5 coisas cotidianas que você faz sem saber que estão acabando com a sua saúde

Às vezes, por desconhecimento ou até sem perceber, fazemos algumas coisas que prejudicam a saúde. Fique atento a estes hábitos prejudiciais.


Stael Ferreira Pedrosa

1. Tomar café

Tomar café é prejudicial ao estômago e causa celulite. Tomar uma xícara de café em jejum estimula a liberação de ácido clorídrico no sistema digestivo. Para quem tem problemas de estômago como gastrite, por exemplo, o resultado é rápido.

Segundo o Dr. Robert Rey, a cafeína atua na quebra de gorduras e facilita o combate à celulite, mas somente quanto utilizado na pele. “Café para dentro causa celulite, café fora tira a celulite”, enfatiza.

2. Deixar a escova de dentes na pia

A escova que fica na pia está exposta a milhões de micróbios que são espalhados pelo banheiro a cada descarga do vaso sem a tampa abaixada. Então, se você deixa a sua exposta, é como se escovasse os dentes com cocô… O conselho do Dr. Bactéria Roberto Figueiredo é “secar a escova após o uso, borrifar antisséptico bucal nas cerdas e guardá-la na vertical em um recipiente próprio dentro do armário. “

3. Lavar a carne antes de cozinhar

É, segundo especialistas em infectologia, um hábito perigoso, pois só faz espalhar as bactérias que estão na carne pela pia da cozinha. Além disso, se a água da lavagem não for de boa procedência pode até aumentar a quantidade de bactérias.

A cocção é suficiente para matar as bactérias. Além disso, molhar a carne pode retirar parte de seus nutrientes. Não lave e nem coloque vinagre ou limão. Apenas irá, como diz o Dr. Bactéria, “azedar os micróbios”.

4. Comer rapidamente

Segundo o cirurgião do aparelho digestivo, Fabio Atui, em participação no programa Bem-estar da Rede Globo, a maneira como se come é decisiva para o processo digestivo. Se a alimentação for feita de maneira errada, isso irá impactar na saúde. Por isso o conselho do médico é:

Comer devagar – Degustando o alimento e mastigando bem, a pessoa se sente mais satisfeita em menor tempo. Descanse o talher entre um bocado e outro.

Advertisement

Cortar o alimento em pedaços pequenos – Encher a boca, cria a necessidade de beber algum líquido para “empurrar”. Líquidos às refeições é bom, mas sem excesso e sem açúcar.

Mastigar bem – Quando o alimento é bem mastigado, além de facilitar a digestão, também favorece a absorção dos nutrientes que podem ser importantes para a saúde

Não falar em excesso – Ficar falando enquanto come faz a pessoa engolir ar e consequentemente aumentar os gases intestinais – a flatulência.

5. Dormir com muitos cobertores

A qualidade do sono pode ser prejudicada por excesso de aquecimento mesmo que você tenha um ar condicionado no quarto. Usar muitos cobertores não permite que o corpo baixe a temperatura para que fiquemos sonolentos. Isso pode ter efeitos indesejados na sua imunidade e na saúde global.

Uma boa noite de sono é fundamental para a metabolização de radicais livres e para a recomposição das funções cardiorrespiratórias, aumentar a resistência orgânica, evitar doenças como a depressão e a obesidade, pois de acordo com a neurologista Rosa Hasan, o sono de baixa qualidade, desorganiza o metabolismo e prejudica a síntese de alguns hormônios, favorecendo diversas doenças como obesidade e depressão.

Toma un momento para compartir …

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.