5 sinais que a gravidez não vai bem

Alguns sintomas parecem inofensivos, mas podem estar colocando a gravidez em risco! Fique atenta!


Evelise Toporoski

A gravidez é um momento único na vida de qualquer mulher, e o nosso sonho é, mesmo com enjoo e cansaço, que o bebê esteja crescendo forte e saudável dentro da barriga.

Contudo, existem algumas doenças típicas da gravidez que as mães precisam ficar alertas já nos primeiros sintomas, para que tenha um acompanhamento médico e um tratamento eficaz da doença.

Por isso, fique atenta se tiver:

1. Febre

Se ao medir a febre ela tiver maior que 37,5ºC comunique seu médico, ele provavelmente vai lhe receitar algum remédio à base de paracetamol. Mas, se não adiantar e a febre passar dos 39ºC, vá até algum atendimento de emergência, ou peça para seu médico de confiança lhe atender no mesmo dia.

Geralmente febre é sinal de infecção, por isso, é possível que precise tomar antibióticos e ficar de repouso. Siga as instruções médicas e cuide de sua saúde. Febre alta por um longo período pode ser prejudicial para o bebê.

Leia: Como se manter ativa durante a gravidez

2. Problema de visão duradouro

Visão dupla, visão embaçada, pontos brilhantes ou luzes podem ser sinal de pré-eclâmpsia. A pressão arterial da grávida pode sofrer alterações na gravidez e acelerar o trabalho de parto.

Advertisement

Além dos problemas de visão, o inchaço nas mãos, rosto e olhos, fortes dores de cabeça ou rápido ganho de peso também são sinais da doença. Por isso, se houver dúvidas, procure seu médico para que ele dê o diagnóstico exato.

3. Sangramento vaginal, leve ou intenso

Sangramentos na gravidez dão um susto na mamãe, mas eles podem representar diferentes coisas.

Quando o sangramento é leve e sem dor pode ser o próprio embrião se instalando no útero, no início da gravidez. Por isso, algumas mulheres descartam gravidez inicial por acharem que este sangramento é a menstruação. Se você já souber que está grávida e apresentar sangramento leve, informe seu médico para ele descartar qualquer anormalidade.

O sangramento mais intenso, com dor na barriga e nas costas pode estar ligado a uma ameaça de aborto ou ser o aborto espontâneo. Mais para o fim da gravidez, o sangramento pode indicar algo relacionado à placenta ou trabalho de parto prematuro.

4. Muita na sede e pouco xixi

O principal conselho que ouvimos a vida toda é de beber muita água. Mas quando você sente muita sede, toma líquido e vai poucas vezes ao banheiro, estes podem ser sintomas de uma diabete gestacional, um problema silencioso, mas que pode ser perigoso para a mãe e para o bebê.

Mesmo que você nunca tenha diabetes anteriormente, pode acabar desenvolvendo durante a gravidez. Geralmente é feito um exame para detectar a diabetes gestacional e iniciar o tratamento adequado.

5. Coceira no corpo todo no final da gravidez

Você pode até confundir com uma alergia no início, mas é importante explicar para o médico sobre este incômodo e ele pode identificar uma hepatite ou outro problema no fígado, como a colestase obstétrica. Um pouco de coceira é normal, porque a pele está se esticando para acomodar o bebê, mas é melhor verificar, principalmente se a coceira se concentra nas mãos e pés.

Confie em seus instintos

Se você está grávida e incomodada com algo, mesmo que não saiba muito bem o que é, não hesite em procurar um médico. Se for algum problema, você receberá o diagnóstico e tratamento, se não for, pelo menos pode ficar mais tranquila.

Leia: Exercícios Físicos Durante a Gravidez

Com informações do Baby Center

Advertisement
Toma un momento para compartir …

Evelise Toporoski

Jornalista com experiência em redação de jornais e revistas. Mãe e esposa compartilhando experiências de vida!