6 dicas para perder o medo de falar em público

“Quem não se comunica se trumbica” Chacrinha.


Beth Proenca Bonilha

Uma pessoa que se comunica bem, geralmente conhece seus pontos fortes e fracos e consegue administrá-los bem. Partindo desse pressuposto, vamos tratar neste artigo algumas dicas para perder o medo de falar em público.

Pontos fortes –

descubram quais são seus pontos fortes, como: facilidade de elaborar ideias, gostar de ler, ter facilidade em guardar e se lembrar do que leu. O autoconhecimento dos pontos fortes é o primeiro passo para saber quais as ferramentas que já possuem e precisam ser utilizadas no momento certo.

Pontos fracos

  • liste as dificuldades que você têm e que causam medo quando tem que falar em público. Visualizar seus temores e limites é o segundo passo, pois conhecendo suas ferramentas positivas poderá usá-las para ajustar e buscar mais recursos para vencer medos, como: ansiedade perante o público, receio de frustrar as expectativas dos ouvintes e medo de errar.

Dicas para superar o medo

Exercício de coordenação

  • Treine escrevendo antes de treinar falando. Coloque suas ideias no papel, crie relação entre elas, faça tópicos e estude o material final. Quando perceber que há coordenação entre o tema, o desenvolvimento e a finalização, então parta para o exercício de controlar a ansiedade.

Exercício para controlar ansiedade –

Uma das técnicas mais utilizadas é a de falar seu texto olhando em um espelho. Ao ver-se no espelho terá uma noção de sua expressão corporal e enfrentar o próprio “eu”. É o primeiro desafio, pois somos nossos maiores críticos. Assim, com o tempo irá controlar a ansiedade de se ver e falar para você mesmo, estando pronto para o próximo exercício.

Expressão verbal –

Eleja um modelo, uma pessoa que você possa se moldar, que tenha boa articulação e que a entonação de voz seja agradável a seus ouvidos. Não queira imitar sua voz ou jeito de falar, mas observe sua postura e maneira de se posicionar perante o público, isso servirá como referência.

Naturalidade –

Seja o mais natural possível dentro do padrão que você definiu para se tornar. Se sua postura for forçada, ficará vulnerável a cometer erros e estes poderão desestruturar sua apresentação.

Tenha um ponto de apoio

  • Não confie plenamente na memória. Estabeleça estratégias para ter um ponto de apoio, como a utilização de slides, música e quando possível pode até utilizar o apoio de papel com os tópicos principais.

Conheça seu público

  • A primeira coisa que deve saber é quem será seu público, qual o perfil, estilo, cultura e expectativas, para construir seu texto, expressão corporal e linguagem de maneira que possa ser compreendido. Isso dará segurança a sua apresentação.

A habilidade de falar em público virá também através de trabalhar a habilidade de raciocínio e domínio sobre o assunto a ser tratado, assim terá segurança para superar a inibição.

Lembrando o Velho Guerreiro Chacrinha que dizia: “Quem não se comunica se trumbica”. Se comunicar é muito mais do que falar bonito e dominar a atenção do público, é se fazer entender, o que é indispensável para a relação humana.

Advertisement
Toma un momento para compartir …

Beth Proenca Bonilha

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu