10 perguntas e respostas sobre casar-se pela segunda vez

Refletir sobre as dúvidas mais comuns em relação ao segundo casamento é uma forma de se preparar para essa decisão.


Suely Buriasco

Bom mesmo é quando o casamento dá certo e o casal vive bem por muitos anos juntos, mas, infelizmente, nem sempre isso é possível. Seja por viuvez ou divórcio, essa expectativa se vê frustrada e as pessoas sofrem. Entretanto, todo mundo tem direito a uma nova chance de ser feliz e, para tanto, buscar um novo enlace matrimonial. É normal que nessa situação muitas dúvidas surjam e a pessoa se sinta insegura.

Se esse é o seu caso, analise algumas questões a serem consideradas:

1- Quanto tempo é preciso esperar do fim do primeiro para o segundo casamento?

Não existe uma determinação precisa, mas o fato é que a situação pede algum tempo, em razão da importância da decisão. Começar outra relação antes de ter se resolvido emocionalmente pode ser muito perigoso.

2- Que pontos devem ser fundamentais na tomada de decisão?

É fundamental sentir-se preparado para assumir as responsabilidades, além de observar questões como afinidades e compatibilidades.

3- Como falar com os filhos?

Uma boa dica é falar com eles de forma que se sintam parte integrante de sua decisão, deixando muito claro o quanto são importantes para a formação da nova família.

4- Como anunciar aos familiares?

A melhor maneira é sempre a assertividade, dizer o que sente e porque tomou essa decisão, sempre prezando pelas opiniões e demonstrando o quanto é importante para você o apoio da família.

5- O casamento pode ser religioso?

Depende dos dogmas da religião. De qualquer forma, havendo o impedimento, você pode optar pelo civil com um caráter espiritualista, que pode ser possível através de uma oração, mesmo sem a presença de um sacerdote.

Advertisement

6- Devo festejar esse novo enlace?

Com certeza. Deixe para trás o passado e seus estigmas rançosos; o que é bom deve ser comemorado. Independente de tudo o que você passou, essa é uma nova fase e deve sim ser festejada, da forma que você e seu futuro cônjuge sentirem-se à vontade para curtir esse momento tão importante da vida de vocês.

7- Como agir com os enteados?

Os enteados merecem todo respeito e cuidado. A melhor forma de lidar com eles é desenvolvendo a empatia, agindo com afetividade.

8- Como não repetir os mesmos erros do casamento anterior?

Quem busca resultados diferentes, obrigatoriamente deve procurar ações diferentes. Por isso é muito importante refletir sobre o próprio comportamento, visando uma mudança interior que seja capaz de evitar que os mesmos erros sejam cometidos.

9- Qual a diferença entre o primeiro e o segundo casamento?

Basicamente o que um difere do outro é que são relacionamentos diferentes com pessoas diferentes, por isso o melhor é evitar comparações. No segundo casamento o cônjuge é outro e, mais que isso, você também não é mais a mesma pessoa, porque todos mudam.

10- Como lidar com as comparações dos amigos e familiares?

Você não vai conseguir evitar a comparação com o primeiro relacionamento de seu cônjuge. Procure agir com cautela, tolerância e assertividade, mas não se deixe levar por esses tipos de comentários; sua serenidade e o tempo farão que isso se perca.

Acreditar numa nova relação amorosa e refazer a própria vida com outra pessoa é uma forma de transformar-se e buscar a felicidade.

Toma un momento para compartir …

Suely Buriasco

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.