3 passos essenciais para proteger sua família da destruição causada pela pornografia

Não deixe a pornografia destruir seu lar. Aprenda 3 passos essenciais para proteger seu lar e salvar sua família, além do tratamento psicológico do vício.


Sandro A Correa

A pornografia tem sido uma das principais causas viciosas relatadas através de indivíduos que entram em contado com este submundo e passam a conviver nele, sendo comparados a um viciado em drogas. A dependência provocada por um desejo incontrolável e cada vez mais frequente faz com que seu dependente aumente a dose e procure por pornografia explícita de diversas formas.

A medicina ainda encontra dificuldades em provar a relação do vício a imagens e vídeos pornográficos violentos com o comportamento de perversão sexual, incesto, aborto e agressão física e psicológica que torna o indivíduo em um psicopata social e sexual, porém a maioria destes psicopatas tem envolvimento com o vício.

O fato é que hoje com a facilidade de acesso à internet, vítimas entre homens e mulheres cada vez mais jovens torna-se incontrolavelmente viciados, a ponto de prejudicarem e até mesmo destruirem sua vida familiar e profissional. Ao contrário da droga, o acesso à pornografia está constantemente na mente dos viciados, as fotos, vídeos e diálogos estão à disposição na mente desses indivíduos bastando apenas um estímulo para criar este acesso. Os meios de comunicação em massa (televisão, redes sociais, revistas), entretenimentos de diversas formas (teatro, cinema, dança) e a forma de se vestir na maioria das vezes traz consigo um apelo à sensualidade e à sexualidade gerando estes estímulos provocados na mente dos usuários de pornografia.

A cura para este vício vem através de tratamento assim como o viciado em drogas. Outra fonte de tratamento é a busca espiritual e a fé em Deus. Quando a pessoa reconhece o vício e admite que precisa de tratamento é essencial o apoio familiar e ações que o ajudem a se livrar deste mal. Antes que este mal entre em sua vida ou na vida de seus filhos ou cônjuge o melhor tratamento é a prevenção.

1. Oração

Esta é uma ferramenta pela qual o indivíduo e a família podem utilizar para prevenir e até mesmo superar o vício caso estejam passando por esta situação. A conversa sincera com Deus pode acontecer a qualquer momento do dia ou da noite, podemos orar a sós ou em família. Ele é o Ser que está mais preocupado para que este mal não entre em suas vidas, assim como Ele é o primeiro a querer ajudá-los a livrarem-se deste vício. Deus é nosso Pai e tem um grande amor por todos os seus filhos, por esta razão Ele irá ajudar a todos que pedirem com fé em Jesus Cristo, protegerá você e sua família e lhe dará forças para superar caso esteja enfrentando este desafio.

2. Estudo das escrituras

Nossa mente tem uma grande capacidade de armazenamento. Quanto mais estudamos as escrituras mais estaremos alimentando nosso cérebro com conteúdo que será capaz de nos ajudar a prevenir a influência da pornografia em nosso pensamento. O viciado não consegue controlar o pensamento justamente pela falta da alimentação de conteúdo saudável que vai ao cérebro porque está constantemente em contato com a pornografia que estimula sua mente. Quando sentimos um vazio chegar, podemos orar, em seguida ler as escrituras e com certeza teremos paz. Este é um processo constante que deve ser realizado em nossas vidas diariamente.

3. Família unida com atividades regulares

Na luta contra a pornografia, podemos utilizar a reunião em família para aproximarmos mais uns dos outros e realizar atividades que ajudará na prevenção do problema. Nesta reunião, podemos ensinar nossos filhos quanto à função de nossos corpos e o quanto ele é sagrado à vista de Deus; podemos orar e estudar as escrituras juntos, assim fortaleceremos uns aos outros e aprenderemos quanto aos riscos do contato com a pornografia através da mídia em nossos lares e por meio de outras atividades fora dele.

Advertisement

Impeça que a pornografia entre em seu lar

A pornografia tem destruído lares e feito reféns pessoas cada vez mais jovens. Quando o cônjuge descobre que seu parceiro está envolvido com pornografia, na maioria das vezes a relação íntima entre eles encontra-se abalada e, em alguns casos, o comportamento sexual não condiz com a aprovação de ambos. O amor que existia na relação é trocado pela indiferença, violência sexual e afastamento íntimo, o viciado apresenta personalidade egoísta, manipuladora e age de forma coercitiva.

Ao permitir que jovens tenham acesso liberalmente à internet é como se nós permitíssemos a entrada de drogas em nossos lares. Não podemos proibir totalmente o uso da tecnologia até porque existem muitos benefícios através dela, porém podemos fazer a prevenção por meio de aconselhamentos e instrução sobre sexualidade e seus benefícios e malefícios quando utilizados da forma errada. Adolescentes têm acesso a estas informações cada vez mais precocemente e na maioria das vezes de forma deturpada, portanto cabe aos pais à responsabilidade de transferir a informação sobre sexualidade da forma correta a seus filhos.

A pornografia é uma ofensa a Deus e requer arrependimento da pessoa envolvida. Se aplicarmos em nosso lar estas 3 atividades, com certeza estaremos de fato diminuindo e eliminando de vez a praga da pornografia que afeta diversos lares no mundo inteiro.

A oração, o estudo das escrituras e a reunião familiar são atividades simples que todos podem colocar em prática em suas vidas, seja o indivíduo com ajuda de outras pessoas ou as famílias por completo.

Toma un momento para compartir …

Sandro A Correa

Sandro A Correa é graduado em Farmácia, pós-graduado em Fisiologia - UEL e Empresário do ramo de seguros. Natural de SCS - São Paulo; Casado, pai de dois filhos, tem como hobby a prática do tênis.