7 virtudes que lhe ajudam a saber se Deus está realmente ouvindo você

Temos a promessa de que a ajuda e a orientação espiritual de Deus nas horas de necessidade virão. Como saber, então, se Deus está realmente ouvindo?


Sônia Penha

Jesus ensinou que se pedirmos a Deus as coisas de que necessitamos vamos receber uma resposta. Ele disse: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e o que busca, encontra; e, ao que bate, se abre.” (Mateus 7:7-8)

Que promessa confortante de que a ajuda de Deus e a orientação espiritual nas horas de necessidade virão. É um dom dado pelos céus do qual necessitamos desde pequenos.

Apesar dessa promessa podemos achar que as nossas orações não são respondidas ou que passam despercebidas. Podemos perguntar: “Será que Deus está realmente me ouvindo?”

  • Talvez julguemos que Deus não ouve as nossas súplicas, quando, na verdade, podemos não estar vivendo retamente ou pedindo com muita fé.

  • Ou, temos fé suficiente e somos justos, mas Deus está seguindo seu próprio tempo, e para um sábio propósito, retenha as respostas um tempo.

  • Ou, as coisas pelas quais estamos orando dependem do arbítrio de outras pessoas e, dessa forma, não acontecem como queremos.

Para recebermos as repostas de nossas orações, nosso desejo e disposição em fazer a vontade de Deus devem equivaler ao pedido. A mesma vontade, a mesma fé e esperança.

Advertisement

Algumas virtudes são importantes para que a oração não falhe, para que Deus nos ouça:

1. Fé

É a primeira e mais importante. Crer em Deus transmite paz à nossa alma. Ter a certeza de que Deus é o nosso pai e que podemos recorrer a Ele em busca de conforto e orientação, que irá ouvir e responder, é uma fonte de consolo.

Não podemos temer, temos que acreditar.

2. Reverência

Jesus exemplificou essa virtude quando orou e disse: “Santificado seja o teu nome.” (Mateus 6:9) Devemos nos dirigir a Deus e falar com Ele na reverente, calma e bondosa linguagem da oração, ter respeito e amor por Ele e jamais profanar seu santo nome.

3. Sinceridade

A oração é um anseio de nosso espírito. É um pedido, uma súplica da alma enviada diretamente para um Pai amoroso. Sua linguagem não são meras palavras, mas um coração cheio de amor sintonizado com Deus.

A oração sincera é aquela que quando pede uma bênção ou virtude, luta pela bênção e cultiva a virtude.

4. Lealdade

Devemos orar com um coração consagrado, comprometido em fazer a vontade do Pai a quem oramos, e em sobrepujar a nossa vontade. Se oramos pelo sucesso de uma causa ou de algo que queremos fazer ou resolver, é porque nos simpatizamos com ela.

Pedir algo na oração e não ter o desejo nem a disposição de obedecer à vontade do Pai é deslealdade e pode provocar uma resposta negativa.

5. Humildade

Uma humildade nascida do coração, não uma atitude hipócrita. A humildade na oração leva a pessoa a ter consciência dos seus limites, de que não consegue por ela mesma, e a sentir que necessita da orientação divina.

6. Ouvir

Devido às distrações que nos cercam, às vezes é difícil ouvir a resposta da oração. Precisamos aprender a separar os ruídos da vida dos sussurros suaves do Espírito Santo.

Advertisement

A resposta pode vir de várias formas, dependendo da pessoa que está orando e do problema. Talvez venha como uma pequena inspiração na mente, algum bom sentimento em nosso coração, como a paz e a alegria, através da leitura de uma passagem de escritura, ouvindo alguém nos ensinar, e quando for importante, através de inspiração poderosa e direta.

A resposta será clara e inconfundível.

7. Fazer um pouco mais

Às vezes supomos que Deus vai dar as respostas às nossas súplicas e anseios quando não fazemos nada mais que apenas pedir a solução, pedir a cura, pedir a resposta. Porém aprendi, com as minhas súplicas, que Ele espera algo mais de nós.

Espera que ponderemos na mente, que analisemos o assunto ou o problema, que pensemos e busquemos as possíveis opções e soluções, que escolhamos a que acharmos a melhor, para depois perguntarmos a Ele. Isso ajudará nossa oração a se tornar eficaz.

A certeza e a paz em nosso coração virão no tempo e da maneira que Deus achar melhor para nós.

A promessa é feita para todos. Não existe discriminação, nem poucos favorecidos. A resposta certamente virá. Deus ouve, Ele nunca se afasta, está à porta e bate, se abrirmos nosso coração, se aprendermos a ouvir, captar, interpretar e compreender vamos saber que sim, Ele ouve.

Leia também:

O doce poder da oração
Como orar com eficiência
Uma oração pode mudar tudo

Toma un momento para compartir …

Sônia Penha

Sônia Penha é esposa e mãe de duas lindas filhas. Ama sua família, gosta de ler e se informar sobre vários assuntos, gosta de fazer artesanato e atividades que envolvam a família e amigos. Possui formação em Informática e é editora para o Familia.com.br.