10 promessas que casais não fazem no altar – mas deveriam

Quais promessas você fez ao seu conjuge? Todos os dias precisamos nos apegar a essas promessas para nos mantermos fieis ao nosso propósito em amar. Confira algumas promessas essenciais para a sua felicidade.


Évila Campos de Sant’Ana

“Prometo amar e respeitar, na pobreza, na doença…” Esse é um dos votos mais tradicionais prometidos durante a cerimônia do casamento. E apesar de tantos casais já terem dito essas palavras, elas parecem se perder ao longo dos anos. Haveria um motivo? Ou apesar de serem tão poéticas não condizem com a realidade do casal?

As promessas a seguir podem parecer pouco ou nada românticas, no entanto, ao serem vividas garantem o tão sonhado “felizes para sempre”:

1. Eu prometo deixar bem claro todas as minhas expectativas

Suas expectativas são suas e somente se tornarão conhecidas se você as disser. Não caia na armadilha em pensar que o cônjuge sabe como ser um bom marido ou uma boa esposa e que adivinhará tudo que você deseja que aconteça na relação. Ambos, precisam definir bem o que querem e esperam no casamento e conversarem sempre sobre o assunto. Não há qualquer problema em ser bem específico, em abrir seu coração. Demonstre exatamente o que quer e como quer, e como deve ser. Seja como administrar as finanças, quantas vezes visitarão a família ou quantos filhos terão – tudo deve estar bem claro para o parceiro e somente assim evita-se as decepções. Nunca espere que o outro tenha uma bola de cristal e leia seus pensamentos.

Se você quer muito algo especial para o aniversário de casamento, então expresse seus desejos e planejem juntos. Os casamentos malsucedidos apresentam esse ponto em comum: cônjuges se magoam porque simplesmente o outro não fez tudo como sonhado. Lembre-se: Os sonhos tornam-se realidade num casamento, se forem sonhados juntos.

2. Eu prometo conceder-lhe o benefício da dúvida quando o assunto for dinheiro

A vida financeira é um ponto que merece muita atenção e cuidado. Se no início o cônjuge apresentar hábitos financeiros nada agradáveis, os quais podem pôr em risco o equilíbrio entre os rendimentos e gastos, não julgue ou condene. Conceda o benefício da dúvida. Sim, porque sua mente dará um sinal vermelho, de perigo à vista. Mas, você deve ajudar, afinal não é fácil para muitas pessoas saber como administrar o dinheiro e enquanto casados, devem realizar esta tarefa juntos.

3. Eu prometo ter certeza de não estar mais com fome antes de gritar com você

Seu sanduíche favorito não está mais lá? Aceite este conselho: Faça um novo lanche e o aprecie. E então, se ainda estiver incomodado, converse. As brigas somente ocorrem porque maridos e esposas tentam resolver os assuntos com a “cabeça quente”. O silêncio é seu melhor aliado para esses momentos. Faça sempre a seguinte pergunta: Quero ter razão ou ser feliz?

10 coisas que você nunca deve dizer ao cônjuge durante uma briga

4. Eu prometo não “jogar na sua cara” tudo de bom que já fiz para você

Erro comum entre casais – demonstrar um comportamento de aceitação, compreensão e bondade e depois usar cada situação contra a pessoa amada. Isso trará muitas complicações. Demonstre amor para amar, não para cobrar um retorno mais tarde, como se o cônjuge tivesse uma dívida a ser quitada com você. Amor genuíno nunca espera nada em troca.

Advertisement

5. Eu prometo defendê-lo diante de outras pessoas, mesmo quando a crítica for verdadeira

Nunca critique seu cônjuge para alguém e nem aceite críticas. É horrível presenciar uma esposa ou marido difamarem a imagem um do outro. E muitos o fazem até mesmo na frente dos filhos. Nunca façam isso. Se há alguma insatisfação, então resolvam a dois no conforto de seu quarto, sem outras pessoas precisarem presenciar. Assuntos do casal dizem respeito ao casal e não devem se tornar públicos ou tornarem-se “segredinhos” entre amigos.

6. Eu prometo que você será minha prioridade, antes mesmo dos filhos

Ser mãe e pai é algo muito sagrado e uma experiência maravilhosa. Porém, os filhos jamais devem ocupar o lugar do cônjuge em sua vida. Eles são um complemento para a felicidade a dois. Se não forem vistos assim, afastam o casal. O segredo é balancear o tempo e conseguir dedicar tempo aos filhos e ao cônjuge. Quando todos recebem a mesma atenção e cuidado, todo mundo ganha e fica feliz.

7. Eu prometo fazer as coisas que nenhum de nós quer fazer, se você não quiser fazer mais do que eu

Tem casais que acham que dividir as tarefas e responsabilidades do lar devem funcionar como num sistema de justiça e dividir tudo em 50%. Isso não funciona. Cada um tem mais ou menos habilidades em determinadas áreas. Assim, dividam de acordo com essas facilidades e preferências. Eu consigo dividir a tarefa de cozinhar, porque meu marido adora criar seus pratos, então fica fácil. Mas, em outras coisas como a louça ou a roupa, ele já não é muito fã. Então, procuramos contribuir, mas, sem ficar aterrorizando um ao outro com coisas que podem ser muito chatas. Ajude um ao outro e muitas tarefas entediantes do lar podem se tornar interessantes se ambos se envolverem.

8. Eu prometo não fazer do casamento uma competição

Ninguém ganha ou perde num relacionamento. Não existe um meio de pontuar as ações do casal e depois fazer um relatório mensal e ver quem está com créditos ou débitos. Todo casal que tenta seguir esse método falha. Ambos sempre terão acertos e erros. O que precisa acontecer é cada um sentir-se livre para agir e saber perdoar e esquecer. É preciso encontrar um abraço aconchegante para os momentos de fracasso e comemorar os sucessos. Num casamento não há um vencedor e sim o alcance de um objetivo juntos, trabalhando como equipe.

9. Eu prometo não me importar com sua aparência física

O corpo vai mudar e isso é um fato. Os cabelos mudam, os olhos, as orelhas e o nariz. Podem crescer, podem desaparecer, mudar de cor ou formato e você pode emagrecer ou engordar… Há muitas mudanças físicas que acontecerão naturalmente pela idade avançando e também outras possíveis de acontecer. Mas, as mudanças não importam. Você deve amar o cônjuge pelo seu caráter, por quem ele ou ela é. Quando você ama o interior da pessoa, a última coisa que importará é seu exterior.

10. Prometo colocar sua felicidade antes da minha

Sim, é disso que se trata “amar alguém”. Você se dedica 100% a outra pessoa porque quer a felicidade dela. Aprenderá a conhecer seus desejos, seus medos e seus sonhos e vai abraçá-los. Será a motivação que o outro precisa e também o refúgio. Ser abrigo é tudo que o outro precisa que você seja. Quando sentimos no cônjuge essa segurança entregamos nossa vida e somente assim se consegue perdurar um casamento.

Sucesso no casamento: 7 atributos a adquirir

Avalie sua disposição. Casamento é buscar o bem comum e fazer tudo ao seu alcance para que ambos sejam felizes e construam uma história juntos. Talvez nenhuma dessas promessas sejam necessárias em sua relação, mas pode haver outras que devem ser feitas. Faça-as hoje mesmo e lembre-se que a felicidade é uma conquista diária.

Toma un momento para compartir …

Évila Campos de Sant'Ana

Évila Sant'Ana é esposa e professora de língua inglesa e apaixonada pelo mundo da leitura e escrita. Acredita que o amor e o conhecimento são os meios de conquistar a felicidade.