Como montar uma sala de exercícios

Um sonho de consumo para quem gosta de exercícios.


Márcia Diniz

Sonho de consumo

Creio que é um sonho de consumo para qualquer apaixonado pelo exercício e atividade física e tem condições financeiras para isso: ter sua própria academia, totalmente personalizada com os equipamentos que mais gosta. Eu, particularmente, acho muito prático ter minha própria academia em casa. Hoje em dia, com a vida corrida que levamos, não precisar sair para fazer uma atividade física, ou pelo menos a maior parte dos exercícios, já é uma grande economia de tempo.

Acompanhamento de um profissional

É importante lembrar que para fazer exercícios nos aparelhos é necessário ter um personal trainer acompanhando, ou alguém responsável na área de educação física, para evitar riscos como lesões musculares.

Por que quero uma academia?

A principal pergunta para definir como será sua academia é: Qual o objetivo da minha academia? E a resposta poder ser qualquer uma destas:

  • Quero apenas me manter fisicamente ativo.

  • Quero melhorar e aperfeiçoar o meu condicionamento físico de forma extraordinária.

  • Quero manter meu corpo continuamente com novos estímulos, procurando através dos exercícios atingir minhas metas nos esportes que pratico.

Poderia citar vários outros objetivos. Estabeleça o seu! tenho intercalado treinos funcionais com treinos de musculação e estou muito satisfeita com os resultados que estou alcançando. Aconselho a montar uma sala, dentro do seu orçamento e das limitações físicas do local, que tenha uma variedade de equipamentos e acessórios compatível com o seu objetivo. Existem sugestões para todos os gostos. E agora, vamos ao que interessa.

Advertisement

Eu gosto muito da linha da Technogym, porque investem muito em tecnologia e estão preocupados com qualidade de vida e bem-estar; tanto que oferecem até uma linha de aparelhos para reabilitação.

Equipamentos para exercícios cardiovasculares

Pensando em cardiovasculares, existem vários aparelhos disponíveis dentro da preferência de cada um. A esteira serve tanto para quem gosta de caminhar como para quem corre; só vale lembrar que se você realmente é corredor observe até que velocidade a esteira chega e a sua estabilidade.

Uma alternativa intermediária para quem não corre, mas quer dar um passo a mais da caminhada são os Equipamentos Elípticos, que simulam o movimento de esquiar, patinar ou até mesmo correr sem nenhum impacto. A bicicleta é uma opção interessante para aqueles que preferem gastar calorias sentados, mas não se engane, pedalar é um exercício cardiovascular poderoso.

Treino de força muscular

Para o treino de força muscular, existem os aparelhos de multifunção que trabalham todos os músculos do corpo, mas em contrapartida ocupam um espaço físico maior. O treino funcional proporciona coordenação, estabilidade, flexibilidade e agilidade. Eu aconselho os Kinesis que também são de multifunção, com mais de 200 exercícios possíveis.

Acessórios da Arke, oferecem uma linha completa com pesos, bolas, bastões e muito mais. A plataforma vibratória é um excelente potencializador de exercícios como a flexão de braços, abdominal, prancha, entre outros.

E finalmente existem também os equipamentos hidráulicos que normalmente são usados em forma de circuito, mas como são individuais, ocupam muito espaço.

Minha sugestão é ter algumas opções de aparelhos para utilizar dentro do seu objetivo, proporcionando grande variedade de exercícios, com diferentes estímulos ao seu corpo para que os músculos não se acostumem.

Agora mãos à obra.

Faça seu projeto de acordo com o seu bolso e seus objetivos e divirta-se enquanto se exercita!

Toma un momento para compartir …

Márcia Diniz

Márcia Diniz é Wellness, Professional & Mental Fitness Coach. Proprietária da MD Coaching em São Paulo. Formada pela Sociedade Brasileira de Coaching, membro do The Inner Game School of Coaching e da ICF.