Como agir e superar os problemas com os sogros

A relação e convivência com os sogros tem se tornado difícil? Veja como melhorar essa relação.


Fernanda Ferraz

O casamento passa por muitas transformações, desde o início do namoro até o casamento, e quando este dia chega pode ter passados anos de convivência e ainda há muito a se aprender para melhorar o relacionamento. Mas, e quando seus sogros começam a se meter, ou tem esse hábito? Será que isso é saudável? Até que ponto um pai ou uma mãe deve se envolver no relacionamento de seus filhos? Como resolver então esses conflitos com os sogros?

1. Resolver o problema entre o casal

. A vida de um casal deve ser particular, entre marido e mulher, se existirem problemas devem ser resolvidos entre ambos e não por terceiros, como a família. É provável que os sogros saibam de alguns problemas e tentem ajudar, mas nem sempre essa ajuda realmente acontece, às vezes complica. É importante pensar na preservação do casamento.

Cada casal é diferente, o casamento de seus pais e sogros não é igual ao seu, cada um tem um estilo e hábitos de vida diferentes; às vezes o que é bom para você não faz bem para o outro, por isso a importância do respeito mútuo.

É preciso que o casal converse com os familiares dizendo: “Mãe, pai, eu os amo muito, mas esses problemas quem tem que resolver sou eu e meu esposo(a), essa decisão é nossa, então peço por favor, parem de comentar sobre isso”.

2. Minhas escolhas

. É bom sempre deixar claro sobre a escolha do casal, você pode até ouvir os conselhos de seus sogros, mas marido e mulher devem se apoiar e definir claramente sobre as escolhas, isso vai desde a educação dos filhos a qualquer outra decisão.

3. Não discutir

. Surgiu determinado assunto e seus sogros com ar de autoritários começaram a discutir e a falar mais alto com as tentativas de pressionar ou argumentar? Pare, não fale, não diga nada que ofenda, se mantenha em silêncio até todos se acalmarem e responda: “É importante conversar, mas temos de fazer isso com harmonia, eu respeito a opinião de todos, mas prefiro que seja desta forma, tendo o apoio do meu companheiro(a)”.

4. Não deixar de visitar

. Problemas familiares todo mundo tem ou já teve um dia, e às vezes são ditas palavras que magoam e de fato é difícil esquecer; sentimentos negativos não devem ser alimentados, devemos trabalhar para que cada dia mais tenhamos harmonia e bondade com o próximo. Não deixe de visitar e conviver com seus sogros por ter havido um conflito ou porque da última vez seu sogro ou sogra lhe fez chorar. Perdoe, as pessoas cometem erros e ainda que não tenham lhe pedido desculpas desculpe-os mesmo assim e quantas vezes for necessário.

Advertisement

É através das dores que aprendemos a ser mais humildes, que nos proporciona o amor e a compreensão de que cada pessoa é diferente e que cada um tem pontos positivos e negativos. Cada um deve se avaliar e não querer mudar os outros.

5. Ensinar pelo exemplo

. Você em algum momento sofreu acusações ou informações erradas? Tente esclarecer os fatos sem contendas; caso não consiga, deixe que o tempo revele a verdade. Dê sempre o bom exemplo, não revide jamais.

6. Oração

. A oração tem um efeito muito positivo, tanto para quem faz a oração como para quem recebe. Faça a sua parte quando houver um grande conflito que lhe deixou triste, ore a respeito, peça direcionamento, paciência e que o amor que habita em você seja superior à raiva de modo que o sentimento negativo não tenha predominância em sua vida.

7. Aceitar

. Independente do que você pensa de seus sogros, esse é o jeito deles. Podem ser ranzinzas, chatos, possessivos, frios, sentimentais, mas cultivar sentimentos ruins só piora a situação. Tente, esforce-se para não se magoar tão facilmente, evite reclamar na frente deles ou discutir com seu cônjuge, pois na maioria das vezes eles vão ficar do lado do(a) filho(a); releve os comentários ruins, filtre-os e não se coloque em ataque.

8. Vencer o desafio

. Use as dificuldades para mostrar a si mesmo que pode superá-las; vença seus próprios desafios, seja a vontade de gritar, brigar, ofender… Seja como um homem ou uma mulher sábio(a) que pensa antes de falar, que não procura julgar nem ofender, seja maduro e tente sempre preservar seu casamento. Lembre-se de que seu parceiro é seu amigo e amor e nada nem ninguém deve atrapalhar esse relacionamento. Não é por meio de brigas que você provará que ama seu cônjuge.

9. Procure agradar

. Sabemos que às vezes é difícil fazer isso, se já tentou alguma vez e não viu resultados, não desista, tente agradar à sua maneira. Coisas que você pode fazer:

  • Um jantar para seus sogros.

  • Um passeio na praia.

  • Levar um presente, fora de ocasiões especiais.

  • Conversar mais sobre outros assuntos.

    Advertisement

O essencial é focar no bem estar do cônjuge, filhos e dos pais, afinal, vocês fazem parte de uma só família.

Toma un momento para compartir …

Fernanda Ferraz

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.