4 doenças graves que podem ser transmitidas através do beijo

As pessoas, principalmente os jovens, tendem a pensar que estão imunes a tudo. Mal sabem dos riscos que estão correndo.


Erika Strassburger

Algo tão bonito e romântico como o beijo, quando banalizado, poderá trazer sérias consequências para a saúde! Conheça algumas doenças graves que podem ser contraídas pela saliva:

1. Herpes

Dois tipos de herpes são transmitidas pelo beijo:

A herpes simples

Também conhecida como Herpes Labial ou do tipo 1. Manifesta-se por pequenas feridas doloridas (um aglomerado de pequenas bolhas com líquido dentro) ao redor ou dentro da boca.

A herpes genital

Dependendo dos hábitos sexuais da pessoa, esse tipo de Herpes (também chamada de tipo 2) pode também ser transmitido por meio do beijo. A Herpes genital é a forma mais severa da doença. Embora as lesões sejam parecidas às da herpes 1, ela atinge uma área mais extensa da pele.

As duas formas da doença só são transmitidas em sua fase ativa, ou seja, quando houver lesões (feridas).

Advertisement

2. Mononucleose

Também conhecida como “doença do beijo”, é a principal doença transmitida por esse meio. Estima-se que 90% população adulta carregue seus anticorpos, o que significa que em um momento da vida elas tiveram contato com o vírus.

O artigo abaixo fornece várias informações importantes – entre elas, algumas complicações da doença – e lista outras maneiras pelas quais a doença é transmitida, além do beijo, para que você possa se prevenir.

3. Sífilis

Embora a forma mais comum de transmissão da doença seja a sexual, se a pessoa estiver contaminada com o vírus, no segundo estágio da doença – quando se formam feridas na boca, ela pode infectar outras pela saliva.

4. Meningite Meningocócica

Meningite

A post shared by Informativos Fofos Engracados (@informativos_fofos_engracados) on

Um artigo da BBC noticiou um estudo feito por médicos australianos cujos resultados são alarmantes: os jovens que beijam múltiplos parceiros formam o maior grupo de risco de contrair meningite meningocócica. O professor Robert Booy, que liderou o estudo, disse: “Todos nós carregamos bactérias na garganta, e alguns de nós vão portar a bactéria meningocócica. Ela não vive muito bem fora do corpo, mas pode ser passada por saliva, de uma pessoa para outra, então ela é transmitida muito facilmente”. Ele observou que os jovens tendem a pensar que estão imunes a tudo, que viverão para sempre. E alertou que se eles sabem que esse comportamento pode matá-los, já que a meningite pode matar em poucos dias, “acho que deveriam mudar seu comportamento.”

Advertisement

Essas são apenas algumas doenças transmissíveis via saliva. O conselho do professor Booy serve para todos os casos. A melhor forma de reduzir drasticamente a chance de contrair essas doenças pela saliva – doenças, essas, que podem ter consequências bem graves – é, obviamente, beijar o menor número de pessoas possível.

Uma demonstração de afeto tão bonita, como o beijo, deve ser reservada a alguém realmente especial. Compartilhe este artigo para que seus filhos e amigos fiquem cientes disso!

Toma un momento para compartir …

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.