3 princípios para ensinar crianças a serem obedientes

Aprenda 3 princípios para ajudar crianças desobedientes a praticar obediência deixando assim de ser rebeldes.


Izabel Torquato

A obediência é a chave do sucesso. É como quando obedecemos às leis de trânsito evitamos acidentes, se obedecemos ao contrato de trabalho recebemos no final do mês, quando estamos doentes e somos obedientes aos conselhos do médico ficamos restabelecidos mais rápido. Ao contrário, quando somos desobedientes podemos ter problemas e ao invés de melhorarmos nossas vidas, obter mais contratempos. Obedecer a regras e normas pode nos salvar de infortúnios e riscos desnecessários. As crianças precisam aprender esse princípio desde bem cedo, então podemos ajudá-las a compreender com alguns passos:

Escolha

Todos somos livres para escolher o que queremos em nossa vida. Desde o momento que despertamos podemos escolher se queremos dormir um pouco mais e sair atrasados ou dormir mais cedo e despertar com mais facilidade, e assim ter uma manhã melhor. Ensinamos os princípios e deixamos que a criança escolha obedecer, deixando-a ciente das consequências de uma outra escolha.

Exemplo

Quando a criança é muito pequena, damos as diretrizes e devemos ser firmes para que cumpram o que foi dito. Dessa forma ajudamos a desenvolver hábitos que se tornarão uma segunda natureza para a criança, até que ela saiba escolher por si. Devemos ser exemplos do comportamento que exigimos, pois nossos pequenos não aprendem pelo muito falar e sim pela prática e exemplo.

Consequência

Além de ensinarmos que há consequências, devemos deixar que a criança perceba o resultado de seus atos, quer seja obediência ou desobediência. É nesse momento que elas compreendem o significado de obedecer. Não devemos protegê-las das consequências quando os resultados são ruins, porém estimular a fazer diferente da próxima vez, e não esquecer de elogiar quando os resultados forem benéficos.

Devemos ajudar na compreensão do motivo da obediência, por exemplo: obedecer ao horário de ir para a cama. Salientar que é bom e saudável dormir mais cedo e que acordaremos revigorados tanto no corpo quanto na mente. Para ajudar crianças que se recusam a ir para a cama mais cedo, algumas atitudes podem ajudar:

  • Orar juntos antes de dormir.

  • Cantar músicas que acalmem.

    Advertisement
  • Contar ou ler uma história.

  • Deixar o ambiente agradável e propício ao sono.

Já com as crianças maiores será bom explicar sobre as causas e consequências. É bom que a criança tenha um entendimento de porquê obedecer. A velha tática do “É porque eu estou mandando” não surtirá bons efeitos. Explique e facilite para que a criança obedeça ao princípio que está sendo ensinado.

Além disso, criar rotinas de horários e regras a serem cumpridas, dá segurança à criança. Isso não tira sua liberdade, pelo contrário dá-lhe disciplina e senso de dever que levarão para a vida adulta.

Como pais temos por responsabilidade ensinar as crianças como elas devem se portar em suas vidas até que elas mesmas possam tomar suas decisões após haverem aprendido e criado o hábito da obediência.

Toma un momento para compartir …

Izabel Torquato

Izabel Torquato é graduada em Comércio Exterior e Processamento de Dados pela UFPR- CEFET e mora em Curitiba, Paraná.