Como os 10 Mandamentos beneficiam nossas vidas cotidianas

A primeira experiência de viver sob regras é quando estamos sob os cuidados de pais ou responsáveis. Como nossos pais, Deus nos deu os Dez Mandamentos como uma maneira de assegurar nosso bem-estar.


Dennise Sleeper

Minha primeira experiência com regras foi quando vivia sob os cuidados de meus pais. Minha mente inexperiente sentia que meus pais queriam me controlar e me manter infeliz. Quando fiquei mais velha, aprendi que essas regras podem ter me protegido e até mesmo ter salvo a minha vida. Como mãe, tenho seguido o exemplo de meus pais e criamos nossos filhos com as regras do amor e proteção. Deus também nos deu regras, ou mandamentos, para nos proteger.

Depois de libertar os israelitas da escravidão no Egito, Deus lhes deu os Dez Mandamentos. Esses mandamentos ainda são uma parte vital do plano de Deus para a humanidade, pois permite a liberdade de obedecer ou desobedecer. Como nossos pais, Ele nos quer seguros e felizes.

A desobediência leva à infelicidade

As leis sociais são feitas baseadas em alguns mandamentos. Como povo, o mundo condena o assassinato, o roubo e a mentira. Assassinato e roubo podem resultar em muitos anos de reclusão. Quando apanhados, especialmente em mentiras repetidas, os mentirosos tornam-se pessoas evitadas pelos outros e sem amigos.

Quando nossa família segue algo que nos afasta de Deus, nos sentimos perdidos e vazios. Tornamo-nos rixosos uns com os outros e infelizes. Quando percebemos a ausência de Deus, nos lembramos de voltar ao básico. Isso inclui a oração diária, leitura das escrituras, lembrar-nos dos mandamentos e da obediência. Logo acolhemos Deus de volta em nossas vidas e encontramos a felicidade que estava perdida.

Precisamos da Expiação

Os primeiros quatro mandamentos nos ajudam em nosso relacionamento com Deus e os seis restantes cobrem o nosso relacionamento com os outros e incentiva valores morais. Muitos dos mandamentos começam com: “Não”, e pode parecer mais como controle do que liberdade. Como podemos ser livres e felizes quando a obediência é tão difícil?

Cumprir com os Dez Mandamentos lembra à nossa família sobre a importância da expiação. Jesus nos amou tanto que ele sofreu e morreu por nós. Isso nos proporcionou a dádiva do arrependimento. Quando parece tão difícil obedecer, através do sacrifício expiatório de Jesus Cristo, podemos nos arrepender de nossos pecados e mais uma vez encontrar a liberdade e a felicidade através do perdão de Deus.

O valor dos Dez Mandamentos

O valor dos Dez Mandamentos é encontrado nos exemplos dos outros e em nossa própria obediência. Ouvi dizer que nos tornamos aquilo que admiramos, por isso nós e nossos filhos procuramos estar em torno de outros que compartilham os mesmos valores. Isso perpetua o bem que vem da obediência aos mandamentos de Deus. Mais ou menos como quando você sorri para alguém por quem você passa e esta pessoa sorri para outro e assim por diante.

Advertisement

Descobri também que a obediência a esses mandamentos torna mais fácil obedecer a outros mandamentos nas escrituras. Porque Deus sabia que o homem iria errar, então Ele nos forneceu escrituras cheias de exemplos de obediência, desobediência e as consequências de cada um.

Tom Perry, um líder religioso disse: “A força da família está se deteriorando em um ritmo alarmante. Esta deterioração está causando danos generalizados para a sociedade. Posso ver claramente a causa e o efeito.” Se fizermos o melhor para obedecer aos Dez Mandamentos, seja uma família ou um membro da família por vez, a sociedade poderia retroceder este dano ao redor. Muitos exemplos disso são encontrados nas escrituras. Vez ou outra as sociedades bíblicas se afastaram de Deus, tornaram-se infelizes, arrependeram-se e voltaram-se para Deus onde então encontraram liberdade, prosperidade e felicidade. Vamos fazer da obediência a nossa meta hoje e ver o bem se espalhar.

Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original How the Ten Commandments benefit our everyday lives.

Toma un momento para compartir …

Dennise Sleeper

Dennise Sleeper é mãe de 5 filhos e ama ensinar, ler e escrever. Em seu tempo livre gosta de passear pelo sul da Flórida com o marido, as crianças e os cães que adotou.