2 passos simples para diferenciar, sem erros, seus dias inférteis dos férteis (seu período dia por dia)

Esta informação irá permitir que você saiba exatamente como o seu período funciona e quando são os seus dias mais e menos férteis do mês.


Mariel Reimann

Embora usar o calendário para evitar ou estimular a gravidez não seja o método mais eficaz, ter este conhecimento sem confusões irá ajudá-la a tomar as decisões corretas quando se trata da intimidade com seu marido.

Nada é mais lindo do que trazer um bebê a este mundo depois de ter desejado e estar prontos para dar-lhe um lar, proteção e todo o amor que ele merece. E além disso, ter esta informação irá ajudar também a conhecer melhor o seu corpo e a detectar cedo se há algo de errado com a sua saúde.

Conheça o seu corpo com estes passos e entenda o seu período dia por dia:

1. Determine a regularidade e duração do seu período

O “normal” é um período de 28 dias de duração. Este é contado a partir do primeiro dia de sangramento (não quando começa a descarga de coloração marrom, mas sim o sangramento real) do seu último período até o primeiro dia do próximo.

Os períodos podem durar entre 23 e 35 dias e podem ser regulares (que coincide a duração e a frequência) ou irregulares (cada mês é diferente). Quando os períodos são regulares é mais fácil de usar este método, do contrário, não é o mais recomendável, já que a ovulação pode ocorrer em qualquer momento.

2. Conheça como o ciclo acontece

Dia 1 ao 5

Se você não estiver grávida, durante esta etapa a progesterona e o estrogênio estão em níveis muito baixos, sua temperatura também diminui e o seu útero elimina todo o tecido que tinha preparado para uma possível gravidez.

Nesta época, as possibilidades de você engravidar são quase nulas.

Advertisement

Dia 6 e 7

Este é o momento no qual seu cérebro começa a dar sinal de que está na hora de começar a amadurecer um óvulo em um dos dois ovários que irá ovular esse mês. Geralmente, os ovários revezam a cada mês.

Nesta época é mais perigoso ter relações sem proteção, porque o esperma pode viver até 5 dias dentro do seu corpo.

Dia 8

Os níveis de estrogênio aumentam e o seu útero começa a se preparar para acomodar o bebê, se houver fertilização.

Dia 10

O corrimento muda a aparência. Você irá notar uma maior concentração de água e não será tão pastoso.

Nesta etapa, você não deveria ter relações sem proteção, a menos que você queira engravidar.

Dia 12

O corrimento fica com a cor de uma clara de ovo e se estica. Este fluxo é altamente fértil e não combate os espermatozoides, mas os ajudam a chegar ao óvulo.

Dia 13

O estrogênio aumenta drasticamente, a temperatura corporal aumenta e a ovulação (o óvulo é liberado pelo ovário) ocorre nas próximas 12 horas.

Dia 14

A ovulação ocorre.

Dia 15

O folículo, agora vazio, no qual se encontrava o óvulo, estimula a produção de estrogênio e progesterona para que o corpo se prepare para a possível gravidez.

Dia 17

Sua temperatura se manteve alta por três dias e agora começa a diminuir. Isto significa que sua janela fértil se fechou.

Advertisement

Dia 18

Seu corrimento começa a deixar de ser transparente para tornar-se novamente cremoso e opaco.

Dia 21 ao 22

O nível da progesterona se eleva drasticamente.

Dia 25

O tecido do útero que havia se preparado para a possível gravidez se rompe.

Dia 27

Não há corrimento.

Dia 28

Os níveis de progesterona diminuem rapidamente, o fluxo é mais compacto e seu período irá começar se não estiver grávida.

Assim que a janela fértil se fecha, que é aproximadamente entre o dia 16 e o dia 18, o risco de engravidar é quase nulo. Então, se você quiser engravidar, você deve aproveitar o período entre o dia 6 e 16. Conheça o seu corpo, observe o corrimento, a regularidade e duração dos seus períodos e você poderá tomar as decisões sem cometer erros.

Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 2 pasos sencillos para diferenciar, sin equivocarte, tus días infértiles de los fértiles (tu período día por día).

Toma un momento para compartir …

Mariel Reimann

Mariel Reimann é a Diretora de Conteúdo da KSL Latino. Ela estudou direito na Universidade Nacional de Cordoba, e atualmente mora em Salt Lake City, Utah.