5 sinais de que o relacionamento está passando por momentos difíceis

Esse alerta é para todos nós seres humanos casados. Afinal, quem está livre de problemas?


Cibele Carvalho

A dor maior que um ser humano pode passar na vida é a de perder alguém que se ama.

Por isso, insiste-se na frase e pensamento de que o amor precisa ser regado e cuidado diariamente, pois quando perdemos esse amor, não há mais nada a ser feito.

Caros leitores, gostaria de pedir que lessem os tópicos abaixo com atenção e cuidado, e especialmente que possam fazer uma autoanalise em seu comportamento com seu cônjuge. Como estão agindo quanto a esses itens? Não desejo a ninguém a maior dor, mas sim a cura enquanto é tempo.

1. Parceria

Todos os relacionamentos que temos na vida são formados em base na parceria. Nossos amigos são parceiros para algumas coisas, nossos irmãos para outras, mas a parceria mais importante de nosso dia a dia é aquela que formamos com nosso cônjuge.

Segundo o psicólogo Edwin Karrer, depois que se passa a avassaladora paixão, as relações normais se fundamentam na parceria, compreensão, ajuda mútua, dedicação e compartilhar atividades e interesses juntos.

Analise sua parceria em seu casamento, a amizade é fundamental para um bom relacionamento; se você e seu cônjuge não criarem nada em comum, certamente em breve cada um poderá cansar do outro.

2. Planos

Seguindo a mesma linha de raciocínio no que se refere à parceria, encontram-se os planos que um casal faz para a vida.

Advertisement

Pense: O que vocês sonham, desejam ardentemente realizar juntos daqui a um ano? E daqui a 5 anos?

As metas, desejos e ambições para o futuro guiam e carregam os relacionamentos. Se cada um desejar coisas completamente diferentes, então estarão remando em barcos opostos. Obviamente nem todas as metas e desejos são iguais, mas algumas precisam certamente ser em comum.

3. Intimidade

É normal em quase todos os relacionamentos existirem altos e baixos na intimidade do casal, especialmente em algumas circunstâncias específicas, entretanto, se o casal não conseguir mais desejar o toque um do outro, se a atração chegar ao ponto de não se conseguir mais nenhum tipo de contato físico, alguma coisa precisa ser analisada.

Ambos precisam sentir-se realizados e satisfeitos com a intimidade no casamento. Essa ideia grotesca e retorica da satisfação sexual exclusiva masculina pode prejudicar seu casamento gravemente.

4. Lealdade

Ninguém decide trair seu cônjuge da noite para o dia. Muitas vezes existem traições que levam anos para serem descobertas, mas são as mais raras, afinal, o comportamento da pessoa que trai já reflete diariamente.

A lealdade não é posta só na traição, o ato em si, mas começa com os detalhes diários, como intimidades ou conversas secretas no celular ou pela internet, saídas sem comunicações ou avisos, atitudes individualistas ao extremo, podem indicar que seu cônjuge não é tão leal assim a você.

5. Respeito

Nada pode acabar com um casamento de forma tão rápida do que a falta de respeito, agressões físicas como puxões, tapas, entre outras, encerram por completo o respeito existente entre o casal.

Além desse ponto, as agressões verbais e humilhações também acabam com os casamentos, afinal o cônjuge é aquele que deve elevar o outro, não reduzir ao pó a autoestima do outro, mas sim reerguer. Quando o respeito completo se acaba, dificilmente o amor sobrevive.

Toma un momento para compartir …

Cibele Carvalho

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.