seus esforços médicos e de pesquisa tinham como objetivo “tornar melhores os seres humanos” e considerava que sua maior conquista na vida foi “aproximar as mães de seus bebês”.   

Convido você a ler o livro “Como multiplicar a inteligência do seu bebê, de Glenn Doman, para conhecer a filosofia desse médico. 

Advertisement

Em que consiste esse método? 

O método Doman, também conhecido como a “revolução silenciosa”, usa algumas chaves que apresentarei abaixo: 

Exercícios de repetição de palavras, escritas em fichas, de frente para bebê 

O método requer uma série de cartões, que você mesma pode fazer ou comprar prontos. Cada cartão tem uma palavra escrita em preto com letra de imprensa ou “letra de forma”, como é popularmente conhecida. 

As palavras não terão muito significado para o pequeno, mas, sem saber, ele fará associações e memorizará como são escritas. A lista de palavras é dada pelo livro, que lhe dirá como e quando aumentá-las. 

Os cartões têm medidas específicas (15 × 60 centímetros), são espessos e vermelhos. Trinta anos atrás, quando eu os usava, eu tinha que fazê-los pessoalmente (o método vai dando instruções), mas hoje você pode comprá-los a um preço acessível e economizar tempo de confecção. Os cartões podem  ser encontrados também em material branco com letras vermelhas. 

Associação direta 

A foto de capa da primeira edição do livro, no México, mostrou um lindo bebê, de uns 8 ou 9 meses, sentado, tocando sua cabeça, enquanto via o cartão em que estava escrito “cabeça”. Essa imagem causou grande interesse entre as mães naquela época. 

Advertisement

O primeiro cartão que você vai apresentar ao bebê é o com o nome dele, você mostra o cartão dizendo o que está escrito em voz alta por 5 segundos, depois mais 4 palavras. 

Na segunda sessão você apresenta as mesmas 5 palavras, mas em ordem diferente, assim como na terceira seção. No dia seguinte, você faz o mesmo, mas inclui mais 5 cartões. 

Portanto, é preciso que você seja muito organizada, já que a apresentação desses cartões ao seu bebê exige certa ordem e leva algum tempo. Quando chegar a 25 palavras apresentadas, você tem a oportunidade de retirar uma palavra ou as primeiras 5, e isso lhe permite incluir novas. No meu caso, no final do mês, eu retomava todas as palavras. 

São feitas, diariamente, 3 sessões de 20 palavras de revisão, mais palavras novas. Você chega a manusear até 200 cartões por dia. 

Há uma segunda etapa em que você vai lidar com “pares de palavras”, e assim por diante. 

Advertisement

Os cartões devem ser apresentados na altura dos olhos da criança, e você deve falar alto e com clareza. 

Não são ensinadas letras, mas palavras completas e, muitas vezes, sem correlação umas com as outras. 

Para que o método funcione, você deve ter isso em mente: 

O propósito é ensinar seu bebê a ler bem cedo 

Há 30 anos, isso era considerado realmente revolucionário. Havia muitos casos de crianças que entraram na pré-escola com 3 anos, lendo muito bem, e muitas concluíram o ensino fundamental, e até o ensino médio ou a carreira, precocemente. 

Minha primeira filha, com quem eu adotei o método, terminou o ensino fundamental com 10 anos. Percebemos que, o que parecia ser “uma maravilha, não era exatamente isso, pois enquanto seus colegas de classe viviam sua adolescência no ensino médio, ela queria continuar brincando de bonecas. 

O fato de uma criança ler em idade precoce não significa que seja mais inteligente ou que possa pular séries ou graus acadêmicos por estar entediada ou saber de tudo. 

Ensinamos as crianças a ler como uma forma de estimulação cognitiva, que lhes proporciona mais oportunidades de desfrutar a leitura e desenvolver a mente ao mesmo tempo. São outras habilidades, nada mais do que isso.  

Advertisement

Não se confunda e acabe cometendo erros 

Os processos de socialização e maturidade são ainda mais importantes nos seres humanos do que aprender a ler antes do tempo. 

Digo isso, porque você também ficará sabendo de outros métodos de ensino de leitura e escrita que alegam que uma criança está pronta para ler com apenas 6 anos. 

Uma criança saudável, com ambientes ricos em estímulos e em amor de seus pais, lerá. Simples assim. 

Pois, aprender a ler está intimamente ligado a aspectos afetivo-emocionais. 

Deve ser algo divertido para ambos 

Para esse método funcionar, deve ser divertido e atraente para o bebê. Se você perceber que ele não gosta ou não está chamando sua atenção, pare. 

Verifique-se, primeiramente, você pode estar aplicando de maneira incorreta, isso não é prudente. Se após verificação, você estiver indo bem, então verifique do ponto de vista do bebê. Lembre-se: forçar processos não é vantajosoé danoso. Há tempo, não há pressa para crescer.  

Advertisement

Perseverança, organização e disciplina são exigidas da sua parte 

Eu tive tempo de ler o livro, entendê-lo, em seguida fazer os cartõesorganizar o tempo e um lugar para dar as miniaulas, sem falta e no devido tempo. 

Se eu me descuidava, meus cartões saíam da ordem, então eu tive que fazer um arquivo e manter a ordem da apresentação. 

O método funciona se você aplicar, se você dedicar tempo para prepará-lo e, principalmente, se você tiver o bom ânimo de torná-lo feliz e divertido, porque é isso que mais impressiona a mente da criança. 

Se você está de mau humor, ou com mudanças de humor, é melhor você pular a aula. Não grave na mente nova e fresca de seu bebê uma marca desagradável e negativa de seu relacionamento com ele. 

Minha filha mais velha leu claramente antes dos 3 anos, e até hoje é uma leitora voraz em duas línguas, mas posso fazer uma confissão? 

Advertisement

Parei de usar o método com minhas outras duas filhas, mas não parei de ler para elas na gravidez e na hora de dormir. Havia sempre livros ao seu alcance em casa, principalmente histórias, quando eram pequenas. Uma delas já lia no final da pré-escola e a mais nova, no começo do primeiro ano. E quer saberSão todas boas leitoras hoje. 

O método Doman funciona, assim como muitos outros, porque a chave, como em tudo de bom, está na dedicação, no bom ânimo e nas razões certas para fazê-lo. 

Não é porque o seu filho seguiu algum processo, que você é uma excelente mãe, ou que você é ruim porque acha que ele está atrasado, não tem nada a ver com isso! 

Dedique o melhor de você a seu filho e lembre-se: 

“Todas as crianças florescem de maneiras diferentes e em seu próprio tempo”. 

Nosso trabalho é fertilizar a terra, trazer a luz e a água de que precisam, afastar os insetos prejudiciais e depois sentar para apreciar sua beleza.  

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original Conoce el Método Doman para enseñar a leer precozmente a tu hijo

Advertisement
Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.