Aprenda a fazer sabão biodegradável com óleo de cozinha usado

Este vídeo ensina a transformar as sobras de óleo de cozinha em sabão caseiro.


Isabella Araujo

O que fazer com o óleo que sobrou das frituras? A maioria das pessoas simplesmente despeja o resíduo na pia da cozinha de casa e pouco se preocupa com a poluição do meio ambiente ou com o desperdício do material. Mas a partir de agora, você pode agir de forma mais consciente. Clique no vídeo acima e veja como produzir sabão a partir do reaproveitamento do óleo de cozinha. Além de reduzir a poluição ambiental, é também uma ótima forma de economia. O sabão pode ser utilizado para lavar louças ou mesmo roupas.

Se você não tem interesse em produzir seu próprio sabão em casa, mas quer contribuir com o meio ambiente, uma boa sugestão é armazenar o óleo usado em frascos de vidro e doá-los posteriormente. Para saber onde doar, acesse este site e saiba qual o local mais próximo da sua região.

Para facilitar o processo, detalhamos abaixo a produção do sabão:

Sabão caseiro em barra

Materiais utilizados:

  • 5 litros de óleo de cozinha usado

  • 1 frasco de detergente líquido

  • 1 copo de sabão em pó

    Advertisement
  • 1 litro de água quente

  • 1 litro de soda cáustica líquida

  • Formas de metal grandes

  • Sacos plásticos

  • Funil de metal

  • Palha de aço

  • Colher de pau grande

  • Balde grande

Execução:

Coe o óleo de cozinha com auxílio da palha de aço. Despeje a soda cáustica e a água quente no balde e, com o auxílio da colher de pau, misture por aproximadamente 3 minutos. Adicione o óleo filtrado com a palha de aço, o detergente e o sabão em pó no balde. Misture por aproximadamente 40 minutos, até que o sabão fique consistente. Forre as formas de metal com sacos plásticos e, em seguida, distribua o preparo nas formas. Aguarde secagem por aproximadamente 2 dias. Desenforme e corte o sabão no tamanho desejado.

Advertisement
Toma un momento para compartir …

Isabella Araujo

Isabella Araújo é jornalista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo e é mestranda do curso de Literatura Portuguesa da Universidade do Porto.