5 áreas a cuidar para uma gravidez após os 40

Veja 5 áreas a cuidar ao se preparar para uma gravidez após os 40 anos de idade.


Izabel Torquato

A maternidade é o dom mais sagrado que podemos ter como mulheres. Hoje, a medicina está muito mais avançada, possibilitando uma gestação após os 40 anos de idade. Mas são necessários cuidados específicos com essa futura mamãe. Em muitos casos, a gravidez é arriscada devido a problemas de pressão arterial e diabetes. O acompanhamento deve ser total, desde o pré-natal, tendo constante observação para que a gravidez possa transcorrer normalmente.

Para isso é necessário preparo, como citarei a seguir:

1. Físico

: devemos nos preocupar em realizar exames completos com assistência médica, verificar todos os possíveis problemas e buscar tratamentos, bem como exercícios físicos, alimentação saudável, evitando exageros e mantendo a forma. Prepare-se também antes de engravidar com apoio do médico, do esposo e dos familiares, evitando riscos à saúde.

2. Emocional

: mantenha o equilíbrio emocional, esteja em um matrimônio que esteja cheio de amor, atenção e carinho do cônjuge. Mantenha seu estado mental em tranquilidade, paz e harmonia. É muito importante a atenção total do cônjuge nesse momento.

3. Espiritual

: nessa fase, busque por meio da oração aproximar-se mais de coisas espirituais, nutrindo bons pensamentos, criando uma energia positiva para que o corpo responda a esses influxos de positividade, a fim de que a gestação transcorra de modo seguro e feliz. Muito do que pensamos acontece, então se ficar lendo coisas negativas sobre gravidez após os 40 anos, você não irá querer engravidar. O correto a fazer é buscar ajuda médica, cercar-se de todos os cuidados que são exigidos e ter fé de que tudo dará certo.

4. Saúde

: faça exames periódicos, bem como fazer o uso correto de medicações caso exista a necessidade. Mantenha seu corpo físico em total atenção, buscando realizar toda assistência médica disponível. Se possível, tenha um plano de saúde.

5. Cônjuge

: o cônjuge deve estar completamente envolvido nessa gestação, demonstrando total apoio e dedicação, acompanhando as consultas, ajudando na realização dos exames, e caso não possa estar presente, precisa providenciar alguém que possa acompanhá-la nesse estágio, jamais permitindo que ela esteja sozinha resolvendo tudo, pois como é uma gravidez especial, ela necessita sentir que é amada e valorizada. Por isso, é tão importante o apoio do marido nesse momento. Muitas vezes, o marido terá de providenciar a alimentação da esposa durante o repouso absoluto, em caso de hipertensão. Nesse momento muito especial, a presença do esposo aumenta a autoestima da mulher, tranquilizando seu estado emocional, ajudando ela a superar as dificuldades que possam existir durante essa gestação.

Advertisement

Quando o casal busca essa harmonia familiar e os cuidados médicos e físicos, conquista-se o objetivo desejado de ter uma boa gestação e um bebê saudável.

Os familiares também podem apoiar nesse momento ajudando o casal nessa fase tão linda e especial. Agora, caso a gestação não tenha sido planejada, esse momento requer mais atenção por parte de todos que cercam a futura mamãe, que ao invés de escutar críticas por estar grávida, necessita de amor e total apoio.

Toma un momento para compartir …

Izabel Torquato

Izabel Torquato é graduada em Comércio Exterior e Processamento de Dados pela UFPR- CEFET e mora em Curitiba, Paraná.