8 dicas para fazer sua mãe – e sogra – felizes

No começo do casamento a união de sua família e da família de seu conjuge pode precisar mais de sua atenção, mas com o passar dos anos todos se sentirão parte da mesma família e isso será uma


Renata Finholdt

O relacionamento entre as famílias após o casamento de seus filhos deve ser algo conquistável, afinal de contas, escolhemos nosso companheiro e a família que ele pertence passa a ser a nossa família também.

Os elos que unem estas duas famílias precisam se estabelecer e para isso será preciso apoio e amor de sua parte. Sua participação para a união das famílias é fundamental, você precisa se lembrar disso constantemente.

Quanto mellhor for o relacionamento entre as duas famílias, a sua e a dele, mais felicidade vocês terão. No início será preciso sua intervenção para promover a união, mas com o passar do tempo você perceberá que a proximidade entre eles será algo natural.

Gretchen Rubin, autora do livro “The Happiness Project” (Projeto Felicidade) diz “Você escolhe a pessoa com quem quer se casar, mas não escolhe sua sogra e a família da pessoa”. Ela dá algumas boas dicas para que a união familiar aconteça naturalmente entre famílias.

1. Familiaridade traz mais afeto, não contenda

Quanto mais momentos vocês passarem juntos mais apreço e carinho criarão uns pelos outros. Aproveite as datas festivas e una as duas familias – seus pais e seus sogros. Passar Natal, Ano Novo, almoço de Páscoa, aniversários juntos colabora para a aproximação deles, uma vez que existe também a emoção da festividade para ajudar. Lembre-se: “a familiaridade gera afeto”.

2. Aja da forma que você gostaria de se sentir

Como você age influencia como você se sente. Cada vez que precisar se encontrar com a família do cônjuge, procure estar calma e em paz, assim não perderá a paciência se algo lhe ofender. Procure ser mais bem-humorado(a).

3. Faça algo de bom para a pessoa difícil

Na mesma linha, faça o bem, sinta-se bem. Mande uma foto dos netos vez ou outra. Leve um bolo sem nenhum motivo. Você estará se ajudando.

Advertisement

4. Aja de acordo com seus próprios valores

Se nos aceitamos, outras pessoas o farão. Devemos viver de acordo com nossos valores. Sua sogra, ou mesmo sua mãe, pode querer dar palpites sobre como criar seus filhos, mas você pode desenvolver seu próprio método, e desde que esteja funcionando e produzindo crianças educadas, que fazem boas escolhas e tratam os outros com consideração, elas o aceitarão.

5. Evite contendas em relação às crianças

Um exemplo: Alguns acham que crianças devem brincar somente com brinquedos pedagógicos, não ver TV ou jogar videogames. E às vezes os avós presenteiam os filhos com algo fora desse padrão. Seja flexível, para o bem da boa convivência, do seu casamento e dos filhos também.

6. Lembre-se e respeite os privilégios dos avós

Deixem que seus filhos passem tempo com ambos os avós. O carinho dos avós para seus netos é especial, e privá-los (tanto as crianças, quanto os avós) disto é prejuízo na certa. Seus filhos precisam sentir que tanto os avós maternos quanto paternos são muito queridos e não há preferência por nenhum dos lados. Evite fazer diferenciações entre eles como visitar mais uns do que outros, ou tratá-los de formas diferentes quando estão juntos.

7. Pense em seu cônjuge e em seus filhos

Se você ama seu cônjuge e quer o melhor para seus filhos, como essa guerra com seus sogros os ajudará e beneficiará sua família? Pense no futuro e faça sua parte.

8. Foque no positivo

Que tal passar um tempo junto de sua mãe e sogra? Vocês podem criar momentos em que apenas vocês estarão juntas. Um passeio no shopping, uma ida à praia ou ao cinema, um jantar em um local diferente e até mesmo, se as condições permitirem, uma viagem. Será muito divertido, vocês poderão passar bons momentos e terão lembranças especiais destes momentos. Programem-se e planejem-se para criar momentos frequentes deste tipo.

Ao longo dos anos, o amor entre vocês aumentará e vocês naturalmente se sentirão partes da mesma família. Será encantador ver como seu cônjuge sentirá afeto pelos seus familiares e você pelos familiares dele, vocês construirão uma história juntos, e com certeza será uma história muito feliz!

Leia também:

Manual da boa sogra
Manual da boa nora

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.