6 receitas de papinhas saudáveis para o seu bebê

A introdução alimentar para os bebês é muito importante e precisa ser feita corretamente. Aprenda dicas e receitas saudáveis que vão facilitar seu trabalho como mãe.


Cibele Carvalho

Especialmente às mamães de primeira viagem.

Ao nosso redor, todos tentam dizer como devemos educar, criar e alimentar nosso bebê tão pequeno e indefeso, mas como mães temos um instinto materno gritando ao nosso favor, e sempre que o usamos, acertamos em cheio!

Conseguimos nos virar sozinhas, mesmo que seja nosso primeiro encontro com uma criança; sabemos como alimentá-la e amamos descobrir novas receitas, novas formas de fazer por nós mesmas.

Para auxiliar a vocês, mamães e papais, na independência alimentar do seu bebê, separamos 6 excelentes receitas de papinhas saudáveis para ele ou ela, além de explicarmos o porquê da necessidade de cada ingrediente:

Curta essas receitas e mãos à obra, seja a “super cheff” do seu bebê!

1. Papinhas doces deliciosas: devo ou não colocar açúcar?

De acordo com a nutricionista Tatiana Zanin, por volta dos 4 (se tomar fórmulas) ou 6 meses (amamentação exclusiva pelo peito), o bebê já pode começar a introdução alimentar através das frutas, mas como podemos acertar a forma de preparo para alternar as frutas oferecidas?

Bom, existe a forma comum das frutas amassadas, mas também podem ser inseridas frutas cozidas, veja esse exemplo:

Advertisement

Papinha de maçã e banana (podendo trocar as frutas)

  • 100 ml do leite que toma seu bebê;

  • 1 fatia de maçã sem casca;

  • ½ banana-maçã sem casca;

  • 5 colheres de sopa rasas de aveia;

Primeiro, bata no liquidificador o leite com a maçã, em seguida, após amassar a banana, junte com a mistura do leite e acrescente a aveia até misturar bem.

Nessa receita as frutas podem ser trocadas, como por exemplo, a maçã por pera.

Segundo a nutricionista infantil Silvana Frade Galvão, o açúcar não precisa ser totalmente cortado da alimentação, mas apenas ser usado quando muito necessário, por exemplo, em sucos de frutas ácidas, em quantias mínimas.

Papinha de acerola e pera (o diferente pode ser o ideal)

  • 50 ml de suco filtrado de acerola;

  • 1 fatia de pera sem casca;

  • 3 colheres rasas de aveia;

    Advertisement
  • 50 ml de água filtrada e fervida;

No liquidificador, junte o suco de acerola com a água fervida e acrescente pedaços de pera até ficar homogêneo, em seguida, adicione a aveia, se necessário, para dar o ponto.

A nutricionista Tatiana Zanin relembra que a cada mês que se passa, você pode acrescentar coisas novas ao cardápio do seu bebê. Peça orientação sempre ao seu pediatra, para que seu médico indique o que pode ser acrescentado a cada mês.

Papinha de mamão e diversos

  • 1 fatia de mamão papaia ou formosa;

  • 50 ml de suco de laranja;

  • 1 banana nanica;

Misture os ingredientes que devem ser preparados separadamente (suco e amassar a banana e o mamão após retirar as sementes).

2. Papinhas salgadas para todos os gostos e sabores!

Depois de iniciar a introdução de alimentos, você pode sempre testar novos sabores e misturas, assim conseguirá descobrir o gosto do seu bebê.

Lembrando que o ideal é que as papinhas salgadas contenham:

1 tipo de carne PROTEÍNA (frango/peixe/carne vermelha);

1 tipo de verdura ou legume TUBÉRCULOS E RAÍZES (batata/cenoura/brócolis);

1 tipo de GRÃO (arroz/feijão/ervilha).

Uma dica importante para as papinhas salgadas é não colocar juntos alimentos que não combinem seus gostos, veja exemplos que combinam:

Papinha de frango com brócolis

  • 1 porção pequena de frango desfiado ou processado;

  • 1 porção pequena de arroz amassado;

  • 1 porção pequena de brócolis picado;

Após amassar o arroz acrescente o frango desfiado ou processado, e por último os brócolis até obter uma mistura homogênea.

Papinha de cenoura com carne

  • 1 cenoura pequena ou metade;

  • 1 porção pequena de carne moída (usar sal iodado)

  • 1 porção pequena de ervilha;

Após cozinhar a ervilha e a carne moída, acrescente a cenoura amassada e misture tudo até ficar homogêneo.

A questão do sal nas papinhas salgadas também é tão comentada quanto o açúcar nos alimentos doces, especialistas afirmam que o ideal é apenas 1 g de sal por dia para os bebês.

Papinha de batata e mandioquinha

Muitas papinhas artificiais são feitas com mandioquinha (batata-salsa), pois além de extremamente nutritiva tem um sabor delicado, o que agrada o paladar dos bebês.

Então, você pode alternar nesses casos a batata-baroa, ou a batata-salsa, e acrescentar uma carne ou peixe (peixe normalmente combina bem com mandioquinha).

Enfim, teste os gostos do seu filho, você vai perceber que, mesmo ele sendo pequeno, terão coisas que já vai decidir não comer.

Toma un momento para compartir …

Cibele Carvalho

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.