5 maneiras de aceitar as diferenças de seu cônjuge

Quando vocês dizem o "sim" e passam a viver sob o mesmo teto, as diferenças entre você e seu cônjuge se tornam evidentes. Aqui estão algumas maneiras de aprender a viver juntos.


Courtnie Erickson

Quando você e seu futuro companheiro eram um apaixonado casal de namorados, parecia que o outro nunca poderia fazer nada errado. Você amava as coisas peculiares que ele fazia e não se importava se havia meias sujas espalhadas ao redor da sala de estar ou uma pilha de pratos na pia. Mas, uma vez que vocês dizem o esperado “sim” e começam a viver sob o mesmo teto, as diferenças entre você e seu cônjuge se tornam evidentes. Elas rapidamente tornam-se um incômodo e podem facilmente estragar o seu humor.

Quando meu marido e eu estávamos namorando, eu sabia que ele gostava de comprar guloseimas e refrigerantes. Eu só não sabia o quanto até que unificamos nossas contas bancárias. Para ele, ter dinheiro para seu refrigerante por dia era tão importante quanto pagar a prestação do carro. Para mim, o dinheiro não deve ser gasto em guloseimas, mas deve ser colocado na poupança ou usado na prestação do carro.

Nós definitivamente não tínhamos observado esses detalhes e não foi o único compromisso que tivemos que fazer. Aqui estão cinco maneiras que me ajudaram a aceitar as diferenças do meu marido e espero que possa ajudá-lo também.

1. Comunique-se como um amigo, não como um pai

Quando você é casado, é fácil falar com o seu cônjuge como se fosse seu filho. Comunicação Condescendente provoca tensão e brigas. Quando você se comunicar com o seu cônjuge, converse com ele ou ela como seu amigo. Não imponha, mas explique as coisas de uma forma respeitosa. Além disso, cuidado com o tom de sua voz. Como adultos, muitas vezes usamos um tom autoritário quando estamos falando a outro adulto o que fazer. Seja cauteloso de como você aborda e discute problemas com seu cônjuge.

2. Tente ver o ponto de vista do outro

Quando surgem diferenças entre você e seu cônjuge, sente-se e observe. Descubra por que seu cônjuge faz o que faz antes de discutir um problema com ele. Eu, infelizmente, nunca tive tempo para observar as razões de o meu marido gastar dinheiro todo dia em guloseimas. Mas, agora, depois que os muitos desentendimentos acabaram, eu percebi que é de família. Foi criado assim. Para ele é um costume e eu percebi que não deveria tirar isso dele completamente.

3. Use os pontos fortes do seu cônjuge para melhorar seus pontos fracos

Cada um de nós tem uma variedade de pontos fortes e fracos. É o que nos faz único e traz diferenças em uma família. Em vez de criar divergências sobre essas diferenças, veja se você pode transformá-las em pontos fortes. Por exemplo, quando meu marido e eu discordamos sobre o dinheiro gasto nas guloseimas, sua compra por impulso e minha louca obsessão pela economia, eram ambos os pontos fracos que precisavam encontrar um meio-termo. Sentamo-nos e criamos um orçamento que nos deu um subsídio mensal para gastar com o que quiséssemos. Meu marido usou para seus doces, e eu guardei para comprar itens maiores, como roupas ou sapatos. Transformamos uma fraqueza do nosso casamento em força.

4. Perdoar e seguir em frente

Você não pode deixar pequenas diferenças se acumularem. É necessário deixar algumas coisas de lado e seguir em frente. Se o seu cônjuge irrita você em seu ponto fraco, não fique batendo na mesma tecla. Se você pediu a seu cônjuge uma dúzia de vezes para recolher suas meias, mas ele não o fez, não deixe que isso afete o seu dia. O casamento é também exercício do perdão. Seu cônjuge não é perfeito e nem você.

Advertisement

5. Ore por ajuda

Às vezes, grandes diferenças vêm à tona. Estas diferenças podem ter grande impacto num casamento e podem até ameaçar destruí-lo. O casamento envolve compromisso e você pode precisar de um pouco de ajuda. Crie o hábito de orar por seu cônjuge. Peça ajuda para aceitar as diferenças um do outro e amar os pontos fracos e fortes de cada um. Você receberá o poder e ajuda que você precisa para não se abalar mais com a diferença, não importa o quão grande possa parecer.

O casamento pode ser difícil. São dois indivíduos diferentes que tentam combinar suas vidas em uma só. As diferenças e desacordos vão emergir, mas quando acontecer, espero que as dicas acima possam ajudá-los a aceitarem-se mutuamente, assim como ajudaram a mim.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 5 ways to accept your spouse’s difference, de Courtnie Erickson.

Toma un momento para compartir …

Courtnie Erickson

Courtnie Erickson é formada pela Universidade de Utah State. Ela se considera uma guru de tecnologia.