3 coisas a evitar quando o seu cônjuge o ignora

3 dicas para aprender a ser assertivo e conversar com o cônjuge sem se alterar.


Lynn Scoresby

A maioria dos casais entra no casamento com sentimentos de proximidade e de estar ligado ao seu cônjuge. Mas, às vezes, os padrões de comunicação não saudáveis podem conduzir a uma lacuna entre os parceiros e transformar o que foi um relacionamento íntimo e de apoio em solidão, desinteresse ou mesmo desprezo. A maioria das pessoas gostaria de reencontrar a felicidade e a intimidade que experimentaram nos primeiros dias de seu casamento, mas não sabe como quebrar os padrões de comportamento que causaram o problema.

Em muitos casos, os cônjuges começam a ignorar um ao outro, tentando escapar do conflito. Muitas vezes é a esposa que tenta manter o relacionamento, e por isso é a primeira a se queixar quando as coisas não estão indo bem. Os homens geralmente não lidam com as emoções de forma tão aberta como as mulheres, então a reação deles será no sentido de uma tentativa de resolver o problema de forma racional ou simplesmente bater em retirada. Se uma simples discussão frequentemente se transforma em uma guerra de insultos, seu cônjuge pode aprender a lidar com essa situação, retratando-se e saindo do padrão da comunicação negativa.

Ninguém tem culpa nesse cenário. É simplesmente uma questão de diferentes estilos de comunicação. Quando uma mulher se queixa, essa é a sua maneira de abordar o assunto e tentar resolver o problema. Quando abordado desta maneira, no entanto, um marido pode se sentir criticado e responder com outra crítica ou se afastar. Quando isso se torna um padrão habitual, pode ter um impacto devastador em um casamento.

A seguir estão algumas maneiras de evitar os padrões de comunicação negativos que podem levá-los até mesmo à separação.

1. Não acuse, não dê ordens nem repreenda o seu cônjuge.

Isso só vai causar raiva e ressentimento e aprofundar a cisão entre vocês. Evite dizer coisas como: “Você nunca escuta” ou “Você não se importa comigo.” Esses tipos de declarações fazem surgir outra discussão ou o afastamento do seu cônjuge. Em vez disso, diga como você está se sentindo e expresse o seu desejo de mais proximidade. Esta abordagem irá produzir melhores resultados dos que têm obtido até agora.

2. Não interrompa ou levante a voz.

Ao discutir problemas pessoais, é fácil tornar-se emotivo. Isso pode levar a erguer a voz e interromper enquanto o outro fala. Estes comportamentos são muitas vezes inconscientes, por isso tente estar o mais autoconsciente possível. Tente manter a calma e deixe seu parceiro terminar de falar antes de responder.

3. Não caia no ciclo de ataque e contra-ataque.

Muitas vezes, esse tipo de discussão começa com intenções positivas, mas por falha na comunicação pode deteriorar-se rapidamente. Tudo começa quando um parceiro interpreta mal o que o outro disse e, em seguida, cai em um padrão de acusações e insultos sutis. Faça todo esforço possível para considerar os comentários de seu cônjuge à melhor luz possível, e sempre evite o padrão destrutivo de negatividade. Em vez disso, ouça o que seu parceiro diz e depois repita com suas próprias palavras, para se certificar de que você entendeu o significado do que foi dito.

Advertisement

Por exemplo, você poderia dizer: “Então o que você está dizendo é que você acha que eu não estou fazendo a minha parte nas obrigações da casa.” Então, dê ao seu parceiro uma chance de confirmar ou esclarecer sua declaração. Este exercício vai ajudar a evitar mal-entendidos o que por sua vez diminui as chances da discussão se transformar em uma batalha calorosa.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 3 things to avoid when your spouse ignores you.

Toma un momento para compartir …

Lynn Scoresby

Dr. A é um terapeuta familiar há mais de 35 anos e já publicou mais de 20 livros/programas de treinamento.