As crianças de hoje sonham em ser YouTubers quando crescerem 

Emma E. Sánchez

Quando era pequeno, o que você queria ser quando crescesse? Eu queria ser veterinária e acabei me tornando professora. 

Nós, meninas e meninos da minha geração, e mesmo aqueles que estão na casa dos 30, quando pensávamos no futuro, sonhávamos com as carreiras de sempre: médico, arquiteto, advogado, professor ou veterinário.  Então, conforme íamos crescendo e nossos pais nos incentivavam, escolhíamos um curso universitário ou montávamos um negócio do qual vivemos atualmente. E  nossos pais, agora mais velhos, estão calmos e satisfeitos por terem conseguido com que fizéssemos o que acreditam ser o melhor para nosso futuro. 

Mas a Internet chegou e as tecnologias se desenvolveram somente como a ficção científica havia imaginado. 

De repente, todo o mundo se transformou e surgiu uma nova geração de nativos digitais com um novo modo de vida e uma visão diferente sobre como enfrentar o futuro. 

Lego, famosa marca de brinquedos, realizou uma pesquisa com 3.000 crianças entre 8 e 12 anos na China, Inglaterra e Estados Unidos, em que um terço das crianças disseram que gostariam de se tornar  YouTubers,e apenas 11% de astronautas. 

Advertisement

Essa linha de brinquedos se caracterizou por proporcionar às crianças uma ampla gama de jogos de construção que envolvem personagens de várias profissões ou ofícios. Você  pode encontrar mágicos, cowboys, médicos ou os personagens mais famosos da cultura popular.  Então, quando essa pesquisa recente mostra que crianças inglesas e americanas querem ser, em primeiro lugar, YouTubers ou  blogueiras, um novo paradigma de profissões se abre diante de nossos olhos. 

Por que essa informação é importante para nós, pais? 

Essa é a grande questão a que devemos estar atentos: 

As crianças latino-americanas não estão longe, em termos de preferência, das crianças americanas; na verdadeseguem uma tendência muito similar. Então, sugiro algumas ideias para você pensar, reconsiderar e reavaliar. 

1. Preste atenção nos YouTubers que seus filhos estão seguindo nas redes 

Geralmente, se você falar de YouTubers entre os mais jovens, eles dirão que são muito engraçados, divertidos, interessantes, inteligentes e pessoas que ganham muito dinheiro porque têm milhões de seguidores. 

Quando alguém ouve essa descrição, é fácil pensar que esse é um trabalho perfeito, não é mesmo? 

O trabalho parece fácil.  Fazer um vídeo fazendo algo que você gosta muito e que o conecta a pessoas que se identificam com você e começam a segui-lo, soa bem, não é? O truque está no pagamento que essas pessoas recebem por cada mil seguidores que alcançam. Há quem ganhe 200 euros por mês com 20 mil visitas diárias. 

Advertisement

Agora, imagine quem recebe milhões de visitas diárias, até eu gostaria de ser uma YouTuber famosa! Além desses ganhos,  aqueles que podem ganhar ainda mais com a publicidade exibida em seus canais ou vídeos. Parece uma profissão bastante interessante, não é mesmo? 

O problema é que, em se tratando de crianças, essas pessoas, a fim de ganhar mais seguidores, conseguem fazer as coisas mais ridículas, perigosas, absurdas ou até ilegaise as crianças, facilmente impressionadas, procuram fazer o que elas fazem ou se comportam como elas. Você entende a seriedade do problema? 

2. Dê uma boa vasculhada nos blogs, tutoriais ou influenciadores que eles estão lendo, assistindo ou seguindo 

O mesmo em relação a todos os “blogueiros” ou “ influenciadores” que crianças e jovens veem e ouvem. Ospais e professores devem verificar constantemente as pessoas que os as crianças admiram, pois, com certeza, em algum momento eles tentarão imitá-los. 

3. As novas profissões reais 

Essas novas e maravilhosas tecnologias geraram a necessidade de um novo perfil de profissionais que, a propósito, estão fazendo bons negócios. Algumas dessas novas profissões são: 

Especialistas em Big Data: são profissionais que analisam, observam e tornam os dados de rede compreensíveis para as empresas. 

Advertisement

Hackers White Hat (chapéu branco): são especialistas em segurança de computadores que ajudam a prevenir o cibercrime. 

Especialistas em SEO e SEM: são responsáveis ​​pelo posicionamento orgânico da empresa nos mecanismos de busca e na publicidade de pagamentos on-line. 

Portanto,  novas e futuras oportunidades de emprego. 

4. As novas gerações deveriam realmente ir para a faculdade? 

Penso que sim, mas também é verdade que essas novas profissões não vão exigir carreiras específicas, mas o desenvolvimento de habilidades pessoais e profissionaisEntão, pense em todas as coisas boas quea partir de hoje, você pode começar a trabalhar com seus filhos: 

Trabalho em equipe 

Trabalho remoto 

Administração do tempo 

Persuasão 

Agora, você tem uma visão mais clara do que as crianças e os jovens estão enfrentando e, acima de tudo, poderá prepará-los para este novo mundo, que, a propósito, parece muito atraente e interessante. 

Advertisement

Convido você a aprender mais sobre esses assuntos, eles certamente serão de grande valor. 

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original Los niños de ahora sueñan con ser youtubers cuando crezcan

Toma un momento para compartir ...

Emma E. Sánchez

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.