Coisas que toda mulher gostaria que você soubesse, mas nunca vai lhe dizer

Você tem um desejo secreto, um sonho, um anseio profundo? Você não é o único. Saiba com o que as mulheres sonham e o que desejam e como transformar sonhos em realidade.


Shannon Symonds

“Um dia meu príncipe virá…” são as palavras cantadas por Adriana Caselotti no filme Branca de Neve da Disney. Em sua voz doce, ela descreve o nosso sonho de infância de um príncipe bonito, feito só para nós, que nos ama loucamente e nos carrega para longe dos problemas para um castelo seguro e bonito. Cinderela estava certa, “Um sonho é um desejo que seu coração faz.”

Ansiosamente, crescemos esperando por um príncipe em um cavalo branco, enquanto namoramos meninos magrinhos com acne e que tiveram que pedir o carro emprestado para sua mãe. Eventualmente, um desses meninos cresceu em maturidade, roubou nosso coração e começamos a construir o nosso próprio reino juntos. Mas você encontrou o seu felizes para sempre?

Com o passar dos anos passamos a aceitar as coisas como são e deixar de lado os sonhos de infância. Mas, ainda assim, em algum lugar lá no fundo, muitas de nós carregamos um sonho, apenas um pequeno desejo por algo mais.

Se você pudesse abrir seu coração e procurar em lugares empoeirados escondidos, qual seria o seu sonho? Você teria coragem de tirar o pó dele e pedir ao seu marido ou parceiro para torná-lo realidade? Você se pergunta se você quer a mesma coisa que outras mulheres querem?

Eu pedi às mulheres para me dizer o que secretamente desejavam, mas tinham medo de pedir. A resposta mais consistente incluía alguém que fosse confiável e fizesse coisas românticas. Uma mulher disse que o que ela mais ama é quando seu marido “…me abraça no final de um dia longo e difícil e me ama incondicionalmente.”

Rita Watson, MPH em um artigo nesta revista, listou os quatro maiores desejos românticos de homens e mulheres. Ela disse que o desejo romântico número um que as mulheres têm é estar em um relacionamento amoroso e sério ou, “Essencialmente, as mulheres acreditam em um relacionamento ‘nós’ ao invés de um relacionamento ‘eu’.”

Rita citou Randi Gunther, Ph.D. “‘Nós’ é um estado de mente e coração. Significa que aonde quer que um dos parceiros esteja, o outro está presente em seus pensamentos. Casais que se consideram um ‘nós’ agem dessa forma. Quando você conversa com casais que vivem com e no coração de seu amado, você experimenta esse compromisso em todos os sentidos que se apresentam. Eles comunicam um orgulho de pertencer ao seu parceiro. É um poderoso sentimento de nós’ sobre alguém ou algo mais.”

Advertisement

Então, como podemos achar esse estado de espírito ‘nós’? Encontramos um parceiro e cônjuge seguro em quem nós confiamos. Trinity compartilhou o que ela queria. Ela disse: “Lealdade e compaixão.” Lealdade, fidelidade, confiança e integridade; todos são parte de um relacionamento seguro.

Alice, Andrea e outras falaram sobre seu desejo secreto de ser mimada, mas também se sentirem seguras. Andrea disse: “Eu acho que, para mim, é ser mimada de vez em quando. Não para ser servida nem nada, mas para ser oferecida uma massagem, a chance de tirar um cochilo, apenas uma hora do sentimento de que o mundo inteiro não está sobre seus ombros…” Alice disse: “Duas coisas: de vez em quando ser cuidada, como Andrea disse. E segundo: que eu preciso de um tempo para mim mesma.” Trish amou quando seu parceiro ajudou na casa e a apoiou.

Janet falou sobre o compromisso e o investimento profundo que vem com ele. Chelle acredita em ser amada. Jubilee compartilhou sua apreciação pela boa vontade de seu marido de deixá-la desabafar e não julgá-la por isso. Bernice quer tempo e compreensão. Pedidos diferentes com o mesmo tema – segurança e amor.

Brene Brown, autora de “The Power of Vulnerability” (A força da vulnerabilidade) falou sobre conexão, que é algo que todos nós almejamos, e como viver plenamente. Ela disse, “As pessoas que têm um forte sentimento de amor e aceitação acreditam que são dignos dele.” Ela também disse que a vergonha e o medo nos impedem de se sentir dignos de amor e aceitação. Quando estamos seguros, podemos ser autênticos. Quando somos autênticos e vulneráveis, há oportunidade para conexão.

Brene explicou que, “…O que nos torna vulneráveis, nos torna bonitas“. Ela termina com “…deixar-se ser visto, profundamente, vulneravelmente, amar com todo nosso coração mesmo que não haja nenhuma garantia, praticar gratidão e alegria, acreditar que somos o suficiente. Quando trabalhamos a partir de um lugar que diz que somos suficientes, então vamos parar de gritar e começar a ouvir. Nós somos mais gentis e amáveis com as pessoas ao nosso redor e nós mesmas.” Em outras palavras, ao ser vulnerável somos vistos e vemos os outros de um lugar autêntico e verdadeiro. Conhecer um ao outro melhor leva a mais compaixão e comportamento empático.

Então, como podemos encontrar esse lugar seguro nos braços de nosso Príncipe Encantado? Talvez tenhamos de assumir um risco e pedir. Oprah Winfrey disse, “Você recebe nesta vida aquilo que você tem coragem de pedir.

“Nós” é um estado de espírito. Talvez seja hora de perguntarmos a nós mesmas o que precisamos. O que você precisa? Existe um desejo secreto que você carrega no fundo de seu coração?

Talvez hoje seja o dia de encontrar sua coragem, ser vulnerável e compartilhar seu lado autêntico e sonhos. Você nunca sabe. Talvez, apenas talvez, se você compartilhar seu desejo, a resposta será sim, e seus sonhos se tornarão realidade. E talvez, apenas talvez, você vai descobrir que seu parceiro também tem um desejo e um sonho.

Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Things every woman wishes you knew but will never tell you.

Toma un momento para compartir …

Shannon Symonds

Shannon Symonds worked 14 years as an Advocate for families experiencing Domestic or Sexual abuse while raising 6 children in Seaside Oregon. She loves to laugh, write, run, paint and most of all play with her family and friends.