Buscando renda extra no fim de ano? Aqui estão 7 ideias para ajudar

Ganhar um dinheirinho a mais no final do ano é sempre bem-vindo!


Michele Coronetti

Os gastos com as festas e presentes costumam desequilibrar o lado financeiro. Nada melhor que repor a renda, pois o começo do ano costuma ser de maior gasto devido a impostos e início de aulas.

Algumas maneiras simples e criativas de equilibrar o bolso:

1. Hospedar ou cuidar de animais de estimação

Nessa época de final de ano muitos donos de animais viajam e não têm como cuidar de seus cães, gatos ou outros animais. Hospedar o animal enquanto o dono viaja é uma ótima alternativa para ganho extra. O dono pode ser um familiar, amigo ou vizinho ou mesmo alguém que encontrou a solução para seu problema com os cuidados com seu pet através de aplicativos. Os rendimentos semanais são em média de R$ 400,00.

2. Colar um adesivo no carro

Este é um serviço que pode ser solicitado durante todo o ano, se o carro não for utilizado para o trabalho. Se for, o período de férias é perfeito. Um adesivo com propaganda de uma empresa é colocado no carro e os passeios com ele se tornam em oportunidades de divulgar a marca. E não será necessário fazer passeios extras para ampliar a divulgação, apenas seguir a rotina. Os valores são diferenciados para quem faz mais viagens ou roda mais com o carro. Alguns oferecem o valor fixo de R$ 70,00 por mês enquanto outros aplicativos pagam por quilômetro rodado.

3. Avaliar locais como hotéis e restaurantes

Ser um cliente oculto e avaliar atendimento e serviços de locais frequentados sem que os donos ou funcionários saibam que estão sendo analisados pode ser feito e trazer ganhos extras. Existem sites onde um cadastro pode ser efetuado e aguardado o chamado para efetuar a avaliação. Alguns aplicativos pagam por visita, outros reembolsam o valor gasto na estadia. Há ainda avaliação de outros setores, como a usabilidade de sites e aplicativos que também remuneram seus avalistas.

4. Ajudar turistas

Levar os turistas para locais interessantes em sua cidade ou arredores pode ser feito. Um cadastro em aplicativos especializados promete ajudar ambos a encontrarem-se e a remuneração pode ser variada, dependendo dos quesitos apresentados. Cozinhar para turistas também é uma opção, já que muitos preferem algo mais natural e caseiro. Hospedar pessoas ou alugar espaços na casa, quarto ou a casa toda (ou apartamento) também tem se tornado muito comum. Dependendo do local os ganhos semanais podem ser por volta de R$ 700,00.

5. Entregas

Com uma moto ou mesmo uma bicicleta é possível se cadastrar em aplicativos que ligam os clientes ao entregador. A entrega pode ser de objetos ou outros produtos, inclusive de comida.

Advertisement

6. Desapegos

Aquela faxina de final de ano acumulou muitos produtos que não são mais usados? Eles podem ser vendidos nos diversos sites de repasse de roupas e objetos usados. O rendimento é controlado pelo vendedor, os sites costumam cobrar uma porcentagem da venda e o anúncio.

7. Aluguel

Objetos também podem ser alugados. Existem muitos sites especialistas que encontram os interessados. Como nas vendas, uma porcentagem da renda será cobrada ou taxas. Mesmo com pouca disponibilidade é possível fazer um dinheiro extra para ajudar a alcançar o equilíbrio financeiro ou para uma meta específica. E ainda pode ser bem divertido.

Toma un momento para compartir …

Michele Coronetti

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.