13 sinais de alerta para um casamento prestes a ruir

Confira os sinais mais comuns que indicam que o casamento está por um fio, e TRABALHE AGORA para resgatá-lo!


Erika Strassburger

O término de um casamento começa, muitas vezes, de forma lenta e sutil. Um dos cônjuges ou ambos tornam-se omissos, deixando de lado aqueles pequenos atos diários tão necessários para manter a chama acesa e o romance em alta. Então, a relação chega a um ponto que parece não haver mais um caminho de volta.

Leia: As 10 piores desculpas para acabar com um casamento

Confira os sinais mais comuns que indicam que o casamento está por um fio:

1. Diálogo pobre

O diálogo passa a ser escasso e, quando acontece, é entediante e estressante.

2. Desinteresse pela vida do outro

Não há mais interesse pelo cotidiano do outro, pelos seus sonhos e interesses.

3. Segredinhos, discrição exagerada

O cônjuge distante não compartilha mais os acontecimentos de seu dia a dia, mantém sigilo sobre assuntos que outrora eram compartilhados.

4. Apatia em relação aos sentimentos do outro

Quando um cônjuge mostra-se triste e preocupado com o rumo que o casamento está tomando, o outro faz pouco caso de seus sentimentos. Não se esforça para entendê-lo nem se sente motivado a buscar soluções para os problemas.

Advertisement

5. Distanciamento físico

O casal não se abraça mais, não anda de mãos dadas, não faz carinho um no outro, não faz gentilezas. As relações sexuais vão ficando mais e mais espaçadas até cessarem.

6. Preferências por atividades fora de casa, longe do cônjuge

O cônjuge distante não demonstra incômodo por “ter de ficar” mais tempo fora de casa. Arranja jantares de trabalho e com os amigos, viagens, congressos e atividades extras, que tomam grande parte do tempo que antes era dedicado à família e ao casamento.

7. Discussões acaloradas por motivos bobos

Qualquer assunto bobo acaba em briga. Não há mais desejo de entendimento.

8. Grosseria constante

Críticas à aparência física, ao comportamento, às coisas que o outro diz tornam-se frequentes. Inclusive atitudes desrespeitosas e rudes.

9. Novos interesses em que não haja espaço para o outro

De repente, ele ou ela passa a se interessar por coisas novas, coisa que não fazia antes e deixa o outro completamente de fora.

10. Torna-se cada vez mais difícil encontrá-lo

Fica difícil saber se o cônjuge está no trabalho ou onde disse que estaria, já que ele passou a desligar o telefone com frequência ou a rejeitar as ligações. Além disso, ele orienta a secretária ou colega de trabalho a mentir ou a não fornecer informações suficientes.

11. Passam a ser vistos sozinhos em público

Antes eles iam juntos a almoços familiares, cinema e outros passeios. Agora o cônjuge diz não ter tempo, disposição ou paciência para eventos desse tipo. Entretanto, ele faz questão de ir sozinho a jantares da empresa ou a atividades na casa de amigos. Na verdade, ele quer evitar ser visto na sua companhia.

12. Frases mortais são proferidas sem o menor remorso

O cônjuge apático diz coisas como:

“A vida é minha!”

“Cuida da sua vida que eu cuido da minha!”

Advertisement

“Eu não aguento mais isso!”

“Me esquece!”

“Arranja uma coisa para fazer e larga do meu pé!”

13. Não se vê mais futuro na relação

Dia após dia, esses sinais apontam para a morte do casamento. E a esperança vai morrendo na mesma velocidade.

Há como salvar um casamento em decadência?

Certamente! Mas “uma andorinha, só, não faz verão”! Então, AMBOS precisam desejar que isso aconteça e trabalhar com essa finalidade.

No artigo 5 ações para evitar um divórcio e outras considerações você encontrará um passo a passo para trazer de volta esse amor que um dia existiu.

Você, que diz não amar mais seu cônjuge, cuidado!! Leia o artigo 6 ciladas que o levam a acreditar que você não ama mais seu cônjuge. Você pode ter caído em uma ou mais dessas ciladas.

A você, mulher, que está vendo seu casamento ruir porque seu marido está tendo um caso extraconjugal, sugiro a leitura do artigo Como reverter a situação depois que o marido lhe traiu e ainda está com a amante.

Uma coisa é certa, um casamento só acaba quando o casal desistir de resgatá-lo! Portanto, NÃO DESISTA! Enquanto houver luz no fim do túnel, vale a pena lutar! Será uma luta não somente em benefício dos dois, mas dos filhos e de futuras gerações. É a batalha mais importante que alguém poderá travar na mortalidade. E é a que terá maiores consequências na eternidade.

Toma un momento para compartir …

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.